30/12/2012
09h00

Lutas

Derrota de Cigano, banho de sangue e lutas 'amarradas'; leia tudo sobre o UFC 155

Por ESPN.com.br
O UFC 155 na noite desse sábado, em Las Vegas, nos Estados Unidos, foi marcado pela revanche entre Junior Cigano e Cain Velasquez, que massacrou o brasileiro, venceu por pontos e retomou o cinturão dos pesos pesados. 

Abaixo, você lê um resumo de todas as lutas, tanto do card principal como do prelimiar.

Getty
Cigano ao fim da luta com Velasquez: derrota, tristeza, perda do cinturão e susto
Cigano ao fim da luta com Velasquez: derrota, tristeza, perda do cinturão e susto 
CARD PRINCIPAL

Peso pesado - Junior Cigano dos Santos (BRA) x Cain Velasquez (EUA)

** PRIMEIRO ROUND

Cain Velasquez começou o round disposto a derrubar Junior Cigano. Andando sempre para frente, o norte-americano buscou por repetidas vezes um takedown que levasse o brasileiro ao chão. Mas foi com uma bela direita, a 1min30s, que Velasquez conseguiu ser contundente. Cigano foi ao chão e passou a ser atingido repetidas vezes – o árbitro Herb Dean chegou perto e até ameaçou interromper a luta, mas ao combate seguiu.

O massacre de Velasquez continuou durante todo o minuto final do primeiro round. Cigano limitou-se a defender, deixando o tempo passar para sobreviver até o fim do assalto, que terminou com ampla vantagem do desafiante.

Placar ESPN:
Velasquez 10 x 8 Cigano

** SEGUNDO ROUND


O domínio de Velasquez continuou no segundo round, embora a intensidade fosse menor. O norte-americano conseguiu por repetidas vezes derrubar o brasileiro, que não mostrava qualquer reação. O boxe, grande característica de ataque do campeão, pouco servia. Velasquez fazia o que queria com a luta, impondo a Cigano condições inéditas para ele no UFC: o brasileiro ficou sob pressão, foi golpeado de cima para baixo e quase acabou finalizado em uma chave de braço.

Placar ESPN: Velasquez 10 x 8 Cigano

** TERCEIRO ROUND

O terceiro round teve, mais uma vez, domínio do desafiante. Cigano, já cansado, não conseguia atingir o adversário. Desta vez, contudo, Velasquez já não conseguia ter a mesma postura de massacrar o brasileiro, pois também demonstrou sinais de cansaço. Com a vantagem nos pontos, o norte-americano passou a travar a luta, esperando o tempo passar e desgastando ainda mais o brasileiro.

Placar ESPN: Velasquez 10 x 9 Cigano

** QUARTO ROUND

A reação que poderia recolocar Cigano na luta, no quarto round, não aconteceu. O brasileiro ficava com a guarda baixa, em nenhum momento tentava bloquear os golpes de Velasquez e continuava sendo presa fácil para o norte-americano. Em uma das sequências do desafiante, o brasileiro chegou a dar as costas, fugindo do combate. Mais um round de Velasquez, e Cigano passou a precisar de um milagre no último round.

Placar ESPN: Velasquez 10 x 9 Cigano

** QUINTO ROUND


O milagre de que Cigano precisava não aconteceu. Velasquez conseguiu administrar bem o último round e não teve problemas para levar os cinco minutos finais com tranquilidade, vencendo mais um round e recuperando o cinturão dos pesos pesados do UFC.

RESULTADO OFICIAL: Cain Velasquez venceu Junior Cigano dos Santos por decisão unânime, com 50-45, 50-44 e 50-43

___________________________________________________________________________________

Peso leve - Jim Miller (EUA) x Joe Lauzon (EUA)

** PRIMEIRO ROUND

Jim Miller começou a luta extremamente agressivo e andando para frente, atingindo Lauzon com socos, chutes baixos e joelhadas. Na metade do round, Miller acertou o supercílio de Lauzon, forçando uma interrupção médica. A luta continuou, com Miller ainda melhor. Em meio ao banho de sangue, Lauzon tentava se defender, enquanto a torcida vibrava com a grande atuação dos dois lutadores. Miller foi melhor e venceu o primeiro assalto.

