Muricy critica Flamengo após derrota na estreia: 'Não pode reclamar de nada'

ESPN.com.br
Muricy diminui ausência de Mancuello e lamenta 'segundo tempo horrível'

Muricy Ramalho não isentou a culpa do Flamengo após a surpreendente derrota, fora de casa, por 1 a 0 para o Confiança-SE na estreia pela Copa do Brasil. Após o duelo desta quarta-feira, o treinador parabenizou o adversário.

"Surpreendente, e a gente não pode reclamar de nada hoje. No segundo tempo, a gente não jogou nada. Claro que eles só tiveram uma chance, mas, pelos 10 jogadores que eles tiveram, a gente não pode reclamar, não. Não tem que reclamar de nada e só dar os parabéns ao Confiança", disse.

"No segundo tempo, a gente teve oportunidades, e você tem que matar o adversário. Se não, você dá chance, e foi o que aconteceu. A gente não veio bem no segundo tempo. O adversário cresceu, e a bola puniu a gente", afirmou.

O Confiança jogou mais de 80 minutos com um homem a menos. Isso porque, logo aos oito minutos do primeiro tempo, Elielton recebeu o cartão vermelho direto ao acertar um chute no rosto de Ederson.

"No primeiro tempo, nós tivemos profundidade, clareza, jogadas de gol. No segundo tempo, a gente se marcou, não saiu da marcação, faltou um pouco de controle. A gente tentou o Patrick, que passa bem, mas tem jogo que é assim mesmo. Não sei o que dá, se é um branco."

O Flamengo volta a campo no próximo domingo, quando faz o clássico contra o Fluminense pela Taça Guanabara, no Pacaembu.

"É outro jogo, sempre é bom ter um clássico. É importante ganhar para dar confiança", falou.