Após 'virada' na Champions, Atlético atropela Granada e pressiona líder Barcelona

ESPN.com.br
Assista aos gols da vitória do Atlético de Madri sobre o Granada por 3 a 0

Para quem imaginou que o Campeonato Espanhol já estava decidido, o Atlético de Madri segue mostrando que essa tese estava errada. Neste domingo, jogando em seu estádio, o Vicente Calderón, o time colchonero não tomou conhecimento do Granada, atropelou por 3 a 0, gols de Koke, Fernando Torres e Ángel Correa, e encostou de vez nos catalães, em partida válida pela 33ª rodada de La Liga.

Com a vitória, o "Atleti" colocou ainda mais pressão no Barcelona após, curiosamente, eliminá-lo nas quartas de final da Uefa Champions League na última quarta-feira - ganhou por 2 a 0, com show de Griezmann, e agora vai pegar o Bayern na semifinal do principal torneio de clubes na Europa.

Agora com 76 pontos ganhos, os comandados de Diego Simeone chegaram à mesma pontuação dos culés, que, entretanto, jogarão logo mais contra o Valencia, às 15h30 (de Brasília), no Camp Nou, com transmissão da ESPN Brasil e podem voltar à liderança de forma isolada em caso de simples empate.

Logo aos 15 minutos do primeiro tempo, o jovem meio-campista Koke mostrou a que veio. O camisa 6 apareceu como um verdadeiro centroavante para aproveitar chute espirrado de Fernando Torres e, de perna direita, bater forte no contrapé do goleiro Andrés Fernández e abrir o marcador. Com o tento, o garoto quebrou longo jejum de mais de um ano sem marcar no Vicente Calderón, desde 8 de março do ano passado, diante do Valencia.

Getty
Fernando Torres Atlético de Madri Granada Futebol Campeonato Espanhol 17/04/2016
Fernando Torres ainda pode chegar ao top 8 do Atleti

Após um curto período de pressão do Granada, inclusive com uma bola no travessão de Rochina, aos 34 da primeira etapa, o Atlético voltou atento para o segundo tempo e matou a partida. Aos 15, Koke achou lindo passe para Fernando Torres que, com categoria, tirou Fernández da jogada com um tapa sutil no canto.

Ele chegou a seu 106º gol com a camisa colchonera, ficando a um de igualar o ex-atacante Juncosa e adentrar o top 8 de artilheiros do clube. Como se não bastasse, ele se tornou o jogador espanhol com melhor média de tentos no Nacional em 2016, com um gol a cada 88 minutos.

No fim, com o Granada já "moído" na partida, o jovem argentino Ángel Correa completou o placar e o atropelo madrilenho.

Na próxima rodada, já na quarta-feira, o Atlético de Madri irá até o País Basco para enfrentar o perigoso Athletic Bilbao, às 15h45 (de Brasília), pela 34ª jornada do Espanhol.

Já o Granada, que é apenas o 17º colocado, uma posição acima da zona de rebaixamento, com 30 pontos, chegou a seu sexto jogo sem vitória, sendo duas derrotas e quatro empates. Na quinta-feira, às 16h (de Brasília), tem confronto direto contra o descenço em casa diante do Levante, penúltimo.