Placar ESPN: Miller 10 x 9 Lauzon

** SEGUNDO ROUND

No segundo round, a luta finalmente foi para o chão, com Miller em vantagem inicialmente. O sangue no rosto de Lauzon complicava as ações do lutador, que conseguia atacar pouco. Depois de várias tentativas, Lauzon conseguiu uma raspagem e ficou na guarda de Miller. Em posição dominante, Lauzon tentou uma finalização por chave de calcanhar, mas Miller escapou, garantindo a continuidade na luta e a superioridade no round.

Placar ESPN:
Miller 10 x 9 Lauzon

** TERCEIRO ROUND

No último round, Miller e Lauzon mostraram-se desgastados, exaustos após o esforço extremo. O combate estava equilibrado, até que Lauzon tentou uma tesoura voadora, buscando uma chave de calcanhar que colocou Miller em apuros – mas o gongo tocou, encerrando o combate mais emocionante da noite.

Placar ESPN: Lauzon 10 x 9 Miller

RESULTADO OFICIAL: Jim Miller venceu Joe Lauzon por decisão unânime, com 29-28, 29-28, 29-28

____________________________________________________________________________________

Peso médio - Tim Boetsch (EUA) x Costa Philippou (CHP)

** PRIMEIRO ROUND

O primeiro round foi amarrado e sem muita ação, causando vaias do público. No início, Philippou tentou trocar golpes de pé, mas Boetsch logo segurou no rival contra a grade. O norte-americano ficou em vantagem nas posições de luta agarrada e ainda acertou um chute no rosto do adversário, a 5s do fim, quando a luta finalmente se desenvolveu com ambos de pé.

Placar ESPN:
Boetsch 10 x 9 Philippou

** SEGUNDO ROUND

Logo no início do segundo round, Philippou atingiu a cabeça de Boestch com um golpe, causando um corte no adversário. O combate ficou animado, e chegou a ser interrompido quando o norte-americano levou uma dedada involuntária no olho. Nos minutos finais, Boestch cometeu uma falha e puxou o cipriota para a guarda – Philippou aproveitou-se da posição para castigar o adversário no ground and pound.

Placar ESPN: Philippou 10 x 9 Boetsch

** TERCEIRO ROUND


O sangramento nos olhos de Boetsch piorou muito no terceiro round, e o norte-americano se perdeu no combate. Sem conseguir enxergar bem, ele foi presa fácil para Philippou. Depois de uma sequência de golpes no ground and pound, a luta foi interrompida, dando a vitória por nocaute técnico ao cipriota.

RESULTADO OFICIAL: Costa Philippou
venceu Tim Boescth por nocaute técnico a 2min11s do terceiro round.

_________________________________________________________________________________

Peso médio - Alan Belcher (EUA) x Yushin Okami (JAP)

** PRIMEIRO ROUND

Belcher começou melhor na luta de pé, usando chutes nas pernas e na cabeça do rival para manter a distância. Com 1min30s, Okami conseguiu um clinch para tentar derrubar o adversário. Depois de várias tentativas, o japonês ficou em posição dominante, colocando Belcher de costas para o chão e preso na grade do octógono, garantindo a vitória no primeiro round. O público vaiou os dois lutadores após o gongo.

Placar ESPN:
Okami 10 x 9 Belcher

**SEGUNDO ROUND

O segundo round começou com Okami novamente encurtando a distância para tentar derrubar Belcher. O japonês conseguiu, mas caiu por baixo do adversário; logo depois, conseguiu reverter a posição e ficou por cima. Depois de quase dois minutos, o árbitro até ordenou que a luta recomeçasse com ambos de pé, mas Okami conseguiu se impor e derrubar o adversário mais uma vez. O árbitro ordenou mais uma vez o reinício do combate de pé; o público vaiou muito no fim do round, novamente dominado por Okami.

