Campeonato Mundial de Rallycross WRX - 10ª etapa - Letônia: Kristoffersson conquista título com a sexta vitória na temporada

Klever Kolberg é engenheiro, palestrante e piloto do Brasil no Rally Dakar

Divulgação - Jaanus Ree
Johan Kristoffersson (Volkswagen GTI Supercar)
Johan Kristoffersson (Volkswagen GTI Supercar)

O sueco Johan Kristoffersson (Volkswagen GTI RX) é o campeão da temporada 2017 do Campeonato Mundial de Rallycross – WRX. Kristoffersson chega ao título com a vitória na 10ª etapa, realizada entre os dias 16 e 17 de setembro, no circuito de Riga, na Letônia.

Kristoffersson é campeão com duas provas de antecedência. Esta foi sua sexta vitória em 2017, a quinta consecutiva, um recorde na categoria. Este também foi seu nono pódio consecutivo. O sueco de 28 anos foi disparado o piloto mais consistente da temporada. Após a etapa na Letônia ele tem 62 pontos de vantagem para o segundo colocado, seu companheiro de equipe, o norueguês Petter Solberg. Como nas duas próximas etapas serão disputados 60 pontos, Kristoffersson não pode ser mais alcançado.

Divulgação - Jaanus Ree
Petter Solberg (Volkswagen GTI Supercar)
Petter Solberg (Volkswagen GTI Supercar)

O time de Kristoffersson e Solberg, a PSRX Volkswagen Sweden também conquistou o Mundial de Equipes. São 136 pontos de vantagem para a equipe Hansen Peugeot.

Apesar dos dois títulos conquistados, a equipe PSRX sofreu com o acidente de Petter Solberg durante a disputa da segunda semifinal. O Polo de Solberg foi tocado por outro carro e a bateria teve de ser interrompida para o norueguês ser socorrido. No hospital foi constatada uma fratura na clavícula do bicampeão da categoria (2014 e 2015).

Divulgação - Jaanus Ree
Mattias Ekström (Audi S1 EKS RX)
Mattias Ekström (Audi S1 EKS RX)

O sueco Mattias Ekstrom (Audi S1 EKS RX), defensor do título de 2016, foi o segundo colocado na etapa. Ekstrom teve uma disputa feroz e polêmica com o francês Sébastien Loeb (Peugeot 208 RX) no início da bateria final. Loeb acabou saindo da pista, caindo para a última colocação, mas o nove vezes campeão do WRC fez uma prova de recuperação e terminou com a terceira colocação.

Divulgação - Jaanus Ree
Sébastien Loeb (Peugeot 208 RX)
Sébastien Loeb (Peugeot 208 RX)

Após a 10ª etapa, com o título já nas mãos de Kristoffersson, as etapas da Alemanha e da África do Sul deverão definir o vice-campeão de 2017. Ainda é cedo para saber se Solberg está recuperado para defender a segunda colocação, mas apenas 15 pontos separam Solberg, Ekstrom e Loeb.

A 11ª e penúltima etapa da temporada 2017 do Campeonato Mundial de Rallycross acontecerá no circuito de Estering, na Alemanha, entre os dias 30 de setembro e 01 de outubro.

Classificação da bateria final:

1. Johan Kristoffersson (Volkswagen GTI RX)

2. Mattias Ekström (Audi S1 EKS RX)

3. Sébastien Loeb (Peugeot 208 RX)

4. Andreas Bakkerud (Ford Focus RS HRD RX)

5. Janis Baumanis (Ford Fiesta RX)

6. Nico Muller (Audi S1 EKS RX)

Pilotos: Classificação do Campeonato Mundial de Rallycross - WRX após a 10ª etapa:

1. Johan Kristoffersson – Suécia - Volkswagen GTI RX: 271 pontos

2. Petter Solberg – Noruega – Volkswagen GTI RX: 209 pontos

3. Mattias Ekström - Suécia - Audi S1 EKS RX: 204 pontos

4. Sébastien Loeb - França – Peugeot 208 RX: 194 pontos

5. Andreas Bakkerud - Noruega - Ford Focus RS HRD RX: 165 pontos

6. Timmy Hansen – Suécia – Peugeot 208 RX: 152 pontos

7. Toomas Heikkinen – Finlandia - Audi S1 EKS RX: 99 pontos

8. Ken Block - USA - Ford Focus RS HRD RX: 98 pontos

9. Timo Scheider – Alemanha - Ford Fiesta RX: 87 pontos

10. Kevin Eriksson - Suécia - Ford Fiesta RX: 84 pontos

Equipes: Classificação do Campeonato Mundial de Rallycross - WRX após a 10ª etapa:

