Presidente da IAAF não aceita fim de patrocínio da Nestlé: 'Crianças vão sofrer'

ESPN.com.br com agências internacionais
Getty
Sebastian Coe é o presidente da Federação Internacional de Atletismo (IAAF)
Sebastian Coe é o presidente da Federação Internacional de Atletismo (IAAF)

O presidente da Federação Internacional de Atletismo (IAAF), Sebastian Coe, respondeu irritado à decisão da Nestlé de deixar de patrocinar a entidade, atingida por um escândalo de corrupção e problemas no combate ao doping. O cartola diz que não vai aceitar a postura da empresa suíça.

"Irritado e consternado com o anúncio de hoje para o atletismo juvenil. Nós não vamos aceitar isso. São as crianças que vão sofrer", disse Coe, em breve comunicado, depois de Nestlé anunciar que deixaria de patrocinar o 'IAAF Kids Athletics programme', em virtude das denúncias que envolvem a entidade.

"Decidimos por fim de maneira imediata a nosso patrocínio do programa da IAAF para as crianças. Esta decisão foi tomada pela publicidade negativa relacionada às acusações de corrupção e de doping contra a IAAF. Pensamos que isso poderia ter um impacto negativo em nossa reputação e nossa imagem."

Desde 2012, a Nestlé, gigante do setor alimentício, é a principal patrocinador de um programa da IAAF voltado para crianças e jovens no mundo. Segundo relato da imprensa internacional, o contrato é de 1 milhão de dólares (R$ 3,9 milhões na cotação atual) por ano.