Ceni diz que São Paulo de 2017 foi construído com 50% da base e R$ 300 mil

ESPN.com.br
622 908d5e86 be4a 3473 a7b0 d832c41f1355
Rodrigo Caio diz que fez contraproposta, mais ainda não teve retorno sobre renovação com São Paulo

O São Paulo segue a preparação na para Florida Cup na cidade de Bradenton, nos Estados Unidos. E nesta terça-feira, o técnico Rogério Ceni explicou ao canal oficial da competição um pouco mais de seu trabalho e também da reconstrução do time para 2017.

O treinador citou que para ele é importante destacar um dado do elenco: 50% dos jogadores foram formados na base do clube.

"É um time que mudou bastante do ano passado. [Foi] Investido pouco pouco dinheiro em contratações, mas mesmo assim mudou bastante. Há uma promoção muito forte da base: 50% do nosso elenco são de formados em Cotia. Um time com 50% de jogadores formados em Cotia é um dado estatístico interessante e valioso para o clube."

"Gastamos 300 mil reais para montar o time, economizamos muito em folha de pagamento e temos um grupo muito disposto a vencer, mesclando a experiência dos mais velhos com o ímpeto e juventude daqueles meninos que estão tendo sua primeira oportunidade", declarou, em entrevista transmitida pelo Facebook.

Para a atual temporada, a equipe do Morumbi contratou o goleiro Sidão, o meia Cícero e os atacantes Wellington Nem e Neílton - o único caso em que o clube precisou investir foi com o arqueiro.

622 cc7d693d 58f4 3e04 b407 168f741b8b93
Neílton veste a '7' do São Paulo, vê time forte e analisa treinos de Ceni: 'Dinâmico e pegado'

Na conta feita por Ceni estão alguns atletas mais antigos do elenco, como os zagueiros Rodrigo Caio e Breno. O clube ainda tem o desfalque de três jogadores da base que possivelmente fariam parte da pré-temporada nos EUA, mas estão com a seleção sub-20: o goleiro Lucas Perri, o goleiro Lyanco e o atacante David Neres. 

Siga aESPNnas redes sociais