Veja ROUND A ROUND como foi o UFC 169

ESPN.com.br
RENAN BARÃO (BRA) vs. URIJAH FABER (EUA) - galos
Getty
Renan Barão (BRA) vs. Urijah Faber (EUA) - valendo o cinturão dos pesos galo
Renan Barão (BRA) vs. Urijah Faber (EUA) - valendo o cinturão dos pesos galo
RESULTADO OFICIAL: Renan Barão (BRA) nocauteou Urijah Faber (EUA) aos 3'42 do 1º round
1º round
Os dois começam trocando chutes baixos e alguns golpes. Faber bloqueia bem um chute e responde com um soco. Agora é Barão quem bloqueia bem um chute e tenta responder com socos. Renan acerta ótimo direto e derruba o adversário. O brasileiro parte com tudo para cima e castiga muito no chão. Faber se fecha todo, se defende como pode e se levanta. Barão segue atacando em pé, mas não consegue acabar com a luta. Barão acerta mais um soco e derruba o adversário mais uma vez. Faber agora nem tenta a defesa. ACABOU! Renan Barão segue campeão dos pesos galo!
                                                                             
PRÉ-LUTA
Barão e Faber se enfrentaram em julho de 2012, quando o UFC decidiu colocar o cinturão interino da categoria em jogo - Dominick Cruz já estava lesionado há algum tempo. Na ocasião, Barão era ‘zebra', mas dominou completamente o combate e levou a vitória na incontestável decisão dos jurados.
PRÉ-LUTA RENAN BARÃO
Dono da maior sequência de vitória no MMA atual. Renan Barão vem de 21 triunfos seguidos, e a série só não é maior por conta de um no contest em 2007. O cartel tem 31 vitórias e apenas uma derrota, logo em sua primeira luta como profissional. É a ‘estreia' de Barão como campeão oficial dos pesos galo
PRÉ-LUTA URIJAH FABER
O queridinho do UFC. Urijah Faber é um verdadeiro sucesso de público no UFC, mas perdeu as últimas cinco lutas nas quais tentou conquistar um título - uma delas para o próprio Barão. Terá mais uma chance neste sábado. No cartel, 30 vitórias e 6 derrotas.
JOSÉ ALDO (BRA) vs. RICARDO LAMAS (EUA) - penas
Getty
José Aldo (BRA) vs. Ricardo Lamas (EUA) - valendo o cinturão dos pesos pena
José Aldo (BRA) vs. Ricardo Lamas (EUA) - valendo o cinturão dos pesos pena
PÓS-LUTA JOSÉ ALDO
"Me surpreendeu bastante (Lamas ter aguentado). Vários chutes pegaram, mas ele não sentiu nenhum. É um grande lutador e fez por merecer a chance. Agradeço à minha equipe e a todo mundo. A garra dele me surpreendeu. Sabia que ele ia querer levar a luta para cinco rounds. Mas dava até para fazer mais alguns rounds", disse o campeão Aldo ainda no octógono.

