Draft termina e muitos ainda estão sem emprego, mas astros dão a dica: o final depende de você

ESPN.com.br
Veja o que de mais importante aconteceu no 1° round do Draft da NFL

Foram 253 jovens atletas que ouviram seus nomes serem chamados nos três dias de Draft da NFL, sendo o último deles Chad Kelly, QB de Ole Miss escolhido pelo Denver Broncos.

No entanto, muitos jogadores saídos das universidades ainda estão na "lista do desemprego", buscando provar que têm valor para figurarem nos elencos das 32 franquias da liga. 

Se lhes faltava motivação, dois grandes astros que já deixaram registrados seus nomes na história da NFL trataram de deixar um recado bem claro: o final da história depende de cada um deles.

Kurt Warner, eleito para o Hall da Fama do Futebol Americano no último ano, deu um exemplo pessoal, já que foi ignorado no recrutamento de 1994.

"Jovem garoto que não teve seu nome anunciado, eu não tive também, mas ele será chamado em Canton neste outono... Não é o começo que você quer, mas o final depende de você!", escreveu em sua conta no Twitter, fazendo referência à cidade onde o Hall da Fama fica, em Ohio.

Outro astro que não teve o começo de carreira dos sonhos é o quarterback Tom Brady, que acabou sendo apenas o sexto da posição selecionado em 2000, o 199º nome anunciado daquele draft.

 

#199 + #232 + 5 undrafted in the huddle = #51 🏆

Uma publicação compartilhada por Tom Brady (@tombrady) em Abr 29, 2017 às 8:27 PDT

A matemática de Brady tem ele, o 199, com Julian Edelman, nº 232 de 2009, mais cinco jogadores não draftados no grupo, resultando na conquista do Super Bowl 51, o quinto do quarterback dos Patriots.

Brady, aliás, já havia deixado uma mensagem motivacional no primeiro dia do draft. "Lembre-se: eles não medem o coração. Seja você escolhido em primeiro, último, ou nem sequer escolhido, VOCÊ decide o que acontece depois, todos os dias. Boa sorte", escreveu em suas redes sociais.

Desespero total! Veja reação de fãs do Chicago Bears após escolha no draft da NFL

Pois o recado foi dado, basta sabem quem vai ser o próximo a mostrar que os analistas dos times da NFL também erram.

Quem vai ser selecionado em qual posição? Veja o 'Mock Draft' dos especialistas da ESPN

ESPN.com.br
Sport Science: Velocidade de elite! Conheça dois dos melhores receivers do draft da NFL

O dia de conhecer o futuro da NFL chegou: é hora do Draft!

A primeira rodada Draft da NFL de 2017 acontece nesta quinta-feira, às 21h (Brasília), com transmissão ao vivo da ESPN+ e WatchESPN. O evento acontece na Filadélfia e é o momento em que as franquias mais ficam esperançosas.

Sport Science: Desafia as leis da física! Bem cotado para o draft da NFL, atleticismo de Njoku impressiona

O Draft da NFL basicamente consiste nas franquias, em ordem inversa da melhor campanha do ano anterior, recrutar e escolher as promessas que saíram da faculdade se declararam elegíveis para a liga.

Nos Estados Unidos, perto do dia do evento, é tradição os famosos "Mock Drafts", que nada mais são do que a previsão do Draft dos comentaristas, especialistas e fãs da NFL ao redor do mundo.

Sport Science destaca as principais características dos cornerbacks mais cotados no draft da NFL

Por isso, selecionamos nosso painel de especialistas e fizemos nossas previsões para o recrutamento. Veja abaixo quem participou e a lista completa da primeira rodada:

Sport Science: ágeis e com reflexo rápido, conheça os defensive backs mais cotados no draft da NFL

 

  • Rafael Belattini - ESPN.com.br

Infogram
Prospectos da NFL: Leonard Fournette, RB de LSU; Paulo Antunes: 'Ele me lembra o Bo Jackson'
  • Antony Curti - Comentarista ESPN

Infogram
  • Paulo Mancha - Comentarista ESPN

Infogram
Prospectos da NFL: DeShaun Watson e Mitch Trubisky, batalha de QBs no Draft 
  • Gustavo Faldon - ESPN.com.br

Infogram

 

Cairo Santos na abertura da temporada? Quem vai encarar os Patriots no primeiro jogo de 2017?

