CBLoL: Por problemas estruturais, Vash anuncia saída da KaBuM eSports

ESPN.com.br
Riot Games
Vash afirma que problemas estruturais da organização impediram o time de crescer
Vash afirma que problemas estruturais da organização impediram o time de crescer

O jogador Guilherme "Vash" Del Buono publicou em seu Twitter que está se retirando do time titular de League of Legends da KaBuM e-Sports. Em seu relato, o midlaner explica que sua decisão foi tomada por problemas estruturais que começaram com o rompimento da parceria entre a organização e a Ilha da Macacada Gaming.

Segundo Vash, o cancelamento repentino da parceria faltando uma semana para o início dos treinos fez com que os jogadores fossem hospedados em um hostel "improvisado" com apenas um quarto para sete pessoas (jogadores, técnico e o ajudante Piroxz) e uma sala para computadores.

Além de problemas estruturais que envolviam calor (falta de ventilador/ar condicionado), iluminação ruim, queda de energia elétrica e internet, ping alto, entre outros, Vash relata que a equipe também sofria com eventos realizados pelo hostel, que começam às 19h e iam até de madrugada.

"Isso prejudicava muito nossa rotina de sono, soloQ e treinos. O som era muito alto, então mal podíamos conversar e muito menos dormir. O local lotava de pessoas, o caminho da sala dos PC até o quarto era cheio de gente. Como nossa sala de PCs era no meio das festas muitas vezes apareciam curiosos batendo na janela, gritando, querendo conversar e prejudicando nossa área de trabalho", contou.

Vash cita como outro motivo para sua decisão o descaso feito com o Piroxz, streamer que ajudava a equipe. Segundo o jogador, Piroxz teve que dormir em um quarto do hostel com estranhos por vários dias e não recebeu um computador ou cadeira para trabalhar com o time. Para Vash, a demora na solução dos problemas para que Piroxz voltasse a trabalhar também acabou prejudicando a preparação do time.

Novamente com problemas estruturais para treinos antes da disputa contra a paiN Gaming nesta quinta rodada do CBLoL, Vash afirma que se esgotou e decidiu voltar para casa. "Diante dessa situação eu me esgotei, conversei com os meninos depois do treino e avisei que eu estava indo pra casa, não queria mais ter que aguentar essa situação. Muita coisa acumulada somando até que eu achei que a decisão mais produtiva pra mim, como player, seria ir pra casa. Não tenho problema nenhum de internet/pc aqui e não valia mais o stress diário daquele hostel", explica.

Em seu relato, o jogador agradece a preocupação e o esforço de Guilherme Fontes, diretor de eSports da empresa, pois diz entender que as soluções demoravam para vir por parte dos donos da KaBuM, e ao restante da equipe. "Tenho uma enorme amizade com todos eles e era visível que se tivéssemos estrutura esse time poderia ir longe", finaliza.

Atualmente, a KaBuM está em uma situação delicada no CBLoL 2017 e corre o risco de ter que disputar a Série de Promoção para a próxima temporada. A organização ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto, mas em declaração para ESPN relatou que o jogador continua com contrato assinado e promete mais detalhes na manhã desta terça-feira (21).