Gol regular do Barça, cartão amarelo de Ábila, e campo cheio de linhas; veja as polêmicas do final de semana

ESPN.com.br

Confira as análises de todas as polêmicas de arbitragem da primeira rodada dos estaduais, e da La Liga com o comentarista Salvio Spinola.

Real Bétis x Barcelona

Sálvio mostra que bola passou muito da linha em gol não validado do Barça

Vasco x Fluminense

Sálvio analisa posicionamento de árbitro adicional no Carioca

Campo do Almirante Barroso

Cheio de linhas, campo do Almirante Barroso confunde jogadores, e Sálvio esclarece: 'Permitido'

Villa Nova-MG x Cruzeiro

Ábila atingiu adversário no rosto, e Sálvio analisa se cartão amarelo ficou barato

Wilson Seneme, maior autoridade brasileira sobre arbitragem

Salvio Spinola, blogueiro do ESPN.com.br
Divulgação
Wilson Luiz Seneme durante reunião da comissão de arbitragem da Conmebol
Wilson Luiz Seneme durante reunião da comissão de arbitragem da Conmebol

Wilson Luiz Seneme, paulista nascido em São Carlos, atualmente é presidente da comissão de arbitragem da Conmebol, foi nomeado membro da comissão de arbitragem da FIFA e passa a ser a maior autoridade brasileira para assuntos do "apito".

A Fifa, em processo de reformulação, alterou a composição do comitê de arbitragem, não permitindo mais a participação de dirigentes políticos, ocupando os cargos somente por ex-profissionais. O presidente foi substituído: saiu o espanhol Angel Villar e entrou o italiano Pierluigi Collina.

Neste link, a nova relação nominal dos integrantes da comissão de arbitragem da Fifa.

Seneme foi jogador profissional com passagens pela categoria de base da seleção brasileira e foi árbitro com notável carreira internacional.

Cel. Marinho diz que CBF estuda gravar comunicação entre os árbitros durante partidas

Ele sempre adotou o seguinte lema: "O compromisso do árbitro é com o futebol, atuando de forma discreta e não sendo o protagonista do jogo".

Que Wilson Seneme consiga implantar esse lema nos novos desafios.

Administrar o jogo: Sálvio e Calçade explicam a 'Regra 18', que não está no manual de arbitragem

ESPN.com.br

Existem 17 regras no manual de arbitragem. Na prática, porém, há mais uma norma: no 'Regra 18' desta terça-feira, que foi ao ar durante o Bate Bola Na Veia, Sálvio Spinola e Paulo Calçade explicaram como os árbitros controlam o jogo, interferindo na aplicação de cartões, acréscimos e outras ações.

Administrar o jogo: Sálvio e Calçade explicam a 'Regra 18', que não está no manual de arbitragem

Cueva mal expulso, erro em pênalti para o Flu e briga entre botafoguenses; as polêmicas da última rodada

ESPN.com.br

Especialista em arbritagem dos canais ESPN, Sálvio Spinola participou do 'Bate Bola Na Veia' deste domingo para analisar e mostrar os lances mais polêmicos da última rodada do Campeonato Brasileiro. Confira abaixo os vídeos:

São Paulo x Santa Cruz

Sálvio: Árbitro erra ao não dar pênalti e ainda expulsa jogador do São Paulo por simulação

Fluminense x Internacional

Sálvio vê erro em pênalti para o Flu e explica lance polêmico reclamado pelo Inter

Grêmio x Botafogo

Jogador do Botafogo é expulso por brigar com companheiro

Chapecoense x Atlético-MG (W.O.)

Sálvio explica necessidade de quarteto de arbitragem na Arena Condá vazia

CBF erra ao colocar paulistas como quarto árbitros em jogos decisivos do Brasileiro

Sálvio Spinola
Gazeta Press
Paulista Leandro Bizzio Marinho será quarto árbitro em Santos x América-MG na Vila
Paulista Leandro Bizzio Marinho será quarto árbitro em Santos x América-MG na Vila

Um dos maiores problemas da arbitragem brasileira é a credibilidade.

Não estou colocando em dúvida a honestidade dos homens do apito e bandeiras. São pessoas honestas e trabalhadoras.

Não estou afirmando que a arbitragem brasileira não tem problemas técnicos, de formação e instrução. Estou falando do MAIOR problema atual.

Jogadores, técnicos, dirigentes, imprensa, torcedores, enfim, o mundo do futebol desconfia dos árbitros.

E a CBF não faz nenhum esforço para mudar isso, pelo contrário, prejudica.

O comando da CBF e da comissão de arbitragem é paulista.

O árbitro não é da CBF, seu patrão é o presidente da Federação que ele é filiado.

O que justifica escalar quarto árbitro neutro em todos os jogos da última rodada, com exceção nos jogos envolvendo os times paulistas?