Rafael Belattini, para o ESPN.com.br
Maddie Meyer/Getty Images Sport
Patriots fará mais uma abertura de temporada no Gillette Stadium
Patriots fará mais uma abertura de temporada no Gillette Stadium

Nesta quinta-feira, às 21 horas (de Brasília), a temporada 2017 da NFL começa a "tomar forma" com a divulgação do calendário dos jogos.

É sempre bom explicar que os adversários das equipes são definidas por um revezamento. Cada equipe fará seis jogos contra os times da mesma divisão. Outros oito jogos são definidos pelo rodízio, enfrentando uma divisão da mesma conferência e da outra. Os outros dois jogos serão contra as equipes que ficaram na mesma posição dentro das divisões na temporada anterior.

Confira como é o revezamento deste ano:

No dia 7 de setembro (perfeito para o brasileiro, que estará em meio a um feriado prolongado) o New England Patriots vai apresentar mais um banner de campeão do Super Bowl. Resta saber quem será o "escolhido" para fazer este jogo de abertura.

Sabendo quais serão as oito equipes que vão visitar Foxborough neste ano, vamos fazer nossas apostas sobre quem vai ser o primeiro a encarar Tom Brady e companhia.

  • Buffalo Bills

Rival de divisão, os Bills venceram os Patriots por 16 a 0 na última visita ao Gillette Stadium, na última partida antes da volta de Brady. Sem Rex Ryan, declarado "inimigo" de Bill Belichick, é pouco provável que seja o escolhido pela liga;

  • New York Jets

Mais um rival de divisão, mas este não vence os Patriots em Foxboro desde os playoffs de 2011. Em reformulação, é uma completa incógnita para a temporada e não reune astros o suficiente para um jogo tão aguardado como este;

  • Miami Dolphins

Também da AFC Leste, os Dolphins despontam como o melhor desafiante ao reinado dos atuais campeões do Super Bowl. Jogo com potencial para ser o escolhido, mas não é o favorito;

Opa! Rob Gronkowski invade coletiva, atrapalha secretário na Casa Branca e faz todos rirem
  • Carolina Panthers

Os Panthers abriram a temporada passada com uma revanche do Super Bowl 50, que acabou com os Broncos vencendo mais uma vez. Pouco provável que a NFL coloque a equipe de Cam Newton para encarar o campeão mais mas vez;

  • Atlanta Falcons

Nos bastidores da liga ficou clara a reprovação dos Panthers em ter uma revanche logo na abertura da temporada, então não espere ver os Falcons visitarem os Patriots no dia 7 de setembro. Não é hora de tentar amenizar a dor da derrota de fevereiro, e o jogo ainda é uma ótima aposta para figurar uma noite de domingo ou segunda-feira;

Paulo Antunes fala em 'No Fun League'; árbitros da NFL não querem punir celebrações de TD
  • Los Angeles Chargers

Os Chargers já tiveram história com os Patriots, mas hoje não parecem uma equipe capaz de proporcionarem um grande desafio. Além disso, com a mudança para Los Angeles, é possível que façam o primeiro jogo da tempora em sua nova casa;

  • Houston Texans

Chegamos às duas melhores possibilidades. O Houston Texans esteve no caminho dos Patriots nos últimos playoffs, é comandado por Bill O'Brien, ex-funcionário dos Patriots, e tem astros como JJ Watt. Mas a falta de um quarterback pode pesar contra;

  • Kansas City Chiefs

A aposta do blog é que Cairo Santos estará no Gillette Stadium no dia da Independência do Brasil. Os Chiefs poderiam ter feito a final da AFC contra os Patriots no último ano, têm uma equipe consistente, um QB conhecido, astros, e na última vez que encararam New England na temporada regular, colocaram em xeque a "dinastia". É o grande favorito.

