Tempo Real

Petros diz que empurrou o árbitro para 'evitar choque maior'

ESPN.com.br
Petros diz que não houve maldade em 'encontrão normal' com árbitro de Santos x Corinthians

O meia Petros, do Corinthians, se justificou após o lance polêmico com o árbitro Raphael Claus no clássico contra o Santos, no último domingo. No programa Bate-Bola 2ª edição da ESPN Brasil, nesta segunda-feira, o jogador afirmou que empurrou o juiz apenas para se proteger do encontrão.

"Acabei me chocando com o árbitro e empurrei ele sim, mas eu tentei me proteger de uma trombada mais forte. No lance seguinte conversamos e ele percebeu que não teve problema, tanto que ele não relatou na súmula, mas o STJD acabou pegando esse lance", explicou.

O meia argumentou que seu histórico não condiz com as acusações. "Eu sou um dos jogadores mais disciplinados, nunca tinha vivido nenhum tipo de situação assim. Espero que haja bom senso, e as pessoas possam olhar mais friamente o lance."

Raphael Claus não relatou a suposta agressão na súmula, o que, para o corinthiano, mostra ele não teve intenção. "Se tivesse tido algum tipo de maldade, ele teria tomado alguma medida. Eu estava entre dois jogadores do Santos, se eles tivessem percebido algo mais agressivo teriam feito barulho. É o que eu faria."

Proposital? Veja o lance em que Petros se choca com árbitro durante jogo entre Santos e Corinthians

Petros ainda elogiou o árbitro. "O Claus é um cara bacana. A gente conversou no decorrer do jogo e ele percebeu que não foi nada para machucá-lo. Eu dou o passe para o Jádson e já vou para receber a bola. Eu não bati no árbitro, só coloquei a mão nas costas dele para empurrar, para que o choque não fosse maior."

Por fim, perguntado sobre o nervosismo do jogo, o jogador do Corinthians reconheceu que o clássico foi bastante tenso. "Estava muito diferente o jogo. As equipes estavam entrando muito firme. Existia a questão da chegada do Robinho, a gente queria manter a boa fase, a última partida que nós perdemos por 5 a 1. Foi o jogo mais brigado que eu já joguei pelo Corinthians."

Publicidade

Siga aESPNnas redes sociais