RESULTADO OFICIAL:
José Aldo (BRA) venceu Ricardo Lamas (EUA) na decisão unânime dos jurados (49-46, 49-46 e 49-46)
5º round
Lamas começa indo para cima, mas Aldo se defende e consegue derrubar o rival. O brasileiro fica por cima por quase dois minutos. Lamas tenta se levantar, Aldo tenta manter a luta no chão, mas acaba ficando por baixo. O norte-americano tenta tirar o prejuízo, mas o brasileiro se defende bem. Lamas encaixa duas boas cotoveladas. Aldo trava o pescoço do rival. O round termina com o desafiante por cima.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Lamas; 49 a 46 Aldo                                                                    
4º round
Aldo castiga de novo com um chute baixo. Lamas vai para as pernas do brasileiro e tenta a queda. O norte-americano chega a levantar o rival, mas Aldo se defende de maneira impressionante e segue de pé. O campeão aguenta bem e inverta a posição. Lamas ameaça tentar uma guilhotina e se joga no chão, mas o brasileiro se defende muito bem e acaba ficando por cima. Aldo fez um lindo movimento e consegue a montada. Lamas se defende, mas dá as costas. Aldo rapidamente encaixa o mata-leão, mas Lamas se defende muito bem e consegue se levantar. O norte-americano vai logo para tentar a queda, mas de novo não tem sucesso. O round acaba com os dois nas grades.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Aldo                                                                              
3º round
Aldo castiga com dois potentes chutes baixos. O brasileiro parte para cima com mais uma boa combinação de chutes e socos. Lamas tenta a queda, mas não consegue nada. Luta segue em pé, com os dois trocando golpes. Aldo acerta mais uma combinação de gancho e chute baixo. Agora é Lamas quem tenta uma sequência, mas não acha Aldo.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Aldo                                                                              
2º round
Lamas começa o segundo round com um chute alto e outro rodado, mas não acerta nenhum dos dois. Aldo responde com um chute baixo. Os dois trocam golpes, mas ambos se defendem bem. Aldo acerta ótimo chute baixo na parte de trás da perna do rival. O brasileiro acerta mais uma sequência de dois chutes baixos. Aldo caça o adversário no octógono e vai acertando golpes mais contundentes.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Aldo                                                                             
1º round
Aldo começa com chute baixo. Lamas tenta um chute alto, mas erra o alvo. Os dois se estudam, sempre com o brasileiro dominando o centro do octógono. Aldo encaixa uma ótima sequência com dois socos e um chute baixo. O brasileiro defende bem um chute de Lamas, que vai ao chão. Aldo aproveita e acerta dois bons ganchos enquanto o norte-americano tentava se levantar. No fim do round, Aldo ainda acerta uma joelhada voadora.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Aldo                                                                              
PRÉ-LUTA José ALDO
Hora de colocar o cinturão em jogo! José Aldo é até hoje o único campeão dos pesos pena do UFC. O brasileiro tem uma carreira incrível de 23 vitórias e apenas 1 derrota, ainda em novembro de 2005. Desde então, são nada menos que 16 triunfos consecutivos.
PRÉ-LUTA RICARDO LAMAS
Ricardo Lamas chega como completa ‘zebra' para o UFC 169. O norte-americano tem um cartel de 13 vitórias e 2 derrotas e se credenciou à disputa do cinturão com quatro vitórias em quatro lutas no UFC.
FRANK MIR (EUA) vs. ALISTAIR OVEREEM (HOL) - pesados
Getty
Frank Mir (EUA) vs. Alistair Overeem (HOL) - pesos pesado
Frank Mir (EUA) vs. Alistair Overeem (HOL) - pesos pesado
RESULTADO OFICIAL: Alistair Overeem (HOL) venceu Frank Mir (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 30-27)
3º round
Round começa bem mais devagar. Mir tenta a queda, mas não consegue e fica por baixo. Overeem castiga por cima, mas sem muito ímpeto para buscar o nocaute. O holandês desiste de ficar no chão e resolve se levantar faltando um minuto para o fim. Overeem logo acerta um direto de direita, mas o rival aguenta bem. O holandês ainda acerta mais um soco, mas sem poder de nocaute.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Overeem; 30 a 26 Overeem                                                 
2º round
Overeem consegue bom overhand de esquerda. Mir se desequilibra sozinho e cai. O holandês castiga com mais uma joelhada, e a luta fica contra as grades. O juiz separa os dois. Overeem encaixa mais uma boa sequência de golpes. Mir vai para as pernas do adversário e consegue a queda. O norte-americano encaixa bem uma guilhotina, mas o golpe escapa, e o holandês fica por cima. Overeem castiga com socos e cotoveladas. O round acaba com os dois em pé, separados pelo juiz.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Overeem                                                                            
1º round
Luta começa estudada. Overeem tenta um soco na linha de cintura. Mir parte para cima, mas não acha o rival. O holandês se esquiva bem e coloca a luta contra a grade. Os dois voltam para o centro. Overeem acerta bom cruzado de esquerda. O holandês tenta o clinch e acerta duas joelhadas. Mir vai ao chão. O holandês para com tudo para cima para acabar com a luta, domina o braço do adversário e castiga com socos. Overeem acerta mais uma joelhada e mais uma sequência de socos. Mir aguenta como pode e se levanta. A luta continua. Mir tenta a queda, mas se complica e acaba ficando por baixo. Overeem ainda castiga com mais alguns golpes antes do fim do round.
OPINIÃO ESPN   10 a 8 Overeem                                                                            
PRÉ-LUTA FRANK MIR
Luta de gigantes. Ex-campeão do UFC, Frank Mir tenta provar que ainda tem muito a mostrar depois de perder três vezes seguidas. O norte-americano que se tornou o primeiro a nocautear e o primeiro a finalizar Minotauro chega com um cartel de 16 vitórias e 8 derrotas.
PRÉ-LUTA ALISTAIR OVEREEM
Muito se esperava do ex-campeão do Strikeforce, mas pouco se viu até agora no UFC. O holandês nem chegou a disputar o cinturão por ter sido pego no doping e depois foi duas vezes nocauteado. No cartel, são 36 vitórias e 13 derrotas, além de uma luta sem resultado.
JOHN LINEKER (BRA) vs. ALI BAGAUTINO (RUS) - mosca
Getty
John Lineker (BRA) vs. Ali Bagautinov (RUS) - pesos mosca
John Lineker (BRA) vs. Ali Bagautinov (RUS) - pesos mosca
RESULTADO OFICIAL: Ali Bagautinov (RUS) venceu John Lineker (BRA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-28)
3º round
Lineker cerca o rival contra as grades. Bagautinov vai para as pernas e consegue a queda. O brasileiro se levanta, mas novamente é derrubado. Lineker vai para a tentativa de Kimura, mas o rival se defende sem grandes dificuldades. O brasileiro acha espaço e se levanta, mas é mais uma vez derrubado. Lineker aos poucos se levanta, mas fica amarrado contra a grade. O brasileiro tenta ir para cima, mas é derrubado de novo. Por baixo, ele tenta encaixar uma chave na perna do russo, mas Bagautinov tira onda em pé e comemora antes da luta acabar.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Bagautinov; 30 a 27 Bagautinov                                        
2º round
Lineker começa tentando o chute, Bagautinov responde na mesma moeda. O brasileiro tenta enquadrar o rival contra as grades. O russo vai para as pernas e tenta a queda, mas o brasileiro se defender. Bagautinov aproveita para encaixar uma joelhada e um bom direto de direita. Lineker dá bom soco na linha de cintura. O brasileiro parte para cima, e o rival se defende tentado a queda. Bagautinov acerta uma boa sequência e vai para a queda, mas Lineker não fica no chão e ainda castiga com cotoveladas na linha de cintura. Bagautinov até acerta com golpe em pé, mas tenta a queda, de novo sem sucesso. O round termina na trocação franca contra as grades.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Bagautinov                                                                             
1º round
Lineker tenta um direto, mas Bagautinov se esquiva bem e leva a luta com facilidade para o chão. Por baixo, o brasileiro acerta duas cotoveladas. O russo faz postura e tenta partir para o ground and pound, mas Lineker volta a travar o pescoço. Bagautinov se levanta, e Lineker encaixa uma chave de calcanhar. O russo tenta responder na mesma moeda e nenhuma das duas finalizações encaixa. Bagautinov insiste e tenta a chave novamente, mas não consegue e os dois se levantam. Bagautinov mais uma vez consegue a queda após ataque do rival. Lineker tenta um Kimura por baixo, mas não consegue, e o round acaba.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Bagautinov                                                                          
PRÉ-LUTA JOHN LINEKER
Sempre é considerado como um dos favoritos ao título dos pesos mosca, mas vive uma batalha constante contra a balança. Até agora, não bateu o peso em quatro das seis lutas no UFC. Foi o que aconteceu ontem, quando precisou de uma hora extra para bater a balança. Dentro do octógono, a história é diferente: Lineker vem de quatro triunfos. Na carreira, são 23 vitórias e 6 derrotas.
PRÉ-LUTA ALI BAGAUTINOV
Um dos russos que vem impressionando no UFC. São duas vitórias no Ultimate, uma delas contra o brasileiro Vina. Na carreira, o cartel é de 12 triunfos e 2 derrotas. Na pesagem, provocou Lineker com uma camiseta com os dizeres ‘Você verá o que é ter mãos de pedra', em referência ao apelido do brasileiro