Placar ESPN: Okami 10 x 9 Belcher

** TERCEIRO ROUND

No terceiro round, Belcher conseguiu pela primeira vez ter ações mais efetivas. O norte-americano chegou a cair montado sobre Okami e teve a chance de tentar uma finalização quando pegou as costas do adversário. Mas o japonês conseguiu reverter a posição e passou a dominar a luta mais uma vez – atacou no ground and pound e tentou finalizações, até que o gongo encerrou o combate. E a plateia vaiou mais uma vez.

Placar ESPN: Okami 10 x 9 Belcher

RESULTADO OFICIAL: Yushin Okami
venceu Alan Belcher por decisão unânime, com 30-27, 30-27 e 29-28.
___________________________________________________________________________________

Getty
Brunson atinge Leben: luta foi marcada por falta de 'gás' no fim
Brunson atinge Leben: luta foi marcada por falta de 'gás' no fim

Peso médio - Chris Leben (EUA) x Derek Brunson (EUA)


** PRIMEIRO ROUND

Logo no início do round, Brunson derrubou Leben e já caiu na guarda do adversário. Por cima, Brunson tentou passar a guarda e chegou à posição de controle lateral, tentando um katagatame – Leben conseguiu escapar. No último minuto, Brunson colocou Leben sentado contra a grade, desferindo golpes e mantendo-se sempre bem posicionado para vencer o round.

Placar ESPN:
Brunson 10 x 9 Leben

** SEGUNDO ROUND

Logo no início do round, Brunson derrubou Leben e já caiu na guarda do adversário. Por cima, Brunson tentou passar a guarda e chegou à posição de controle lateral, tentando um katagatame – Leben conseguiu escapar. No último minuto, Brunson colocou Leben sentado contra a grade, desferindo golpes e mantendo-se sempre bem posicionado para vencer o round.

Placar ESPN:
Brunson 10 x 9 Leben

** TERCEIRO ROUND

O último round, com os dois lutadores muito cansados, foi disparado o pior da luta. Leben não teve gás para buscar a vitória, e Brunson tampouco mostrava condições de lutar em alto nível logo nos minutos finais. O público terminou o combate vaiando os dois lutadores.

Placar ESPN: Leben 10 x 9 Brunson

RESULTADO OFICIAL: Derek Brunson venceu Chris Leben por decisão unânime, com 29-28, 29-28 e 29-28

******************************************************************************

CARD PRELIMINAR

Getty
Wineland controlou a luta contra Pickett e venceu na decisão dos juízes
Wineland controlou a luta contra Pickett e venceu na decisão dos juízes

Peso galo - Eddie Wineland (EUA) x Brad Pickett (ING)


** PRIMEIRO ROUND

O round desenvolveu-se praticamente inteiro com intensidade e muitos golpes com os dois lutadores de pé. Wineland teve amplo domínio, conseguindo se adaptar mais rapidamente ao tempo de golpe e à distância de Pickett. Por três vezes, Wineland conseguiu fazer o rival dobrar os joelhos, mas o inglês resistiu e chegou inteiro ao fim do assalto.

Placar ESPN:
Wineland 10 x 9 Pickett

** SEGUNDO ROUND

O segundo round teve bem menos contato que o primeiro, o que arrancou vaias da plateia no MGM Grand, em Las Vegas. Wineland soube administrar bem a vantagem na luta e venceu mais uma vez o round, apesar de ter sofrido um corte no supercílio direito.

Placar ESPN:
Wineland 10 x 9 Pickett

** TERCEIRO ROUND

Em desvantagem, Pickett passou a dar chutes nas pernas de Wineland, tentando minar a movimentação do adversário. Nos minutos finais, o inglês até conseguiu crescer no combate, mas Wineland defendeu-se bem, apenas administrando a vantagem construída nos primeiros rounds para vencer a luta por pontos.

