Hulk reclama de preconceito contra nordestinos; com certa razão

André Linares, Lucas Borges e Paulo Cobos, de Teresópolis-RJ
Hulk lamenta: 'Infelizmente, nordestino ainda sofre preconceito'

O paraibano Hulk, camisa 7 da seleção brasileira, tocou o dedo na ferida neste domingo, quando foi o último dos 23 convocados de Felipão para a Copa do Mundo a falar em entrevista coletiva na preparação para o torneio

Para o jogador do Zenit, ainda existe preconceito contra nordestinos, como ele, no futebol. "Infelizmente, nordestino ainda recebe preconceito. É duro, mas é verdade", afirmou o meia-atacante, lembrando do único nordestino titular na conquista do pentacampeonato, também sob o comando de Felipão

"Deveriam ter mais respeito com Rivaldo, foi o melhor do mundo e um dos grandes jogadores da Copa de 2002. Não teve o merecimento que merecia. Não sei se por ser nordestino, disse Hulk, se referindo ao jogador pernambucano que também reclamava do preconceito contra nordestinos.

Pelo menos na seleção brasileira, o Nordeste não tem a mesma representação que sua população. Quatro dos convocados são da região: Daniel Alves, Dante, Hernanes e Hulk. Isso equivale a 17% do grupo. Segundo o IBGE, os nordestinos, pelos números do Censo de 2010, são 27% dos brasileiros. Em 2002, o número de convocados era um pouco maior: cinco.

Na entrevista, Hulk mostrou até uma ponta de irritação quando um repórter quis associar o nordestino ao fato de "serem engraçados", o que não concordou. E lembrou que a virada desta seleção começou em Fortaleza, no ano passado, durante a Copa das Confederações.

"Tudo começou lá, com as pessoas cantando o hino", lembrou Hulk, se referindo ao jogo contra o México, mesmo adversário da seleção, e novamente em Fortaleza, pela segunda rodada do Grupo A do Mundial de 2014, na próxima terça-feira.

Hulk também falou que mantém o sonho de como vai comemorar o hexampeonato no Maracanã. "Com certeza a bandeira da Paraíba está guardada. Se Deus quiser vou chegar no Maracanã e levantá-la. Não só para dizer Paraíba, ganhamos. Mas o Brasil inteiro'.

Hulk garante só ter sentido incômodo: 'Quis sair do treino por precaução'