1. PSRX Volkswagen Sweden: 480 pontos

2. Hansen Peugeot: 346 pontos

3. EKS Audi: 303 pontos

4. Hoonigan Racing Ford: 263 pontos

5. MJP Racing Ford: 182 pontos

6. Stard Ford: 151 pontos

Campeonato Mundial de Rallycross WRX - 9ª etapa - França: Kristoffersson conquista quinta vitória na temporada

Klever Kolberg é engenheiro, palestrante e piloto do Brasil no Rally Dakar

Divulgação - Jaanus Ree
Johan Kristoffersson (Volkswagen GTI Supercar)
Johan Kristoffersson (Volkswagen GTI Supercar)

O sueco Johan Kristoffersson (Volkswagen GTI RX) venceu a 9ª etapa do Campeonato Mundial de Rallycross - WRX, realizada entre os dias 02 a 03 de setembro, no circuito de Lohéac, na França. A segunda colocação foi conquistada pelo francês Sébastien Loeb (Peugeot 208 RX) e o sueco Mattias Ekstrom (Audi S1 EKS RX) completou o pódio.

 

Com o resultado Kristoffersson disparou na liderança da temporada. Faltando apenas três etapas, o sueco tem 241 pontos. Seu companheiro de equipe, o norueguês Petter Solberg é o segundo colocado com 195 pontos, seguido de Ekstrom com 180 pontos.

Esta foi a quarta vitória consecutiva de Kristoffersson, o novo recorde para a categoria, onde o sueco já soma sete sucessos. A equipe PSRX Volkswagen Sweden também ampliou sua vantagem Mundial de Equipes com a sexta vitória em 2017 (cinco de Kristoffersson e uma de Solberg).  

Divulgação - Jaanus Ree
Sébastien Loeb (Peugeot 208 RX)
Sébastien Loeb (Peugeot 208 RX)

Durante o sábado, com a pista seca nas baterias classificatórias, o herói da casa, Sébastien Loeb, foi um forte adversário para Kristoffersson. Mas o tempo mudou no domingo. Com a chuva as condições da pista deterioraram. A equipe PSRX Volkswagen Sweden conseguiu encontrar um setup mais adequado ao piso escorregadio, condição decisiva para o sucesso de Kristoffersson.
 

Solberg, bicampeão da categoria (2014 e 2015) também se classificou bem e vinha rápido na final, mas problemas com os pneus o fizeram perder rendimento e concluir a etapa na quinta colocação.  

Cerca de 75.000 espectadores torceram pela vitória do eneacampeão do mundo de Rally WRC. Loeb venceu sua bateria de classificação, realizando também a volta mais rápida, novo recorde para o circuito. No domingo molhado foi o segundo colocado na semifinal, mesmo resultado alcançado na final. Loeb ocupa a quarta colocação no mundial.  

Divulgação - Jaanus Ree
Mattias Ekström (Audi S1 EKS RX)
Mattias Ekström (Audi S1 EKS RX)

Mattias Ekstrom, defensor do título de 2016, voltou ao pódio após sua vitória em Hockenheim, em maio.

 

A próxima etapa do Campeonato Mundial de Rallycross acontecerá no circuito de Loheac, na França, entre os dias 02 a 03 de setembro.  

Classificação da bateria final:

1. Johan Kristoffersson (Volkswagen GTI RX)

2. Sébastien Loeb (Peugeot 208 RX)

3. Mattias Ekström (Audi S1 EKS RX)

4. Andreas Bakkerud (Ford Focus RS HRD RX)

5. Petter Solberg (Volkswagen GTI RX)

6. Kevin Eriksson (Ford Fiesta RX)

 

Pilotos: Classificação do Campeonato Mundial de Rallycross - WRX após a 9ª etapa:

