Neymar, má pontaria e visitante discreto: os motivos para a fase ruim do Barcelona

ESPN.com.br
Getty
Neymar marcou apenas quatro gols no Espanhol até o momento
Neymar marcou apenas quatro gols no Espanhol até o momento

O Barcelona começa o novo ano em meio a um desempenho discreto na temporada 2016-17. Apesar de ter avançado ao mata-mata da Uefa Champions League com o primeiro lugar em seu grupo, o time vive situação adversária nas oitavas de final da Copa do Rei (perdeu a ida para o Athletic Bilbao por 2 a 1) e aparece em terceiro no Campeonato Espanhol, cinco pontos atrás do líder Real Madrid, que ainda tem um jogo a menos.

Mas o que justifica a má fase da equipe que mais brilhou no futebol europeu neste século? O jornal catalão citou quatro pontos para responder esta pergunta: temporada discreta de Neymar, desempenho fora de casa, falta de poder de reação e falta de pontaria.

  • Neymar

A queda do número de gols do trio MSN na atual campanha se dá em boa parte por conta da queda de rendimento do brasileiro, que foi às redes apenas quatro vezes em 14 duelos e não faz gol em La Liga desde a derrota para o Celta de Vigo por 4 a 3, em 2 de outubro. "Algo se passa com Neymar", diz o jornal, antes de lembrar que a esta altura na temporada passada ele somava 16 tentos.

622 f7446146 0f32 3154 9f33 e9af53c6b4db
Antero vê como normal o jejum de gols de Neymar: 'Será estranho se ele passar 20, 30 jogos sem marca
  • Visitante pouco incômodo

Nos 15 jogos fora de casa na temporada, o Barcelona não saiu com a vitória em seis, sendo três derrotas e três empates. O fato de ter vencido 60% dos jogos como visitantes até parece normal, longe de ser um problema, mas a questão é que houve uma queda de rendimento. Afinal, quatro destes 'tropeços' veio nos últimos três jogos. Um empate com o Hércules não impediu a classificação na Copa do Rei, mas a derrota para o Athletic Bilbao deixou os comandados de Luis Enrique em uma situação desconfortável. Já no Espanhol, as igualdades com Real Sociedad e Villarreal deixaram o Barça distante da liderança.

  • Falta de reação

Outro ponto citado pelo Sport é a falta de poder de reação quando a equipe azul e grená sai atrás no placar. Foram oito jogos nesta situação, sendo que o time catalão conseguiu a vitória em dois (contra Borussia Mönchengladbach, pela Champions, e Sevilla, pelo Espanhol). Nos outros seis, foram três derrotas e três empates.

  • Má pontaria

As vitórias podem estar escapando pelas chances perdidas ao longo das partidas, como as 11 bolas na trave, mais do que qualquer outro time do Espanhol. Além disso, a equipe acertou no alvo apenas 35,7% dos chutes, sendo apenas o 13º no quesito na liga. Vale citar que o Barça é o segundo que mais finalizou na competição: 283, sendo 101 na meta.

622 6e0578e8 069a 309e 8d81 6950f60c6a22
Diferente de outras temporadas, Barça vê Real abrir vantagem e Luis Enrique admite: 'Estão mais fort
  • Não é só isso...

Além dos quatro tópicos mencionados, o ESPN.com.br listou outros motivos que ajudam a explicar a campanha discreta do atual campeão espanhol. Um deles é a defesa. Isso porque o time é o quarto que menos deu botes (210), o que menos rebateu bolas (195) e interceptou passes (207), o terceiro que menos bloqueou chutes (30) e o que menos ganhou jogo aéreo na defesa (140).

Outra adversidade do Barcelona em 2016-17 seria um mal-estar com a diretoria, como o Sport noticiou na segunda. De acordo com a publicação, este foi o motivo para os jogadores premiados e concorrentes na premiação da Fifa não terem ido ao evento de gala. O clube alegou que os atletas não foram por conta da preparação para a partida contra o Athletic Bilbao, pela volta das oitavas de final da Copa do Rei.

Também destaca-se recentemente as reclamações de supostos erros de arbitragem que teriam prejudicado o time treinado por Luis Enrique recentemente. O Barça reclamou de penalidades na derrota para o Athletic Bilbao e também no empate com o Villlarreal - ambos os jogos ocorreram há menos de uma semana.

Para começar a reverter a situação adversa, o Barcelona irá a campo nesta quarta-feira contra a equipe basca, no Camp Nou, às 18h15 (de Brasília). Um triunfo por 1 a 0 ou por dois gols de diferença classifica a equipe às quartas de final.

Siga aESPNnas redes sociais