Tempo Real

Contraprova de doping dá positivo, Carlos Alberto é suspenso preventivamente e garante luta até o fim para provar inocência

ESPN.com.br
Divulgação/Vasco
O meia Carlos Alberto treinou nesta terça-feira
Carlos Alberto garantiu luta para provar inocência
Ausente no treinametno do Vasco na manhã desta quinta-feira, o meia Carlos Alberto foi até o Ladetec, laboratório responsável pelo controle antidoping do Campeonato Carioca, para acompanhar a contraprova de seu exame realizado no clássico contra o Fluminense, na semifinal da Taça Guanabara. O resultado foi divulgado no início da noite desta quinta-feira e deu positivo. Com isso, o meia vascaíno está preventivamente suspenso por 30 dias. Caso seja condenado posteriormente, a pena pode chegar a dois anos de suspensão, mas o jogador garantiu que vai batalhar até o fim para provar sua inocência diante dos fatos apresentados. 

"Vou esgotar todas as instâncias para que esse caso seja totalmente esclarecido. Tenho a consciência tranquila de que não fiz nada de errado", afirmou o jogador, via assessoria de imprensa. 

Durante o exame desta manhã, o objetivo é detectar se a contraprova também contém as substâncias indicadas no primeiro exame. Na primeira amostragem foram detectadas hidroclorotiazida (diurético que combate a hipertensão arterial) e carboxi-tamoxifeno (encontrada em remédios para prevenir câncer de mama) na urina do jogador. Ambas são consideradas substâncias dopantes porque pode mascarar a utilização de anabolizantes. 

Carlos Alberto realizava um tratamento ortomolecular de forma individual, mas com o consentimento dos médicos vascaínos, que demonstram apoio. O meia demonstrou preocupação com o ocorrido e lembrou que sempre pediu orientações ao departamento médico do clube antes de utilizar alguma nova medicação. 

"Lamento tudo isso que está acontecendo nesse momento da minha carreira. Sou muito cuidadoso e tudo que ingeri sempre foi do conhecimento e autorizado pelos médicos do clube. Em alguns momentos, por exemplo, cheguei a consultar os médicos de madrugada para me informar sobre um simples remédio para gripe", disse Carlos Alberto. 

O jogador agora vai preparar sua defesa com sua advogada, Luciana Lopes, para o julgamento, ainda sem data definida.  


Publicidade

Siga aESPNnas redes sociais