Secretário de Haddad defende estádios sem visitantes: 'Vai ver o jogo na TV'

Camila Mattoso, do ESPN.com.br
Getty
Torcedores da Mancha seguem juntos para protesto no CT do Palmeiras
Polícia acompanha torcedores do Palmeiras

Em meio a discussões sobre como resolver o problema da violência no futebol, o Secretário de Esportes de São Paulo, Celso Jatene, defendeu também a sua tese: que os estádios não recebam mais torcidas visitantes e sejam exclusivos para os mandantes.

De acordo o vereador (indicado pelo prefeito Fernando Haddad, do PT), enquanto os torcedores não aprenderem a se comportar, os torcedores deveriam ver os jogos em suas casas, em vez de mobilizar um grande aparato de policiais, que deixam de ajudar na segurança geral da cidade para acompanhá-los.

"Não existe mais isso. Eu defendo a torcida do mandante. A torcida do adversário tem que assistir ao jogo em casa, na televisão. O primeiro jogo do Palmeiras na Arena do Corinthians levou 2200 torcedores do Palmeiras, nenhum santo, porque santo não vai nesse jogo. Foram mobilizados 550 policiais militares para acompanhar esse grupo. Isso não existe", disse Jatene, em evento no clube Monte Líbano, em São Paulo, sobre o legado da Copa do Mundo.

"A gente mora em uma cidade que tem gente que não sai de casa com medo de ser assaltado, que tem gente que usa carro blindado, e a gente mobiliza 550 policiais para ter torcida adversária no campo do mandante? Vai assistir ao jogo em casa. Hoje em dia, é uma ilusão achar que o torcedor do Corinthians vai sentar ao lado do torcedor do São Paulo, que eles vão no mesmo metrô juntos. Não vão. O futebol de clube tomou outro rumo. Não vai fazer a menor diferença três mil caras no estádio. Os profissionais estão lá, vão jogar do mesmo jeito. Até que as torcidas voltem a se comportar, tem de ser assim", completou.

Celso Jatene foi presidente da Torcida Jovem em 1979 e, segundo ele, "era uma outra época para o futebol, com clima de festa e não de guerra".

Vice de marketing do São Paulo aposta em jogadores da base no Paulista