João Victor Mekitarian / ESPN.com.br
Aldo ou Lamas? Arquibancada tem torcida para os dois!
Aldo ou Lamas? Arquibancada tem torcida para os dois!
João Victor Mekitarian / ESPN.com.br
Um dia antes do Super Bowl, torcida do Seattle Seahawks toma conta do UFC 169
Um dia antes do Super Bowl, torcida do Seattle Seahawks toma conta do UFC 169
JAMIE VARNER (EUA) vs. ABEL TRUJILLO (EUA) - leves
Getty
Jamie Varner (EUA) vs. Abel Trujillo (EUA) - pesos leve
Jamie Varner (EUA) vs. Abel Trujillo (EUA) - pesos leve
RESULTADO OFICIAL: Abel Trujillo (EUA) nocauteou Jamie Varner (EUA) 2'32 do 2º round
2º round
O round começa na trocação de novo. Trujillo começa melhor, mas Varner acerta bom cruzado e balança o adversário. Ele parte para cima. Varner castiga contra as grades, Trujillo vai para o chão, se defende como pode e consegue se manter vivo. Trocação franca contra as grades. Varner acerta vários golpes seguidos, mas Trujillo aguenta muito e acerta um incrível soco no contra-ataque. INCRÍVEL! Varner vai ao chão. O primeiro nocaute da noite!
                                                                          
