23/11/2012
06h30

Campeonato Inglês

Rico e 'estrelado', Queens Park Rangers, do goleiro Julio César, se consolida como pior time das grandes ligas europeias

Por ESPN.com.br
Getty
Júlio César teve grande atuação, mas não evitou a derrota do QPR para o Arsenal
Cena comum na temporada: gol do time adversário
Um dono empolgado, milhões gastos em jogadores promissores e com boa experiência internacional, uma torcida fanática e a previsão de crescer no cenário do futebol inglês em pouco tempo. No papel, o projeto do Queens Park Rangers, clube da zona oeste de Londres, era simples e baseado no fato do dinheiro do milionário Tony Fernandes, proprietário do clube, permitir sonhos mais altos. No entanto, um ano e três meses depois da volta à primeira divisão, a equipe encara outra realidade: a de pior equipe das grandes ligas europeias.

Passadas doze rodadas do Campeonato Inglês, o QPR é o único clube que ainda não conquistou uma mísera vitória na competição. São quatro empates, oito derrotas e ‘lanterna’ isolada no certame – o Southampton, 19º colocado, tem oito pontos e duas vitórias até aqui. Nos números, o time ainda tem o pior ataque do torneio, ao lado do Norwich (9 gols), e a segunda pior defesa (23 tentos sofridos). 

As estatísticas corroboram a tese de pior equipe europeia. Na comparação com outros últimos colocados das outras grandes ligas – neste caso, Espanhol, Italiano, Francês e Alemão -, nenhum clube mostra dados tão ruins como o clube londrino ou estão a mais de dois pontos de distância dos vice-lanternas (veja lista abaixo)

A má campanha ainda repete o roteiro da última temporada – quando a equipe fugiu do rebaixamento na última rodada – e reflete o fracasso de um elenco montado para segurar a equipe, ao menos, no meio da tabela. Atrativos, além de dinheiro, não faltam ao clube, que tem um terreno pronto para levantar um CT, planos de construir um novo estádio e um dono disposto a transformar o clube em algo grande.
Getty
Júlio César deu azar e acabou marcando um gol contra
Júlio César: QPR convenceu goleiro a jogar no futebol inglês


Estes argumentos que fizeram o time convencer o goleiro brasileiro Julio César, ex-Inter de Milão, e o meia Esteban Granero, ex-Real Madrid, a aceitarem a transferência para liderar o novo elenco, recheado de caras conhecidas no futebol local.

São ‘boleiros’ experientes e com passagens pela seleção inglesa (casos do goleiro Robert Green, do lateral Luke Young, do zagueiro Anton Ferdinand, do meia-atacante Shaun Wright-Phillips e dos atacantes Bobby Zamora e Andy Johnson), atletas estrangeiros rodados e há tempos no futebol britânico (como o zagueiro Ryan Nelsen, o lateral Bosingwa, o meia Park e o atacante Cissé) e jogadores mais novos, mas com potencial (como o meia marroquino Adel Taarabt e o centroavante canadense David Hoillet). 

No banco de reservas, o treinador é Mark Hughes, contratado em janeiro de 2012. Ex-atacante revelado pelo Manchester United – e com boa passagem pelo clube entre 1988 e 1995 - , Hughes se notabilizou como técnico no futebol inglês por, com um orçamento limitado e um elenco mediano, fazer boas temporadas com o Blackburn Rovers entre 2004 e 2008. Ele, inclusive, classificou a equipe a uma edição da antiga Copa da Uefa (hoje Europa League). Ainda passou por Manchester City e Fulham, sem sucesso, antes de desembarcar em Londres. 

Ameaçado no cargo, Hughes jogará seu futuro justamente contra os Red Devils, de seu ex-mentor Alex Ferguson. Neste sábado, o Queens Park Rangers visita o United no Old Trafford (COM TRANSMISSÃO DA ESPN BRASIL, A PARTIR DAS 13H DESTE SÁBADO, 24/11) sonhando com a primeira vitória no Campeonato Inglês e também com o primeiro passo para colocar em prática o projeto de sucesso pensado para a agremiação.

Veja lista dos 'lanternas' das principais ligas europeias:

Inglês
Queens Park Rangers - 4PG, 12J, 0V, 4E, 8D, 9GP, 23GC, -14SG (11% dos pontos)

Francês
Nancy - 6PG, 13J, 1V, 3E, 9D, 8GP, 24GC, -16SG (15% dos pontos)

Alemão
Augsburg - 6PG, 12J, 1V, 3E, 8D, 8GP, 22GC, -14SG (16% dos pontos)

Italiano
Genoa - 9PG, 13J, 2V, 3E, 8D, 13GP, 22GC, -9SG (23% dos pontos)

Espanhol
Espanyol - 9PG, 12J, 2V, 3E, 7D, 13GP, 20GC, -13SG (25% dos pontos)
Avalie essa notícia
  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5