Guerra vê transferência ao Palmeiras como desafio: 'Estou preparado'

Gazeta Press
Matthew Ashton - AMA/Getty Images
Alejandro Guerra está animado com o desafio de jogar no Palmeiras
Alejandro Guerra está animado com o desafio de jogar no Palmeiras 

O meia Alejandro Guerra, campeão da Copa Libertadores pelo Atlético Nacional, é uma das principais contratações do Palmeiras para a temporada de 2017. Ainda em Medellin, o venezuelano disse ver a transferência ao time brasileiro como um grande desafio e garantiu estar pronto.

Guerra foi premiado como melhor jogador da última edição da Copa Libertadores e tem status de ídolo entre os torcedores do Atlético Nacional. A decisão de aceitar a proposta do Palmeiras, atual campeão brasileiro, não foi fácil, de acordo com o jogador de 31 anos de idade.

"Acredito que chegou o momento de dar um passo para experimentar novos desafios e acho que estou preparado para isso. Não foi fácil sentir tanta alegria no Atlético Nacional e sair do clube em que me fiz conhecido na América do Sul, mas é parte do trabalho", disse Guerra à rádio Caracol.

Eduardo Baptista comenta atuação do Palmeiras na Copa São Paulo e avalia chegada de Felipe Melo

O atleta planeja viajar ao Brasil entre os dias 10 e 15 de janeiro para assinar um contrato válido por três temporadas com o Palmeiras. Para contar com o futebol do meia de origem venezuelana, o time alviverde precisou vencer a concorrência com o Santos, vice-campeão brasileiro.

"Fizeram saber que estavam interessados", disse Guerra sobre o time alvinegro. "Não me reuni pessoalmente com eles, mas falei por telefone. Disse que precisavam conversar com meu representante e com o clube, mas as negociações não se concretizaram", contou.

Antero alerta Eduardo Baptista quanto à expectativa da torcida no Palmeiras

Ao falar sobre o futebol brasileiro, o meio-campista de 31 anos manifestou receio com o aspecto físico. "Há mais contato e é preciso tomar cuidado. Eu sou um jogador leve, posso receber mais golpes e ficar afastado dos gramados", alertou o reforço palmeirense.

Além de Alejandro Guerra, o clube palestrino já confirmou os meias Raphael Veiga (ex-Coritiba), Hyoran (ex-Chapecoense) e Michel Bastos (ex-São Paulo), além do atacante Keno (ex-Santa Cruz). O volante Felipe Melo, já liberado pela Inter de Milão, está na iminência de ser anunciado.