1º round
Luta disputada no começo. Trujillo parte para cima com bons golpes. Trujillo tenta a queda, mas acaba derrubado por Varner, que rapidamente pega as costas do adversário. No chão, Varner se movimenta e tenta encaixar o estrangulamento da posição norte-sul. Trujillo fica por baixo e aguenta como pode. Varner desiste da posição e acaba deixando o rival se levantar. Em pé, Trujillo castiga com uma enorme sequência de socos. Trujillo acaba superior na trocação.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Varner                                                                              
PRÉ-LUTA JAMIE VARNER
Varner vem alternando vitórias e derrotas no UFC. Se mantiver o ritmo, a noite de sábado deve ser boa, já que ele vem de revés para o brasileiro Gleison Tibau. Na carreira, são 21 triunfos, 8 derrotas e 1 empate, além de 2 lutas sem resultado.
PRÉ-LUTA ABEL TRUJILLO
Trujillo vem de vitória sobre Roger Bowling, mas não tem um grande cartel. São 11 vitórias e 5 derrotas até aqui, além de uma luta sem resultado contra o próprio Bowling

JOHN MAKDESSI (CAN) vs. ALAN NUGUETTE (BRA) - leves
Getty
John Makdessi (CAN) vs. Alan Nuguete (BRA) - pesos leve
John Makdessi (CAN) vs. Alan Nuguette (BRA) - pesos leve
RESULTADO OFICIAL: Alan Nuguette (BRA) venceu John Makdessi (CAN) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 30-27)
3º round
Os dois começam o round decisivo na trocação. O ritmo acalma um pouco, e Nuguette acerta bom chute baixo. O brasileiro vai para o chute alto e erra por pouco a cabeça do rival. Makdessi vai para o chute frontal, e o brasileiro acusa golpe baixo, mas a luta continua. Nuguette vai de novo para a tentativa de queda, mas não consegue levar a luta para o chão.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Makdessi; 29 a 28 Nuguette                                                                 
2º round
Nuguette já parte para a tentativa de queda, mas Makdessi se defende bem e ainda encaixa um chute. O canadense agora encaixa bom chute alto e lateral. O combate fica bastante equilibrado. Nuguette parte para cima e consegue a queda. Makdessi de novo bate no chão e consegue se levantar. O brasileiro ainda insiste em levar a luta para o chão, mas o rival se desenvincilha bem. Os dois fazem uma luta muito equilibrada.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Nuguette                                                                             
1º round
Nuguette começa tentando a queda, faz duas vezes o movimento, mas não tem sucesso. O brasileiro parte para cima e tenta o chute cruzado, que para na guarda. A torcida grita ‘Uh, vai morrer!'. Nuguette é mais agressivo e segue mostrando plasticidade, com outro chute rodado, este no vazio. Makdessi tenta o chute, mas se desequilibra e cai. O brasileiro vai com tudo para cima, mas o canadense se levanta. Nuguette vai com tudo e consegue a queda, mas Makdessi bate no chão e logo se levanta. O brasileiro prensa o rival na grade e tenta nova queda, mas o round acaba.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Nuguette                                                                              
PRÉ-LUTA Alan Nuguette
Depois de estrear no UFC com um nocaute no UFC Barueri, Alan Nuguette foi um dos grandes personagens do FUC 169, com direito a acrobacias e encarada tensa na hora da pesagem. No cartel, o brasileiro é perfeito até aqui: 11 lutas, 11 vitórias e um título, no Bitetti Combat.
PRÉ-LUTA JOHN MAKDESSI
Makdessi vem de três vitórias seguidas, sendo a última delas sobre um brasileiro, o ex-TUF Renee Forte. Na carreira, são 12 vitórias e apenas duas derrotas.
CHRIS CARIASO (EUA) vs. DANNY MARTINEZ (RUS) - mosca
Getty
Chris Cariaso (EUA) vs. Danny Martinez (EUA) - pesos mosca
Chris Cariaso (EUA) vs. Danny Martinez (EUA) - pesos mosca
RESULTADO OFICIAL: Chris Cariaso (EUA) venceu Danny Martines (EUA) na decisão dos jurados (29-28, 29-28 e 29-28)
3º round
Trocação franca no terceiro round. Martinez volta a tentar a queda. Cariaso se livre, mas arrisca um chute alto e acaba derrubado. Ele consegue se levantar, e Martinez trava na grade para tentar outra queda. Cariaso se desvencilha. A luta termina em uma trocação em pé sem muita contundência.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Cariaso; 29 a 28 Martinez                                                           
2º round
Segundo round começa mais aberto, com troca de golpes. Martinez abaixa a cabeça e é mais agressivo, mas não acha o rival. Agora Martinez vai para a tentativa de queda, que é bem defendida. Cariaso se desvencilha e tenta levar a luta para o centro do octógono. Martinez vai de novo para as pernas do adversário e dessa vez consegue a queda. Cariaso mantém a calma e se levanta. Martinez amarra o confronto até o fim
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Martinez                                                                              
1º round
Martinez começa indo para cima com tudo rodando os braços e tenta a queda, mas Cariaso se defende com as costas na grade. Cariaso solta a perna e acerta três bons chutes. Martinez tenta de novo a queda, mas não consegue. Os dois se desvencilham, e Martinez vai de novo para a tentativa de queda. Depois de muito custo, ele finalmente consegue. Cariaso se levante, mas é pego nos ombros e vai para o chão de novo.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Martinez                                                                             
PRÉ-LUTA CHRIS CARIASO
Considerado um dos melhores da categoria, Cariaso tenta enfim embalar no UFC após uma vitória em Barueri sobre Iliarde Santos. No cartel, são 15 vitórias e 5 derrotas.
PRÉ-LUTA DANNY MARTINEZ
Outro estreante da noite. Danny Martinez chega credenciado com quatro vitórias seguidas e um cartel de 16 triunfos e apenas quatro derrotas