O que justifica escalar quarto árbitro paulista no jogo do Santos, na Vila Belmiro?

O que justifica escalar quarto árbitro paulista no jogo do Flamengo, em Curitiba?

Santos e Flamengo disputam a segunda posição no campeonato.

O que justifica a escala de quarto árbitro local somente nos jogos das equipes paulistas: Ponte Preta, São Paulo e Santos?

A função do quarto árbitro teve mudança na regra: pode marcar pênalti, pode informar o árbitro central de incidentes disciplinares para expulsar jogadores, substitui o árbitro em caso de lesão, dentre outras.

Fica uma dúvida: foi erro ou má intenção? Por enquanto fico com a primeira opção.

E se realmente foi erro, é incompetência de quem escala.

Abaixo a escala dos árbitros da última rodada do Brasileirão:

- Chapecoense - SC X Atlético - MG 
Árbitro Rodrigo D Alonso Ferreira - SC (CBF-1)
Árbitro Assistente 1 Henrique Neu Ribeiro - SC (CBF-2)
Árbitro Assistente 2 Johnny Barros de Oliveira - SC (CBF-2)
Quarto Árbitro Evandro Tiago Bender - SC (CBF-2)

- Grêmio - RS X Botafogo - RJ
Árbitro Jailson Macedo Freitas - BA (ESP)
Árbitro Assistente 1 Alessandro A Rocha de Matos - BA (FIFA)
Árbitro Assistente 2 Jose Carlos Oliveira dos Santos - BA (CBF-1)
Quarto Árbitro Diego Pombo Lopez - BA (CBF-2)

- Fluminense - RJ X Internacional - RS
Árbitro
Heber Roberto Lopes - SC (FIFA)
Árbitro Assistente 1 Kleber Lucio Gil - SC (FIFA)
Árbitro Assistente 2 Carlos Berkenbrock - SC (MAST)
Quarto Árbitro Braulio da Silva Machado - SC (ASP-FIFA)

- Sport - PE X Figueirense - SC 
Árbitro
Wagner do Nascimento Magalhaes - RJ (ASP-FIFA)
Árbitro Assistente 1 Rodrigo F Henrique Correa - RJ (FIFA)
Árbitro Assistente 2 Dibert Pedrosa Moises - RJ (MAST)
Quarto Árbitro Joao Batista de Arruda - RJ (CBF-1)

- Santos - SP X América - MG
Árbitro Leandro Pedro Vuaden - RS (FIFA)
Árbitro Assistente 1 Rafael da Silva Alves - RS (ASP-FIFA)
Árbitro Assistente 2 Mauricio Coelho Silva Pena - RS (CBF-2)
Quarto Árbitro Leandro Bizzio Marinho - SP (CBF-1)

- Vitória - BA X Palmeiras - SP 
Árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva - PA (FIFA)
Árbitro Assistente 1 Marcio Gleidson Correia Dias - PA (ASP-FIFA)
Árbitro Assistente 2 Helcio Araujo Neves - PA (CBF-1)
Quarto Árbitro Emerson de Almeida Ferreira - MG (ASP-FIFA)

- Cruzeiro - MG X Corinthians - SP  
Árbitro Wagner Reway - MT (ASP-FIFA)
Árbitro Assistente 1 Fabio Rodrigo Rubinho - MT (ASP-FIFA)
Árbitro Assistente 2 Leandro dos Santos Ruberdo - MS (ASP-FIFA)
Quarto Árbitro Rafael Traci - PR (ASP-FIFA)

- Ponte Preta - SP X Coritiba - PR 
Árbitro Francisco de Paula dos Santos Silva Neto - RS (CBF-1)
Árbitro Assistente 1 Lucio Beiersdorf Flor - RS (CBF-1)
Árbitro Assistente 2 Alexandre A Pruinelli Kleiniche - RS (CBF-1)
Quarto Árbitro Katiucia da Mota Lima - SP (ASP-FIFA)

- Atlético - PR X Flamengo - RJ
Árbitro Elmo Alves Resende Cunha - GO (ESP)
Árbitro Assistente 1 Bruno Raphael Pires - GO (FIFA)
Árbitro Assistente 2 Cristhian Passos Sorence - GO (ESP)
Quarto Árbitro Antonio Rogerio Batista do Prado - SP (CBF-1)

- São Paulo - SP X Santa Cruz - PE
Árbitro Paulo H Schleich Vollkopf - MS (CBF-1)
Árbitro Assistente 1 Cicero Alessandro de Souza - MS (CBF-1)
Árbitro Assistente 2 Daiane Caroline Muniz dos Santos - MS (ASP-FIFA)
Quarto Árbitro Aurelio Santana Martins - SP (CBF-1)

mais postsLoading