Sem estrelas, técnico da Argentina aposta em jogo coletivo contra o Brasil

ESPN.com.br
Tata Martino coloca Neymar 'quase' no nível de CR7 e Messi: 'Um nível excepcional'

A Argentina tem um ataque de dar inveja a qualquer seleção do mundo, mas, para o jogo desta quinta-feira contra o Brasil, três da principais estrelas não poderão estar em campo. Por isso, Tata Martino, treinador da ‘seleção hermana', espera deixar as individualidades de lado e apostar no jogo coletivo.

"Eu acho que a equipe que conseguir impor seu jogo coletivo conseguirá vencer. A expectativa que nos temos é que consigamos impor nosso estivo de jogo. Se isso não for possível, espero que alguma individualidade resolva", declarou o técnico.

Para esta partida contra o Brasil, a Argentina perderá seu trio de ataque formado por Messi, Aguero e Tevez, todos contundidos. Do outro lado, a seleção brasileira contará pela primeira vez nas Eliminatórias com seu principal jogador: Neymar, mas Tata Martino evita se preocupar apenas com o atleta do Barcelona: "O Brasil tem muitos bons jogadores além de Neymar e a preocupação é sempre grande quando você enfrenta uma seleção que tem essas individualidades".

A Argentina tentará conquistar sua primeira vitória nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. Em dois jogos, a atual vice-campeã do mundo soma uma derrota e um empate.