Torcedor do Atlético-PR chega empolgado ao UFC 169: 'Aldo vai arrancar a perna do Lamas'; veja
NICK CATONE (EUA) vs. TOM WATSON (ING) - médios
Getty
Nick Catone (EUA) vs. Tom Watson (ING) - pesos médio
Nick Catone (EUA) vs. Tom Watson (ING) - pesos médio
RESULTADO OFICIAL: Nick Catone (EUA) venceu Tom Watson (ING) na decisão dividida dos jurados (29-28, 28-29 e 29-28)
3º round
Mais uma vez a torca de golpes é franca. Catone alega um golpe no olho, mas o juiz manda seguir. Watson tenta partir para cima. Ele vai para cima, enquadra o rival na grade e tenta desferir golpes. Catone parece mais cansado, mas consegue uma nova queda. Watson se levanta rapidamente. Catone mais uma vez consegue a queda e pega as costas do adversário. Ele se segura na posição até o fim para garantir a vitória.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Watson; 29 a 28 Catone                                                           
2º round
Os dois trocam golpes novamente. Ninguém consegue passar pela guarda. Catone, de novo, consegue a queda. Watson se levanta novamente, mas Catone vai para as pernas de novo e leva a luta ao chão. Os dois ficam presos perto da grade. A luta mais fraca da noite até agora.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Catone                                                                               
1º round
Luta começa bastante estudada, com 30 segundos sem nenhum golpe tentado. Catone é quem se arrisca primeiro, com um chute baixo. Os dois trocam golpes, mas sem muita contundência. Catone se esquiva de um chute e consegue a queda com sucesso, garantindo a vitória no round.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Catone                                                                         
PRÉ-LUTA NICK CATONE
Outro que corre risco de demissão depois de duas derrotas seguidas no UFC. Ele chega com um cartel de 9 triunfos e 4 derrotas.
PRÉ-LUTA TOM WATSON
Watson tem algo a provar na noite desta sábado. Ele perdeu duas das três vezes que entrou no octógono - a última delas para o brasileiro Thales Leites. Uma nova derrota pode até significar o adeus. Ele tem um cartel de 16 triunfos e 6 derrotas