Placar ESPN: Pickett 10 x 9 Wineland

RESULTADO OFICIAL: Wineland
venceu Pickett por decisão dividida, com 30-27, 30-27 e 28-29
__________________________________________________________________________________

Getty
Perez venceu Bloodworth com uma sequência incrível de golpes
Perez venceu Bloodworth com uma sequência incrível de golpes

Peso galo - Erik Perez (MEX) x Byron Bloodworth (EUA)

** PRIMEIRO ROUND

Os dois lutadores começaram a luta de forma muito intensa. Perez, mais agressivo, conseguiu colocar o adversário contra a grade e, depois, levou a luta para o solo com uma joelhada, mantendo-se em posição dominante durante todo o tempo. Bloodworth tinha pouca ação e, depois de sofrer um corte na testa, recebeu uma série de golpes que culminou na interrupção da luta.

RESULTADO OFICIAL: Erik Perez
venceu Byron Bloodworth por nocaute técnico no primeiro round.
__________________________________________________________________________________

Peso leve  - Jamie Varner (EUA) x Melvin Guillard (EUA)

** PRIMEIRO ROUND

Varner começou a luta preferindo a luta de pé, que favorecia as características de Guillard. Apesar disso, ele conseguiu equilibrar as ações na trocação. O round bem equilibrado, e no fim Varner conseguiu levar o adversário ao chão e encaixar uma guilhotina. Guillard foi salvo pelo gongo.

Placar ESPN:
Varner 10 x 9 Guillard

** SEGUNDO ROUND

Empolgado pelo bom desempenho de solo no fim do primeiro round, Varner mudou a estratégia logo no início do segundo assalto, tentando levar o combate para o solo. Com duas boas derrubadas, ele conseguiu colocar-se em vantagem. De volta à trocação, Varner acertou um chute na região genital de Guillard; a luta foi interrompida por um minuto, mas acabou retomada normalmente.

Placar ESPN: Varner 10 x 9 Guillard

** TERCEIRO ROUND


No terceiro round, Varner usou a trocação para encurtar a distância e conseguiu uma derrubada com double leg. Já no solo, ele tentou um guilhotina, mas Guillard escapou. Após mais um minuto de trocação, Varner colocou Guillard novamente no chão, tentando trabalhar ataques no ground and pound.

Nos minutos finais, já no desespero, Guillard até tentou movimentos pouco usuais para seu estilo, como encaixar uma chave de braço e até uma guilhotina. Nos instantes finais, os dois protagonizaram uma interessante mudança de nuances do combate. No fim, ambos se abraçaram após o gongo, comemorando uma luta muito intensa e disputada.

Placar ESPN:
Varner 10 x 9 Guillard

RESULTADO OFICIAL: Jamie Varner
venceu Melvin Guillard por decisão dividida (30-27, 30-27, 27-30)
_____________________________________________________________________________

Getty
Myles Jury dominou a luta contra Michael Johnson no chão
Myles Jury dominou a luta contra Michael Johnson no chão

Peso leve - Myles Jury (EUA) x Michael Johnson (EUA)


** PRIMEIRO ROUND

Myles Jury começou a luta apostando em chutes baixos, enquanto Johnson tentava desenvolver o boxe. Na metade do round, Jury derrubou o adversário e conseguiu ficar sobre suas costas, desferindo sequências de golpes no ground and pound. O amplo domínio de Jury no round ficou ainda mais evidente nos segundos finais, quando ele tentou encaixar um estrangulamento; Johnson foi salvo pelo gongo.

Placar ESPN:
Myles Jury 10 x 9 Michael Johnson

** SEGUNDO ROUND


Depois de um início com trocação equilibrada de pé, Jury colocou Johsnon mais uma vez para baixo, ficando na guarda do adversário. Com amplo domínio das posições no solo, Jury apenas administrou o combate, descansando para o último round.

Placar ESPN:
Myles Jury 10 x 9 Michael Johnson

*** TERCEIRO ROUND

Taticamente perfeito, Jury não se arriscou na trocação no terceiro round. E, novamente, conseguiu se manter em posição dominante quando o combate foi para o solo. O combate ficou por lá até o fim, com amplo domínio de Jury no ground and pound.