1. Johan Kristoffersson – Suécia - Volkswagen GTI RX: 241 pontos

2. Petter Solberg – Noruega – Volkswagen GTI RX: 195 pontos

3. Mattias Ekström - Suécia - Audi S1 EKS RX: 180 pontos

4. Sébastien Loeb - França – Peugeot 208 RX: 169 pontos

5. Timmy Hansen – Suécia – Peugeot 208 RX: 155 pontos

6. Andreas Bakkerud - Noruega - Ford Focus RS HRD RX: 146 pontos

7. Ken Block - USA - Ford Focus RS HRD RX: 100 pontos

8. Toomas Heikkinen – Finlandia - Audi S1 EKS RX: 86 pontos

9. Timo Scheider – Alemanha - Ford Fiesta RX: 85 pontos

10. Kevin Eriksson - Suécia - Ford Fiesta RX: 84 pontos

 

Equipes: Classificação do Campeonato Mundial de Rallycross - WRX após a 9ª etapa:

1. PSRX Volkswagen Sweden: 436 pontos

2. Hansen Peugeot: 324 pontos

3. EKS Audi: 266 pontos

4. Hoonigan Racing Ford: 246 pontos

5. MJP Racing Ford: 180 pontos

6. Stard Ford: 136 pontos

Rally dos Sertões 2017 – 7ª Etapa - Final: Os campeões são Jean Azevedo, Cristian Baumgart, Bruno Varela e Diogo Zonato

Klever Kolberg é engenheiro, palestrante e piloto do Brasil no Rally Dakar

Divulgação - Doni Castilho / Fotop
Cristian Baumgart / Beco Andreotti (Ford Ranger V8)
Cristian Baumgart / Beco Andreotti (Ford Ranger V8)

A 25ª edição do Rally dos Sertões terminou neste sábado (26/08) com a realização da 7ª e última etapa. Na categoria Motos Jean Azevedo (Honda CRF 450X) conquistou seu sétimo título. Entre os carros a dupla Cristian Baumgart e Beco Andreotti (Ford Ranger V8) conquistou o bicampeonato. Nos UTVs a dupla Bruno Varela/João Arena (Can-Am Maverick X3) foi a campeã e Diogo Zonato (Honda TRX 700XX) venceu nos quadriciclos.

 

Divulgação - Gustavo Epifanio / Fotop
Jean Azevedo (Honda CRF 450X)
Jean Azevedo (Honda CRF 450X)

Jean Azevedo é um veterano do Sertões. Participa da prova desde suas primeiras edições, na década de 90. Depois de 20 anos competindo nas duas rodas, o piloto de São José dos Campos chegou a participar da categoria carros, mas voltou para as motos onde é o recordista de títulos. “Foi um rali diferente, eu comecei com um grande prejuízo na primeira etapa, com furo no radiador. Mas não desisti, estava muito bem preparado e consegui vir tirando a diferença a cada etapa, numa disputa muito boa com o Gregorio Caselani. Essa conquista me deixa muito feliz”, festejou Jean, que anteriormente já havia vencido em 1995, 2000, 2002, 2004, 2005 e 2015.

 

Divulgação - Vinicius Branca / Fotop
Reinaldo Varela / Gustavo Gugelmin  (Ford Ranger V8)
Reinaldo Varela / Gustavo Gugelmin (Ford Ranger V8)

A dupla Cristian Baumgart e Beco Andreotti defendia o título de 2016. Fizeram uma prova perfeita, sem cometer erros e não deram chances para a dupla campeã de 2015, Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin (Ford Ranger V8), reduzir uma vantagem conquistada nas vitórias das duas primeiras etapas. Sempre com regularidade de bons resultados, Cristian e Beco conquistaram uma sólida vitória.

 

Divulgação - Vinicius Branca / Fotop
Bruno Varela / João Arena (Can-Am Maverick X3)
Bruno Varela / João Arena (Can-Am Maverick X3)

A categoria UTVs foi marcada por uma disputa emocionante, só decidida nesta última etapa. A dupla Lucas Barroso e Breno Rezende (Can-Am Maverick X3) largou com uma vantagem de apenas 1 minuto e 24 segundos sobre os campeões Bruno Varela e João Arena. Após uma prova praticamente perfeita, o dia foi de problemas para Lucas e Breno. Bruno, filho mais novo de Reinaldo Varela, já havia participado do Sertões na categoria quadricilcos. Ele chega a seu primeiro título após uma prova estratégica e num trabalho em equipe com seus irmãos Rodrigo e Gabriel que também competiram.

