Jornal: Para renovar, Corinthians vai oferecer salário de Sheik a Guerrero

ESPN.com.br
Gazeta Press
Atacante Paolo Guerrero concede entrevista coletiva no CT do Corinthians
Direção do Corinthians vai oferecer salário de R$ 520 mil a Paolo Guerrero

A direção do Corinthians agendou para a próxima semana uma reunião com o atacante Paolo Guerrero a fim de tratar de sua renovação contratual e cogita oferecer-lhe o mesmo salário que paga a Emerson Sheik: R$ 520 mil por mês.

Pelo menos é o que informa a coluna de Jorge Nicola na edição desta sexta-feira do "Diário de S. Paulo". O periódico acrescenta, ainda, que o peruano é atualmente dono do quarto maior vencimento do clube, com R$ 360 mil mensais, atrás de Sheik (emprestado ao Botafogo, que não lhe paga nada), de Alexandre Pato (R$ 800 mil, mas metade é paga pelo São Paulo) e Elias (valor não revelado).

A pressa do Corinthians em um novo acordo para assegurar seu único centroavante do elenco tem a ver com o assédio recente sobre Guerrero, que na última janela de transferências teve propostas de West Ham e Sunderland, ambos da Inglaterra.

A direção vai propor um vínculo de dois anos ao atacante, ou seja, até julho de 2017, já que o atual vai até julho de 2015. O peruano, de 30 anos, é um dos cinco remanescentes do título mundial de 2012 na agremiação, ao lado de Cássio, Fábio Santos, Ralf e Danilo.

Veja os gols de Corinthians 1 x 1 Chapecoense