AL IAQUINTA (EUA) vs. KEVIN LEE (EUA) - leves
Getty
Al Iaquinta (EUA) vs. Kevin Lee (EUA) - pesos leve
Al Iaquinta (EUA) vs. Kevin Lee (EUA) - pesos leve
RESULTADO OFICIAL: Al Iaquinta (EUA) venceu Kevin Lee (EUA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 28-27)
3º round
Iaquinta acerta um bom direto logo nos primeiros segundo. Ele parte para cima na caça ao rival. Iaquinta tenta a queda, mas não consegue e quase fica por baixo. Lee tenta um chute alto e se desequilibra, mas levanta rapidamente. Lee tenta a queda, mas sem sucesso. O ritmo da luta cai bastante. Lee acerta alguns bons jabs. O ritmo acelera um pouco no fim, mas a luta acaba.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Iaquinta; 29 a 28 Iaquinta                                                             
2º round
Kevin Lee começa o segundo round com tudo, consegue a queda, pega as costas do adversário e encaixa o mata-leão. Iaquinta aguenta como pode e consegue sair. Lee segue nas costas do rival. Ele tenta algumas cotoveladas e busca espaço para o estrangulamento, mas não consegue nada. O round acaba com os dois na mesma posição que passaram quase todo o assalto.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Lee                                                                                   
1º round
Iaquinta começa com tudo, acerta um ótimo golpe e derruba o rival. Lee tenta se levantar, mas toma mais um novo soco. Kevin Lee aguenta como pode à ótima sequência de golpes, e a luta se acalma um pouco. Iaquinta vai para a perna tentar a queda e tenta encaixar uma chave de calcanhar. Lee segura a mão do rival para se defender, consegue sair da posição e se levanta.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Iaquinta                                                                             
PRÉ-LUTA AL IAQUINTA
Iaquinta chega com um cartel de sete triunfos, duas derrotas e um revés
PRÉ-LUTA KEVIN LEE
Outro estreante que chega ao UFC com see vitórias em sete lutas

CLINT HESTER (EUA) vs. ANDY ENZ (EUA) - médios
Getty
Clint Hester (EUA) vs. Andy Enz (EUA) - pesos médio
Clint Hester (EUA) vs. Andy Enz (EUA) - pesos médio
RESULTADO OFICIAL: Clint Hester (EUA) venceu Andy Enz (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 30-26)
3º round
O terceiro round começa com boa troca de golpes. Hester acerta uma boa sequência de direita e esquerda. Hester acerta mais um bom golpe, mas Enz aguenta como se nada estivesse acontecendo. O combate fica mais lento. Hester ainda acerta mais alguns bons golpes no final da luta.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Hester; 30 a 27 Hester                                                               
2º round
Segundo round começa um pouco mais devagar. Hester consegue cinturar e aplica uma bela queda. Enz se levanta rapidamente, mas toma um bom golpe na hora de ficar de pé. Depois de um tempo de trocação, Hester consegue mais uma queda. Enz se levanta novamente, mas de novo toma um forte chute e mais um soco na sequência. O round acaba sem mais nada acontecer.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Hester                                                                             
1º round
A luta começa bastante estudada. Hester consegue bom chute na linha de cintura. Hester mantém ataque e acerta um cruzado que derruba o adversário. Ele parte para cima no ground and pound e castiga bastante o rival, mas Enz aguenta incrivelmente e se levanta. Enz responde com um bom golpe. Os dois trocam em pé até o fim do round.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Hester                                                                            
PRÉ-LUTA Clint HESTER
Outro ex-participante do TUF - esteve na edição 17. Hester chega com uma boa sequência de duas vitórias em duas lutas no UFC. Na carreira, são 9 triunfos e 3 derrotas
PRÉ-LUTA AND ENZ
Mais um estreante na noite deste sábado. Enz chega ao UFC com um cartel perfeito de sete vitórias em sete lutas. Enz foi um dos participantes do último reality show dos EUA, mas perdeu para Uriah Hall

