Vettel se queixa da falta de confiança demonstrada pela Red Bull

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Getty
Sebastian Vettel está incomodado com temporada abaixo das expectativas
Sebastian Vettel está incomodado com temporada abaixo das expectativas

A temporada de resultados ruins do alemão Sebastian Vettel está afetando a relação entre o piloto e a equipe Red Bull, que viveram em plena harmonia nas quatro últimas temporadas, em que Vettel se sagrou tetracampeão mundial. Após o Grande Prêmio da Itália, disputado no último domingo, o alemão demonstrou incômodo com o tratamento que tem recebido da escuderia austríaca.

"Parece que, às vezes, a televisão espanhola tem mais confiança em mim que minha própria equipe", afirmou Vettel em entrevista a uma emissora de TV da Espanha.

O consultor esportivo da Red Bull, Hemult Marko, fez questão de acalmar os ânimos e minimizou o descontentamento expresso pelo alemão.

"Este foi apenas o primeiro impulso que veio dele. Ele estava naturalmente desapontado porque o companheiro de equipe havia o derrotado, já que, no treino classificatório, ele foi melhor que Ricciardo. Eu acho que foi uma reação muito normal", disse Marko.

A reclamação pública de Vettel pode ser uma tentativa de frear as pretensões de seu companheiro de equipe, o australiano Daniel Ricciardo. Com 166 pontos (60 a mais que Vettel) e em terceiro no Mundial de Pilotos, Ricciardo quer que a Red Bull o priorize a partir de agora, tornando-o número 1 da equipe. Apesar de o australiano ainda ter chances remotas de título, a escuderia acredita que a diferença de desempenho da Mercedes inviabiliza a disputa pelo campeonato.

Na próxima etapa do Mundial de Fórmula, em Cingapura - entre 19 e 21 de setembro -, Vettel utilizará seu terceiro chassi no ano, para tentar melhorar seu desempenho. O alemão já admitiu que até o fim da temporada precisará lançar mão do sexto motor, o que, caso realmente ocorra, resultará na perda de 10 posições no grid de largada.