 

Divulgação - Doni Castilho / Fotop
Diogo Zonato (Honda TRX 700)
Diogo Zonato (Honda TRX 700)

Se nos UTVs a diferença entre o líder e o vice-líder, nos quadriciclos era de 0,3 segundos.  Diogo Zonato (Honda TRX 700XX) e George Ximenes (Yamaha YFM) disputaram uma prova intensa, trocaram duas vezes de posição, mas Diogo venceu a última etapa e levou o título.

 

Divulgação - Marcelo Maragni / Fotop
Gregorio Caselani (Honda CRF 450X)
Gregorio Caselani (Honda CRF 450X)

Resultado da 7ª etapa (extra-oficial)

Carros

1º Guiga Spinelli/Youssef Haddad (Mini ALL4 Racing): 2h33min43s

2º Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin (Ford Ranger V8): + 2min13s

3º Jorge Junior/Joel Kravtchenko (Evo): + 4min11s

4º Luis Nacif/Felipe de Oliveira (T-Rex): + 5min43s

5º Sylvio de Barros/Rafael Capoani (Mini ALL4 Racing): + 11min09s

 

Motos

1º José Hélio (Husqvarna FE 501): 2h54min11s

2º Jean Azevedo (Honda CRF 450X): 2h55min04s

3º Mario Marchiori (KTM 450 Rally Replica): 3h02min36s

4º Gregorio Caselani (Honda CRF 450X): 3h03min08s

5º Luciano Gomes (Yamaha WR 450F): 3h06min16s

 

UTVs

1º Cristiano Batista/Robledo Nicoletti (Can-Am Maverick X3): 2h50min33s

2º Henrique Gutierrez/André Munhoz (Yamaha YXZ 1000): + 3min48s

3º Denisio Nascimento/Emilio Rockenbach (Can-Am Maverick X3): + 4min18s

4º Daniel Mahseredjian/Sano Chermont (Can-Am Maverick X3): + 6min11s

5º Ismar Junior/André Galvão (Can-Am Maverick X3 XRS): + 7min53s

 

Quadriciclos

1º Diogo Zonato (Honda TRX 700XX): 2h55m04s

2º George Ximenes (Yamaha YFM): 3h00m42s

3º Marcelo Medeiros (Yamaha Raptor 700): 3h06m19s

4º Milton Martens (Can Am Renegade 1000 XXC): 3h36m17s

5º Geison Belmont (Can Am Renegade 1000 XXC): 3h59m28s

 

Divulgação - Gustavo Epifanio / Fotop
Lucas Barroso / Breno Rezende (Can-Am Maverick X3)
Lucas Barroso / Breno Rezende (Can-Am Maverick X3)

Classificação Acumulada Final – após sete etapas (extra-oficial)

Carros

1º Cristian Baumgart/Beco Andreotti (Ford Ranger V8): 21h38min38s

2º Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin (Ford Ranger V8): + 6min44s

3º Alvarez Fernando/Juan Monasterolo (Amarok V8): + 1h59min35s

4º Michel Terpins/Maykel Justo (T-Rex): + 2h39min37s

5º Guiga Spinelli/Youssef Haddad (Mini ALL4 Racing): 3h00min18s

 

Motos

1º Jean Azevedo (Honda CRF 450X): 24h49min12s

2º Gregorio Caselani (Honda CRF 450X): 26h28min29s

3º Mario Marchiori (KTM 450 Rally Replica): 27h19min58s

4º Bruno Airton Leles (Yamaha YZ 450F): 27h21min18s

5º Júlio ‘Bissinho’ Zavatti (Honda CRF 230): 27h21min56s

 

UTVs

1º Bruno Varela/João Arena (Can-Am Maverick X3): 25h38min22s

2º Lucas Barroso/Breno Rezende (Can-Am Maverick X3): + 7min56s

3º Ismar Junior/André Galvão (Can-Am Maverick X3 XRS): + 29min43s

4º Edu Piano/Solon Mendes (Can-Am Maverick X3 XRS): + 41min54s

5º Marcelo Gastaldi/Claudio Silveira (Can-Am Maverick X3): + 39min46s

 

