08/03/2013
09h43

Atletismo

Federação de atletismo encontra mais seis casos de doping em Mundial de 2005

Por ESPN.com.br com Agência EFE
Getty
Federação de Atletismo descobre mais seis casos de doping
Federação de Atletismo descobre mais seis casos de doping
A Federação Internacional de Atletismo (IAAF) anunciou, nesta sexta-feira, que encontrou mais seis ‘resultados adversos’ após realizar mais uma análise de mostras de atletas que disputaram o Mundial de Helsinque, na Finlândia, em 2005. Os exames que constatam os dopings foram dos bielorrusos Andrei Mikhnevich (arremesso de peso), Ivan Tsikhan (lançador de martelo), Vadim Devyatovskiy (lançador de martelo) e Nadzeya Ostapchuk (arremesso de peso), além das russas Tatyana Kotova (salto em distância) e Olga Kuzenkova (lançamento de martelo).

Constatadas as irregularidades no exame, a Federação agora abrirá um procedimento disciplinar contra os atletas, que serão investigados e poderão ser punidos pelo uso das substâncias proibidas.

A entidade máxima do atletismo mundial decidiu reavaliar mostras de atletas cultivadas desde 2005 e aplicar testes mais rígidos de controle como parte da nova política antidoping adotada recentemente.

“A mensagem que a IAAF quer passar é que as infrações estão cada vez mais claras com os testes mais avançados e que não há mais lugar para se esconder. Essa reanálise é só o exemplo mais recente da vontade da IAAF em descobrir todos os dopings do nosso esporte”, assegurou o presidente da entidade, Lamine Diack.

O senegalês ainda reforçou que a Federação continuará fazendo tudo que estiver a seu alcance para garantir a credibilidade da competição. Além dos atletas anunciados nesta sexta, a entidade já havia descoberto outros dois casos de doping também do Mundial de Helsinque: Vladislav Piskunov, ucraniano, 12º lugar no lançamento de martelo, e a indiana Neelam Jaswant Singh, 9ª colocação no arremesso de disco já haviam sido eliminados.
Avalie essa notícia
  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5