E aí? Qual a sua aposta?

Os 10 anos da morte de Darryl Stingley, vítima de uma tragédia que ajudou a mudar a NFL

ESPN.com.br
Sporting News Archive
O exato momento que Tatum encontra Stingley e tudo muda
O exato momento que Tatum encontra Stingley e tudo muda

Há exatos 10 anos, Darryl Stingley morria em Chicago. O nome não é familiar para muitos, mas sua história jamais será esquecida e fez com que muitas coisas mudassem na NFL.

Stingley disputou cinco temporadas na liga, todas elas pelo New England Patriots. Em 1977, teve seu melhor ano, com 39 recepções para 657 jardas e cinco touchdowns, além de um corrido.

Enquanto se preparava para a temporada de 1978, ele negociou a renovação de seu vinculo com os Patriots e os valores o tornariam o mais bem pago recebedor da liga. O acordo, que seria firmado assim que o time voltasse para Boston após um jogo de pré-temporada, jamais foi assinado.

No dia 12 de agosto, Steve Grogan tentou uma conexão com Stingley, que conseguiu apenas encostar as pontas dos dedos antes de sofrer um forte contato de Jack Tatum, defensive back do Oakland Raiders, que viria a ser conhecido pela a alcunha de "O Assassino".

O contato não foi "cabeça com cabeça" e, pelas regras da época, nem sequer uma flanela foi jogada e Tatum jamais foi punido. Só que o impacto fez com que a quarta e a quinta vértebras cervicais de Stingley fosse fraturadas, e ele ficasse paralisado do pescoço para baixo.

O próprio ex-recebedor considerava o fatídico momento como um "terrível acidente".

Desde então, a NFL passou a fazer mudanças nas regras, sendo rigorosa para jogadas muito violentas. Pelas regras atuais, nenhum jogador pode ser atingido na cabeça ou pescoço enquanto está "desprotegido", como estava Stingley.

O lendário John Madden, técnico dos Raiders na época, foi o primeiro a chegar no hospital após a partida. Stingley tornou-se amigo de muitos dos rivais daquele dia, mas nunca chegou a se reconciliar com Tatum.

Um acordo foi feito com a NFL e os Patriots aceitaram pagar por todas as despesas médicas do ex-atleta pelo resto de sua vida e, anos mais tarde, ele trabalhou para a franquia. 

Em 5 de abril de 2007, Darryl Stingley faleceu por problemas cardíacos e uma pneumonia, quadro clínico complicado pela tetraplegia do ex-atleta.

Após receber de volta camisa do Super Bowl LI, Brady é 'furtado' por Gronkowski

ESPN.com.br
Maddie Meyer/Getty Images Sport
Gronk tirou a camisa das mãos de Brady e fugiu com ela pelo campo
Gronk tirou a camisa das mãos de Brady e fugiu com ela pelo campo56 dias depois da incrível conquista do Super Bowl LI, a camisa usada na virada sobre o Atlanta Falcons voltou para as mãos de Tom Brady.


Após uma busca internacional, que localizou o item no México, o quarterback do New England Patriots recebeu das mãos do proprietário da equipe, Robert Kraft, a valiosa peça, bem como a também recuperada camisa do Super Bowl XLIX.

Brady abre jogo dos Red Sox, tem camisa 'roubada' por Gronkowski e faz 'tackle' no companheiro

Após receber as camisas, Tom Brady aproveitou a tarde da terça-feira no Fenway Park, casa do Boston Red Sox. Ao exibir a camisa, no entanto, ele foi supreendido por um novo furto, desta vez por Rob Gronkowski.

Depois de correr atrás de Gronk, Brady fez o arremesso inicial da partida contra o Pittsburgh Pirates, na rodada de abertura da MLB.

Trate de guardar direito suas coisas, Tom Brady!

mais postsLoading