Quadriciclos

1º Diogo Zonato (Honda TRX 700XX): 27h34m53s

2º George Ximenes (Yamaha YFM): 27h40m31s

3º Milton Martens (Can Am Renegade 1000 XXC): 30h:33m46s

4º Pedro Costa (Polaris Scrambler XP 1000): 33h58m05s

5º Geison Belmont (Can Am Renegade 1000 XXC): 39h48m38s

Divulgação - Doni Castilho / Fotop
George Ximenes (Yamaha YFM)
George Ximenes (Yamaha YFM)

 

Rally dos Sertões 2017 – 6ª Etapa: Gregório vence nas motos, Jean lidera. Vitória de Guiga Spinelli nos carros, Cristian Baumgart é o líder

Klever Kolberg é engenheiro, palestrante e piloto do Brasil no Rally Dakar

Divulgação - Vinicius Branca / Fotop
Guilherme Spinelli / Youssef Haddad (Mini ALL4 Racing)
Guilherme Spinelli / Youssef Haddad (Mini ALL4 Racing)

A dupla Guiga Spinelli e Youssef Haddad (Mini ALL4 Racing) venceu nesta sexta-feira (25/08) a 6ª e penúltima etapa do Rally dos Sertões 2017. Ela foi a mais rápida pelo quarto dia consecutivo. Nas motos a vitória foi de Gregorio Caselani (Honda CRF 450X). Nos UTVs a dupla Lucas Barroso e Breno Rezende (Can-Am Maverick X3) venceu e retomou a liderança. Nos quadriciclos vitória de Marcelo Medeiros (Yamaha Raptor 700).

 

Divulgação - Vinicius Branca / Fotop
Cristian Baumgart / Beco Andreotti (Ford Ranger V8)
Cristian Baumgart / Beco Andreotti (Ford Ranger V8)

Na classificação acumulada após seis etapas, a dupla Cristian Baumgart e Beco Andreotti (Ford Ranger V8) lidera nos carros. A dupla assumiu a ponta ao vencer a primeira etapa, repetiu o resultado na segunda e vem mantendo uma regularidade de bons resultados, administrando sua vantagem sobre Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin (Ford Ranger V8).

 

Divulgação - Vinicius Branca / Fotop
Jean Azevedo (Honda CRF 450X)
Jean Azevedo (Honda CRF 450X)

Jean Azevedo (Honda CRF 450X) é líder da categoria motos.  Jean Azevedo assumiu a liderança das motos na etapa anterior após quatro vitórias consecutivas. Com uma boa vantagem sobre o segundo colocado, Gregorio Caselani, Jean pode ampliar seu recorde de maior vencedor da categoria na história da competição, chegando a sete títulos.

 

Divulgação - Gustavo Epifanio / Fotop
Bruno Varela / João Arena (Can-Am Maverick X3)
Bruno Varela / João Arena (Can-Am Maverick X3)

A disputa será emocionante na categoria UTVs.  A dupla Lucas Barroso e Breno Rezende (Can-Am Maverick X3) liderava desde o início da prova, mas havia sido superada pela dupla Bruno Varela/João Arena (Can-Am Maverick X3) na etapa anterior. Nesta sexta-feira retomaram a primeira colocação, mas nada está decidido, já que a vantagem é de apenas 1 minuto e 24 segundos.

 

Divulgação - Marcelo Maragni / Fotop
George Ximenes (Yamaha YFM)
George Ximenes (Yamaha YFM)

Nos quadriciclos a diferença entre o líder e o vice-líder é ainda menor, apenas 0,3 segundos. Diogo Zonato (Honda TRX 700XX) liderava, mas nesta sexta-feira foi superado por George Ximenes (Yamaha YFM).

 

A 6ª etapa teve 429 km entre Coxim e Aquidauana, ambas as cidades no Mato Grosso do Sul. A especial foi de 195 km cronometrados.

 

“Ontem (quinta-feira) estávamos na liderança e hoje caímos para segundo. Como aconteceu comigo, ainda pode acontecer com os líderes. Hoje tivemos alguns probleminhas, mas amanhã vamos sentar o pau”, avisa Bruno Varela.

 

Neste sábado acontece a 7ª e última etapa do Rally dos Sertões. Serão 420 km de percurso, com 240 cronometrados. Segundo o diretor-técnico, Du Sachs, o trajeto “fecha com chave de ouro a prova, pois será inesquecível e irá exigir muito das máquinas e dos pilotos. Começa bem rápido e segue por fazendas com trechos bem sinuosos. Depois, por trechos de trial com muitas pedras. Nos últimos quilômetros, a prova volta a ficar rápida até a chegada”, afirmou.

