'CS:GO': Brasileiros vencem ESL One Cologne 2016 e se sagram bicampeões mundiais

ESPN.com.br
ESL
a
Em seu primeiro torneio como SK Gaming os brasileiros tiveram sseu melhor desempenho

O Brasil é bicampeão mundial de Counter-Strike: Global Offensive. A SK Gaming venceu a Team Liquid na decisão da ESL One Cologne 2016 e faturou seu segundo título de um major, além de U$ 500 mil dólares de prêmio.

Na decisão, a equipe não teve dificuldades e fez 2 a 0 na organização norte-americana, com 16-7 na Train e 16-6 na Cobblestone.

O troféu é o segundo desse calibre conquistado pelo esquadrão brasileiro que deixou a Luminosity Gaming no começo do mês e passou a defender a SK. Em março, a equipe havia conquistado a MLG Columbus 2016.

Com o resultado, além do título e da premiação, a equipe também entrou para um grupo restrito de equipes que conquistaram dois títulos de majors em sequência. Além dos brasileiros, só a Fnatic tinha conseguido esse feito.

Raio-X da partida

Abrindo a série na Train, os brasileiros saíram na frente depois de vencer o pistol e garantir os subsequentes, fazendo 3-0. Nem mesmo a vitória da Liquid no armado fez com que a SK desanimasse. Na frente por 4-1, Marcelo "coldzera" David brilhou e sozinho derrubou os cinco adversários proporcionando um dos melhores momentos do major.

A SK seguiu na frente ao longo da primeira etapa, e mesmo quando teve sua economia desfavorecida no 10° round, Epitácio "TACO" Filho conseguiu levar quatro adversários no eco e manteve a liderança em 7-3. Com uma sólida defesa, os norte-americanos conseguiram se recuperar no placar.

Contando com Josh "jdm64" Marzano e Spencer "Hiko" Martin inspirados, a Liquid batalhou para diminuir a distância e chegou ao final do primeiro tempo perdendo por apenas um ponto.

O começo do segundo tempo foi de domínio total dos brasileiros, que venceram os seis primeiros rounds e forçaram uma pausa tática dos adversários. A parada não deu resultado, a SK venceu os dois últimos rounds e fechou a partida em 16-7.

Na Cbble, escolha dos adversários, a Liquid conseguiu garantir o pistol round e o anti eco, mas acabou caindo na terceira rodada e dali em diante viu a SK tomar a ponta em 4-2.

Com coldzera protagonizando mais uma vez, os brasileiros dominaram o restante da primeira etapa e conduziu a equipe a 10-5 de vantagem até o intervalo.

Assim como aconteceu no primeiro mapa, a SK teve um excelente segundo tempo. Com Fernando "fer" Alvarenga inspirado, os brasileiros levaram seis dos sete rounds da segunda etapa, fecharam o mapa em 16-6, a série em 2-0 e se tornaram bicampeões mundiais.