Barão assina novo contrato e, enfim, recebe valorização esperada do UFC

José Edgar de Matos, do ESPN.com.br
Getty
Com vitória sobre Urijah Faber, Renan Barão assumiu o quarto lugar no ranking peso por peso do UFC
Renan Barão acertou um novo contrato com o UFC e recebeu a valorização esperada
Renan Barão, enfim, recebeu a valorização esperada. Em entrevista exclusiva ao ESPN.com.br, o campeão da categoria dos galos do Ultimate Fighting Championship anunciou a renovação do contrato com a entidade mais famosa de MMA (Artes Marciais Mistas, em inglês), encerrando qualquer tipo de polêmica financeira com o ‘patrão' Dana White.

LEIA MAIS
Dana manda recado a Anderson Silva: 'Se quer se manter, melhor mostrar mais vontade'
Estreante nos EUA, Massaranduba 'ignora' risco de demissão: 'Não adianta pensar negativo'
Aos 43 anos, Henderson sonha com cinturão: 'Toda luta eu faço por isso'
Cormier vê Henderson 'até melhor' sem TRT; veterano discorda do banimento

"Meu contrato acabou de ser renovado. Toda e qualquer polêmica foi esclarecida. Agora tenho mais três lutas pela frente, e está tudo ótimo. Tudo está dando certo, como planejado. Quem toma conta disso é o Dedé, e está tudo bem, tudo bem", afirmou o campeão, que lutará sob novo contrato neste final de semana.

A questão financeira envolvendo Barão e o UFC entrou em pauta nas últimas semanas. Em entrevista ao ‘UOL', o campeão da divisão dos galos questionou os valores recebidos dentro do evento, apontando a supervalorização, por exemplo, do norte-americano Urijah Faber.

As palavras de Barão incomodaram o presidente Dana White, que respondeu publicamente ao lutador da Nova União. "Renan é um campeão, mas não é uma grande estrela. Ele é um lutador e é pago para lutar. (...) Espero que não seja esse o caminho que tomaremos com o Barão daqui para frente", disse o ‘chefão' do UFC.

Ao ESPN.com.br, Barão garantiu que foi mal interpretado e procurou descartar qualquer polêmica com o ‘big boss' do UFC. "Foi tudo esclarecido. Está tudo como planejado. O objetivo é tentar conquistar meu espaço a cada dia", disse o dono do cinturão dos galos.

Getty
Barão manteve o seu cinturão
Barão: apenas um 'mal entendido' com Dana White

Toda a polidez no discurso em relação a Dana White, contudo, termina quando outro assunto entrou em pauta. Recentemente, o presidente do UFC colocou Renan Barão como o segundo melhor lutador peso por peso do planeta, superando até mesmo a José Aldo, amigo e companheiro de treinos na academia Nova União, no Rio de Janeiro - para Dana, Jon Jones ocupa o topo da lista.

"Ah, não! Não considero assim. Aldo ainda é o melhor. Ele é o melhor na categoria e eu na minha. Estamos mostrando nosso trabalho. Fiquei muito feliz pelo reconhecimento, que é fruto do meu trabalho. Mas estou chegando agora", encerrou Barão, antes de retornar para o trabalho de perda de peso antes do duelo deste sábado.

Renan Barão defenderá o cinturão dos galos do UFC pela segunda vez. O adversário deste sábado, em Las Vegas, será o americano T.J. Dillashaw. O atleta de Natal defende uma das mais longas invencibilidades da história do MMA: o peso galo não perde desde 2005, quando acabou derrotado por João Paulo Rodrigues de Souza, em sua primeira luta na carreira.

MMA Live Brasil: Treinador Pedro Rizzo analisa luta de Barão e diz: 'ele é um fenômeno'
Publicidade