Placar ESPN:
Myles Jury 10 x 8 Michael Johnson

RESULTADO OFICIALL: Myles Jury
 venceu Michael Johnson por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-17)

_______________________________________________________________________________

Getty
Duffee nocauteou o inglês Phil de Fries no primeiro round
Duffee nocauteou o inglês Phil de Fries no primeiro round

Peso pesado - Todd Dufee (EUA) x Phil de Fries (ING)

** PRIMEIRO ROUND


Dufee partiu para cima logo no início e conseguiu pegar De Fries no clinch, conseguindo boas joelhadas. Mas o inglês conseguiu se recuperar colocando o adversário no chão e encaixando uma sequência que abriu um corte no rosto de Dufee. O americano, contudo, voltou a ficar de pé e encaixou uma série de socos que levou o adversário a nocaute.

RESULTADO OFICIAL: Todd Dufee
venceu Phil de Fries por nocaute técnico a 2min04s no primeiro round.

________________________________________________________________________________

Getty
Garcia atingiu Holloway com bons golpes, mas perdeu na decisão
Garcia atingiu Holloway com bons golpes, mas perdeu na decisão

Peso pena - Leonard Garcia (EUA) x Max Holloway (EUA)

** PRIMEIRO ROUND

O primeiro round começou favorável para Holloway, que conseguia se impor e esquivar-se bem dos golpes do adversário. A partir da metade do round, contudo, Garcia conseguiu equilibrar as ações. Mesmo de um jeito estabanado, Garcia encaixou bons ataques – entretanto, Holloway foi mais técnico no round e se defendeu melhor.

Placar ESPN:
Holloway 10 x 9 Garcia

** SEGUNDO ROUND

Holloway começou o segundo round lutando bem e com boas sequências de pé. Com 2min de round, Garcia conseguiu derrubar o adversário, mas não deu sequência à luta no chão. Novamente de pé, Holloway voltou a equilibrar o combate, com golpes mais certeiros. Garcia, novamente de forma estabanada, também atingiu o rival, em novo round equilibrado.

Placar ESPN: Holloway 10 x 9 Garcia

** TERCEIRO ROUND


Atrás na pontuação dos juízes, Garcia partiu para cima desde o início do terceiro round. Os dois lutadores trocaram golpes durante 2min30s, ambos demonstrando muito cansaço – novamente, Garcia mostrava coração, e Holloway era mais técnico. Garcia chegou a derrubar o adversário, que tentou finalizá-lo com uma chave de braço, sem sucesso.

Diante dos esforços de Garcia, o público passou a dar amplo apoio a ele. Nos instantes finais, animado, Garcia ainda acertou mais golpes no adversário. Ao final do combate, ele comemorou como se tivesse vencido.

Placar ESPN:
Garcia 10 x 9 Holloway

RESULTADO OFICIAL: Max Holloway venceu Leonard Garcia por decisão dividida, com 29-28, 29-28 e 28-29

__________________________________________________________________________________

Getty
Moraga conseguiu finalizar Cariaso na primeira luta da noite
Moraga conseguiu finalizar Cariaso na primeira luta da noite

Peso mosca - Chris Cariaso (EUA) x John Moraga (EUA)


** PRIMEIRO ROUND

Cariasso começou melhor, tentando chutes na cabeça do adversário. No segundo minuto da luta, contudo, Moraga conseguiu derrubar o adversário, no golpe mais contundente até então. O combate seguiu equilibrado até o fim do round, com leve superioridade de Cariaso.

Placar ESPN: Cariaso 10 x 9 Moraga

** SEGUNDO ROUND

O segundo round começou mais movimentado. Confiante, Moraga conseguiu encurtar a distância e passou a ter uma postura mais agressiva. A 1min30s do fim, Moraga levou o adversário ao chão, mas não conseguiu desenvolver o ground and pound. Nos segundos finais, Cariaso ficou sobre Moraga no chão, mas também não foi efetivo.

Placar ESPN: Moraga 10 x 9 Cariaso

** TERCEIRO ROUND

Moraga começou melhor e, ainda no primeiro minuto, conseguiu prender o pescoço de Cariaso em uma guilhotina com ambos de pé. O golpe, bem encaixado, acabou com finalização de Moraga, que venceu a luta.

RESULTADO OFICIAL: John Moraga venceu
Chris Cariaso por finalização com guilhotina no terceiro round
Avalie essa notícia
  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5