Wenger garante que seguirá treinando em 2017-18: 'Seja no Arsenal, seja em outro lugar'

ESPN.com.br com AFP
Getty
Fica ou sai? Pressão sobre Arsène Wenger aumenta a cada temporada no Arsenal
Fica ou sai? Pressão sobre Arsène Wenger aumenta a cada temporada no Arsenal

A derrota para o Bayern de Munique na Champions League pode ter sido decisiva para o futuro de Arsenal e Arsene Wenger. Nesta sexta-feira, o treinador francês concedeu sua primeira entrevista após a goleada sofrida e deixou a decisão de permancer nos Gunners em aberto.

"Não importa o que aconteça, eu estarei treinando na próxima temporada. Seja aqui ou em outro lugar. E isso é absolutamente certo", disse Wenger.

No comando do Arsenal desde 1996, ele tem uma proposta de renovação com o clube por mais duas temporadas. O técnico de 67 anos, porém, só irá decidir se permanece, ou não, até abril.

"Estou acostumado com os questionamentos. São 20 anos aqui. Na vida, é importante fazer o certo. Estou em um trabalho público e devo aceitar isso. Todos podem ter uma opinião", seguiu o francês.

Após massacre contra Bayern na Champions, Wenger analisa derrota: 'Últimos 25 miuntos foram pesadelo'

"Ainda não sei, mas minha decisão será feita entre março e abril. Não quero falar sobre isso. Meu futuro não é importante, mas sim o do Arsenal", garantiu Wenger."Quando você não vence tudo, sempre há algo errado. Nos últimos anos, apenas três clubes da Europa estiveram na Champions em todas as temporadas. Arsenal, Bayern de Munique e Real Madrid", lembrou o treinador.

"Tive várias oportunidades de ir para outro lugar, mas me importo com esse clube e seu futuro. É importante que esetja em boas mãos", completou Arsene.