'Esquecido' por Tite, Diego Alves pega mais um pênalti e entra para a história do Espanhol

ESPN.com.br
Diego Alves defende penalidade e ultrapassa Zubizarreta como maior pegador de pênaltis do Espanhol

O goleiro Diego Alves vem mostrando por que é sempre um dos cotados a serem convocados para a seleção brasileira. Neste domingo, na vitória fora de casa por 2 a 1 sobre o Leganés - gols de Nani e Mário Suárez -, ele até cometeu um pênalti, mas o defendeu e entrou para a história do Campeonato Espanhol.

Com mais uma defesa de cobrança da marca de cal, o ex-atleticano chegou a sua 17ª na Liga das Estrelas e superou Andoni Zubizarreta, ídolo do Barcelona nos anos 80 e 90.

Sua média é amplamente superior à do ex-jogador culé, com 0,4 penalidades defendidas, contra 0,15 de Zubizarreta.

Entretanto, nem mesmo sua especialidade fizeram o atual técnico da "Amarelinha", Tite, se lembrar de Diego Alves. Para as partidas contra Bolívia e Venezuela, pelas eliminatórias sul-americanas à Copa do Mundo na Rússia, o ex-corintiano convocou Alex Muralha (Flamengo), Alisson (Roma) e Wéverton (Atlético-PR).

Nani brilha, Valencia bate Leganés e chega a 2º vitória seguida no Espanhol

Também aparecem na lista de maiores pegadores de pênaltis do Espanhol Paco Buyo (ex-Real Madrid e Sevilla, com 15 defesas), José Ramón Esnaola (ex-Bétis, com 14), além de Cañizares (ex-Celta, Real Madrid e Valencia, com 13).

O Valencia, de Diego Alves, ocupa atualmente a 14ª colocação do Campeonato Espanhol, com seis pontos em seis partidas.