Resultado da 6ª etapa (extra-oficial)

Carros

1º Guiga Spinelli/Youssef Haddad (Mini ALL4 Racing): 2h02min52s

2º Sylvio de Barros/Rafael Capoani (Mini ALL4 Racing): 2h03min05s

3º Cristian Baumgart/Beco Andreotti (Ford Ranger V8): 2h05min24s

4º Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin (Ford Ranger V8): 2h06min14s

5º Alvarez Fernando/Juan Monasterolo (Amarok V8): 2h17min54s

 

Motos

1º Gregorio Caselani (Honda CRF 450X): 2h13min52s

2º Marco Pereira (450 Rally): 2h23min06s

3º Jean Azevedo (Honda CRF 450X): 2h26min04s

4º José Hélio (Husqvarna FE 501): 2h26min24s

5º Clécio Maestreli (Suzuki DRZ 400): 2h29min03

 

UTVs

1º Lucas Barroso/Breno Rezende (Can-Am Maverick X3): 2h11min44s

2º Denisio Nascimento/Emilio Rockenbach (Can-Am Maverick X3): 2h13min12s

3º Bruno Varela/João Arena (Can-Am Maverick X3) 2h13min47s

4º Gabriel Varela/Gabriel Morales (Can-Am Maverick X3): 2h14min45s

5º Rodrigo Varela/Idali Bosse (Can-Am Maverick X3): 2h17min18s

 

Quadriciclos

1º Marcelo Medeiros (Yamaha Raptor 700): 2h23m30s

2º George Ximenes (Yamaha YFM): 2h25m11s

3º Diogo Zonato (Honda TRX 700XX): 2h35m35s

4º Milton Martens (Can Am Renegade 1000 XXC): 2h50m13s

5º Geison Belmont (Can Am Renegade 1000 XXC): 3h30m00s

 

Classificação Acumulada após seis etapas (extra-oficial)

Carros

1º Cristian Baumgart/Beco Andreotti (Ford Ranger V8): 18h54min12s

2º Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin (Ford Ranger V8): + 16min15s

3º Alvarez Fernando/Juan Monasterolo (Amarok V8): + 1h49min09s

4º Michel Terpins/Maykel Justo (T-Rex): + 2h24min27s

5º Glauber Fontoura/Minae Miyauti (L200 Triton RS): + 2h54min35s

 

Motos

1º Jean Azevedo (Honda CRF 450X): 21h48min54s

2º Gregorio Caselani (Honda CRF 450X): 23h25min20s

 3º Marco Pereira (450 Rally): 23h26min01s

4º Clécio Maestreli (Suzuki DRZ 400): 24h05min29s

5º Júlio ‘Bissinho’ Zavatti (Honda CRF 230): 24h09min41

 

UTVs

1º Lucas Barroso/Breno Rezende (Can-Am Maverick X3): 22h33min18s

2º Bruno Varela/João Arena (Can-Am Maverick X3): + 1min24s

3º Ismar Junior/André Galvão (Can-Am Maverick X3 XRS): + 36min20s

4º Edu Piano/Solon (Can-Am Maverick X3 XRS): + 38min54s

5º Marcelo Gastaldi/Claudio Silveira (Can-Am Maverick X3): + 39min46s

 

Quadriciclos

1º George Ximenes (Yamaha YFM): 24h39m48s86

2º Diogo Zonato (Honda TRX 700XX): 24h39m49s24

3º Pedro Costa (Polaris Scrambler XP 1000): 26h49m40s81

4º Milton Martens (Can Am Renegade 1000 XXC): 26h:57m29s21

5º Geison Belmont (Can Am Renegade 1000 XXC): 32h10m41s13

 

Próximas etapas

 

Sábado (26/08) 7ª Etapa Aquidauana (MS) a Bonito (MS) Deslocamento Inicial – 128,62 km Trecho Cronometrado – 240,45 km Deslocamento Final – 51,71 km Total do dia: 420,78 km

 

Total de trechos cronometrados (especiais): 1.999,52 km (60,59 %)

Total da prova:  3.300,06 km

mais postsLoading