'Na minha opinião, Guardiola quer ser presidente do Barcelona', diz Capello

Gazeta Press
Reuters
Fabio Capello opinou sobre o futuro de Guardiola
Fabio Capello opinou sobre o futuro de Guardiola

Após Pep Guardiola ter afirmado que sua carreira estava chegando ao fim e que ele não estará comandando uma equipe aos 60 anos, o também treinador Fábio Capello sugeriu que o espanhol poderá voltar ao Barcelona, mas como presidente do clube catalão.

"Em qualquer caso, acho que, se ele fez essas declarações, é também porque, na minha opinião, ele tem a ideia de se tornar o presidente do Barcelona", disse o ex-treinador da Rússia à Sky Itália.

Vale lembrar que Capello foi treinador de Guardiola na Roma durante a temporada 2002/03.

Apesar da declaração do técnico italiano - que atualmente está desempregado -, na mesma entrevista dada à NBC americana, em que disse que sua carreira estava chegando ao fim, o comandante do Manchester City deu a entender que pretende se afastar do futebol quando encerrar sua jornada como treinador.

"Quando eu terminar a minha carreira como técnico, eu vou desaparecer. Você não vai me encontrar novamente em sua vida", declarou Guardiola, que também disse que jogará golfe após o término de sua passagem pelo futebol.

Mesmo com os Citizens oscilando na atual temporada, o treinador de 45 anos tem 18 vitórias, seis empates e seis derrotas em 30 jogos e o City ocupa a quinta colocação do Campeonato Inglês e está a dez pontos atrás do líder Chelsea.

Em sete temporadas como treinador, Guardiola tem 321 vitórias, 69 derrotas e 48 derrotas em 438 jogos. Além disso, ele já venceu duas vezes a Liga dos Campeões, três vezes o Mundial de Clubes, três vezes o Campeonato Espanhol, três vezes o Campeonato Alemão, entre outros torneios.