CBLoL: KaBuM rebate denúncias de Vash e comenta futuro da equipe

ESPN.com.br
Riot Games
Vash anunciou sua saída da equipe por problemas estruturais
Vash anunciou sua saída da equipe por problemas estruturais

Em comunicado oficial, a KaBuM eSports rebateu as denúncias feitas pelo jogador Guilherme "Vash" Buono. Na noite desta segunda-feira (20), o midlaner revelou que a equipe estava morando em um hostel e passando por diversos problemas estruturais para treinar, o que motivou sua decisão de sair do time.

Como resposta, a KaBuM afirmou que sempre foi conhecida por ter algumas das melhores estruturas de gaming house no competitivo e que a hospedagem dos jogadores no hostel era temporária por conta do cancelamento repentino da parceria com a Ilha da Macacada Gaming e da decisão de mudar sua infraestrutura do interior de São Paulo para a capital. 

Segundo a organização, a indicação do hostel - que já havia hospedado outras equipes no passado - foi recebida em uma reunião da ABCDE e escolhida "como uma medida paliativa e temporária", mesmo sabendo "que a qualidade dos treinos e os resultados desejados estariam possivelmente comprometidos durante este período".

A organização também afirmou que visitou o hostel e negociou com o gerente a necessidade de ajustes para a utilização do local como uma gaming house temporária. "O hostel se mostrou muito aberto à realização desses ajustes, autorizando nossa equipe a realizá-los. Decidimos, então, que aquela seria uma opção válida e que nos atenderia em um prazo praticamente imediato, dando assim a possibilidade de início dos treinos do time, ao mesmo tempo em que buscávamos um imóvel para nossa gaming house, na cidade de São Paulo", explicou. Imagens do local podem ser encontradas na galeria abaixo.

Ainda em seu comunicado, a KaBuM informou que havia começado a negociação de um imóvel em 7 de fevereiro e que ficou surpresa com as revelações públicas de Vash. "Até então, nossa organização estava em contato com os jogadores, a fim de acompanhar e buscar soluções às solicitações feitas em relação à estrutura do Hostel, a exemplo da instabilidade no link de internet, dentre outras. Em todas elas, imediatamente entrávamos em contato com a gerência do local para checar as medidas mais eficientes", afirmou.

Em contato com a ESPN, a KaBuM revelou que os planos da equipe estão sendo refeitos após conversas com todas as partes envolvidas. "Houveram muitos fatos novos desde a última conversa com os jogadores, ocorrida na tarde de ontem (21), portanto estamos avaliando internamente os próximos passos. Temporariamente, o que já está decidido é que os jogadores realizarão os próximos treinos nos estúdios da Riot", afirmou Guilherme Fontes, diretor de eSports da KaBuM

A KaBuM também confirmou que Vash não faz mais parte da equipe por decisão do próprio jogador e que em breve tudo será formalizado. Além disso, revelou que a organização já está trabalhando para repôr a vaga deixada por Vash.  

Por fim, informou que o planejamento do investimento da KaBuM para o esporte eletrônico em 2017 continua inalterado, mas que a organização reavaliará o projeto ligado à equipe de League of Legends nos próximos meses. 

Reunião da ABCDE

Em resposta às revelações de Vash, a Associação Brasileira de Clubes De eSports afirmou que realizaria uma reunião nesta quarta-feira (22) para discutir sanções aplicáveis à KaBuM eSports. Até a publicação desta matéria, a ABCDE ainda não havia publicado um comunicado oficial sobre o assunto.