Klopp pede que clubes esqueçam Coutinho: 'Não venderemos por nada'

Gazeta Press
Dave Howarth/PA Images via Getty Images
Philippe Coutinho Aquecimento Liverpool Sunderland Premier League 26/11/2016
Philippe Coutinho está na lista de compras de Barcelona e PSG

O técnico do Liverpool, Jurgen Klopp, negou nesta terça-feira qualquer possibilidade de negociar o meia Philippe Coutinho com outro time europeu. O jornal Metro informou que o Barcelona gostaria de fazer uma oferta ao brasileiro. Mas, segundo o treinador, as chances de vender o jogador são nulas.

"Nós não temos nenhuma ideia ou planos ou nenhuma conversa para deixá-lo sair porque ele é nosso jogador. Não há outras ideia, nada mudou", afirmou Klopp.

O treinador foi além e pediu para que as outras esquipe esqueçam do jogador brasileiro. 

"Seria bom que os clubes fossem se esquecendo dele, mas temo que isso não acontecerá. Tudo o que podemos fazer é mantermos nossas posições de que não iremos vender por nada. Já deixamos isso bem claro", declarou.

622 c00b97a7 f5b7 3ac4 bc68 b50a2b30d875
Liverpool e Southampton duelam nesta quarta, pela Copa da Liga Inglesa, às 17h35, na ESPN Brasil

O Barcelona poderia desembolsar até 60 milhões de libras (cerca de R$ 232 milhões) para tirar o meia do Liverpool, segundo o Metro. Já o Paris Saint-Germain estaria estudando uma oferta de 40 milhões de libras (R$ 155 milhões) pelo jogador.

De acordo com Klopp, o Liverpool está confiante de que Coutinho seguirá defendendo a camisa do clube em alto nível. O meia se recuperou de uma lesão ligamentar no tornozelo, sofrida no dia 26 de novembro, e disputará seu primeiro jogo nesta quarta-feira, contra o Southampton.

622 46fbb5a5 bff6 3582 97b9 50f3c87f31f2
Sósia? No Anfield, torcedor chama atenção por semelhança com técnico do Liverpool

"Não foi uma grande lesão, então não tenho dúvidas de que ele será o mesmo jogador depois disso", declarou Klopp, cujo time está na segunda posição do Campeonato Inglês, com 44 pontos - cinco a menos do que o líder Chelsea.

Siga aESPNnas redes sociais