TONY MARTIN (EUA) vs. RASHID MAGOMEDOV (RUS) - leves
Getty
Tony Martin (EUA) vs. Rashid Magomedov (RUS) - pesos leve
Tony Martin (EUA) vs. Rashid Magomedov (RUS) - pesos leve
RESULTADO OFICIAL: Rashid Magomedov (RUS) venceu Tony Martin (EUA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-28)
3º round
Magomedov consegue um bom soco de contragolpe no começo do terceiro round. Martin vai para a tentativa de queda, mas o russo faz de tudo para ficar de pé. No impulso para derrubar, Martin deixa o pescoço livre, e o russo encaixa um belo estrangulamento. Martin vai para o chão e aguenta como pode até se livrar. Magomedov aproveita o momento e castiga o rival. Martin se levanta, mas toma um chute e um direto no rosto. O norte-americano aguenta e põe o rival com as costas na grade. O árbitro separa os lutadores. Martin rapidamente vai para a tentativa de queda. O juiz para a luta de novo para o médico ver os ferimentos no rosto do norte-americano. Magomedov castiga com um chute baixo e outro na linha de cintura. Martin agarra o adversário e sobrevive até o fim.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Magomedov; 29 a 28 Magomedov                                                              
2º round
Martin encurta a distância de novo e coloca a luta contra a grade. O norte-americano tenta uma queda de sacrífico e acaba ficando por baixo. Magomedov desfere cotoveladas. Martin consegue se livrar, mas ainda toma um chute na hora de levantar. O norte-americano parece mais cansado no octógono. Os dois trocam alguns golpes, mas sem nenhuma contundência.
OPINIÃO ESPN     10 a 9 Magomedov                                                                              
1º round
Luta começa bastante estudada. Martin encurta a distância e consegue a queda. Ele fica por cima, mas quase deixa o pescoço livre para uma guilhotina. Martin parte para o braço do adversário e tenta a Kimura. Magomedov se defende como pode e faz o giro, mas Martin acompanha o movimento e não solta o braço. O norte-americano faz a transição para a chave de braço, mas o russo aguenta a dor e consegue girar de novo e finalmente sair da posição. Os dois ficam de pé, e a luta chega ao fim do round
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Martin                                                                                


NEIL MAGNY (EUA) vs. GASAN UMALATOV (RUS) - meio-médios
Getty
Neil Magny (EUA) vs. Gasan Umalatov (RUS) - pesos meio-médio
Neil Magny (EUA) vs. Gasan Umalatov (RUS) - pesos meio-médio

RESULTADO OFICIAL: Neil Magny (EUA) venceu Gasan Umalatov (RUS) na decisão unânime (29-28, 30-27 e 30-27)
3º round
Umalatov começa tentando um lindo chute rodado que quase acerta o rival em cheio. Em desvantagem, o russo parte para cima e encaixa boa sequência de golpes. Umalatov vai para o tudo ou nada, mas não acha o golpe decisivo para acabar com a luta. Umalatov leva a luta para o chão, e Magny tenta agarrar para passar o tempo, mas vacila e deixa o rival se levantar.
OPINIÃO ESPN   10 a 9 Umalatov                                                                              

2º round
Umalatov começa com um bom soco de contragolpe. Magny fica melhor na trocação, mas com golpes sem muita contundência. Umalatov consegue prender o adversário na grade e consegue boa sequência. Magny tenta a queda. O russo se defende. Magny segue melhor e consegue derrubar de novo. No fim, o norte-americano chega a pegar as costas e ‘espalhar o frango', mas o gongo salva o russo.
OPINIÃO ESPN  10 a 9 Magny                                                                              
1º round
Magny começa mais agressivo, com alguns chutes baixos e alguns jabs. Umalatov responde com outro chute baixo. Magny defende um chute do russo e responde com uma ótima sequência de golpes. Umalatov consegue a cinturada e derruba o adversário. Magny se livra bem e consegue levantar. Agora é o norte-americano quem tenta levar a luta para chão, mas sem sucesso. A luta fica em pé com troca de golpes sem efetividade. O russo defende um chute e tenta derrubar, mas também não consegue. Magny consegue a queda, mas o adversário se levanta. Magny insiste e consegue derrubar de novo, desta vez agarrando as costas. O round termina.
OPINIÃO ESPN 10 a 9 Magny                                                                              
PRÉ-LUTA gasan umalatov
Um estreante na noite deste sábado e mais um russo que chega ao UFC. Umalatov vem credenciado por uma carreira de 14 vitórias, duas derrotas e um empate
PRÉ-LUTA neil magny
Neil Magny vai entrar em ação nesta noite mais do que pressionado. Em três lutas no UFC, ele venceu apenas uma - a primeira. Uma nova derrota pode acabar com a passagem dele pelo Ultimate. Na carreira, são 8 triunfos e 3 derrotas para Magny