WRC - Rally de Portugal - 6ª etapa do Campeonato Mundial: Sébastien Ogier vence e mantém a liderança da temporada

Klever Kolberg: Piloto, engenheiro, palestrante e comentarista da ESPN
Divulgação - Jaanus Ree
Sébastien Ogier / Julien Ingrassia (Ford Fiesta WRC)
Sébastien Ogier / Julien Ingrassia (Ford Fiesta WRC)

O francês Sébastien Ogier (Ford Fiesta WRC) venceu o Rally de Portugal, 6ª etapa do Campeonato Mundial de Rally - WRC. Esta foi a quinta vitória do tetracampeão em terras portuguesas, a segunda na atual temporada na qual ele é o líder. O belga Thierry Neuville (Hyundai i20 Coupe WRC) foi o segundo colocado, assumindo a vice-liderança de 2017. O espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 Coupe WRC) completou o pódio.

Durante o sábado Ogier assumiu a liderança do Rally de Portugal quando o estoniano Ott Tänak (Ford Fiesta WRC) cometeu um erro e acabou despencando da primeira para a quinta colocação. Neuville, Sordo e o irlandês Craig Breen (Citroën C3 WRC) foram beneficiados, mas Tänak ainda conseguiu se recuperar e no final do dia superou Breen e passou a colocar pressão em Sordo na disputa pelo último degrau do pódio.

Divulgação - Jaanus Ree
Thierry Neuville / Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 Coupe WRC)
Thierry Neuville / Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 Coupe WRC)

Neste domingo (21/05), quarto e último dia da prova, os competidores tiveram pela frente dois trechos, cada um com duas passagens, totalizando quatro especiais a serem percorridas.

O neozelandês Hayden Paddon (Hyundai i20 Coupe WRC) voltou a prova após dois dias em que não conseguiu completar todos os estágios. Sem nada a perder, partiu para o ataque e foi o mais rápido na SS16, a primeira especial do dia. Neuville foi terceiro, logo a frente de Ogier, mas a diferença entre os dois continuou praticamente a mesma, 16 segundos. Tänak tentava o impossível, fez o segundo melhor tempo, se aproximando de Sordo, que foi muito cauteloso, ficando com a nona posição, mas ainda tendo um pouco de gordura para queimar.

Divulgação - Jaanus Ree
Dani Sordo / Marc Martí (Hyundai i20 Coupe WRC)
Dani Sordo / Marc Martí (Hyundai i20 Coupe WRC)

Na SS17 Ogier preferiu definir o resultado e foi o mais rápido, ampliando a vantagem sobre Neuville, terceiro mais rápido no trecho, para 19,3 segundos. Neuville e Tänak comentaram uma mudança de estratégia, reconhecendo que seria praticamente impossível alterar o resultado, então preferiram poupar os pneus e acertar as notas de bordo, pensando nos pontos extras do Power Stage. Sordo, como Ogier, despertou e foi o segundo mais rápido.

Na repetição dos trechos, Paddon venceu a SS18, enquanto Ogier, Neuville, Sordo e Tänak levantaram o pé, reservando energias para o teste final.

Divulgação - Jaanus Ree
Ott Tanak / Martin Jarveoja (Ford Fiesta WRC)
Ott Tanak / Martin Jarveoja (Ford Fiesta WRC)

Na SS19 Tänak levou a melhor, vencendo e conquistando os cinco pontos extras, seguido de Neuville, do britânico Elfyn Evans (Ford Fiesta WRC), o finlandês Esapekka Lappi (Toyota Yaris WRC) e Ogier.

Com o resultado Ogier conquistou sua segunda vitória em 2017 e manteve a liderança da temporada. Neuville confirma que será um forte adversário para o tetracampeão e assume a vice-liderança da temporada, superando o finlandês Jari-Matti Latvala (Toyota Yaris WRC) que chegou a passar a noite no hospital devido a problemas estomacais.

Classificação final do Rally de Portugal:

1. S. Ogier / J. Ingrassia (Ford Fiesta WRC) 3:42:55.7
2. T. Neuville / N. Gilsul (Hyundai i20 Coupe WRC) + 15.6
3. D. Sordo / M. Martí (Hyundai i20 Coupe WRC) + 1:01.7
4. O. Tänak / M. Jarveoja (Ford Fiesta WRC) + 1:30.2
5. C. Breen / S. Martin (Citroën C3 WRC) + 1:57.4
6. E. Evans / D. Barritt (Ford Fiesta WRC) + 3:10.6
7. J. Hänninen / K. Lindstrom (Toyota Yaris WRC) + 3:42.9
8. M. Ostberg / O. Floene (Ford Fiesta WRC) + 5:29.7
9. J.M. Latvala / M. Anttila (Toyota Yaris WRC) +5:43.6
10. E. Lappi / J. Ferm (Toyota Yaris WRC) + 8:13.3

Classificação do Mundial de Pilotos após o Rally de Portugal:

1. Sébastien Ogier - 128 pontos
2. Thierry Neuville - 106 pontos
3. Jari-Matti Latvala - 88 pontos
4. Ott Tänak - 83 pontos
5. Dani Sordo - 66 pontos
6. Elfyn Evans - 53 pontos
7. Craig Breen - 43 pontos
8. Hayden Paddon - 33 pontos


Classificação do Mundial de Construtores após o Rally de Portugal:

1. M-Sport WRT (Ford) - 199 pontos
2. Hyundai Motorsport - 173 pontos
3. Toyota Gazoo Racing WRT - 113 pontos
4. Citroën Total Abu Dhabi WRT - 85 pontos

 

WRC - Rally de Portugal - 6ª etapa do Campeonato Mundial: Sébastien Ogier assume a liderança no sábado

Klever Kolberg: Piloto, engenheiro, palestrante e comentarista da ESPN
Divulgação - Jaanus Ree
Sébastien Ogier / Julien Ingrassia (Ford Fiesta WRC)
Sébastien Ogier / Julien Ingrassia (Ford Fiesta WRC)

O francês Sébastien Ogier (Ford Fiesta WRC) é o novo líder do Rally de Portugal, a 6ª etapa do Campeonato Mundial de Rally - WRC. O tetracampeão e atual líder da temporada 2017 assumiu a ponta da prova neste sábado, dia 20/05, terceiro dia da competição. O belga Thierry Neuville (Hyundai i20 Coupe WRC) é o segundo colocado e seu companheiro de equipe, o espanhol Dani Sordo completa o pódio.

Após as nove especiais disputadas até o final da sexta-feira, o estoniano Ott Tänak (Ford Fiesta WRC) liderava a prova com uma pequena vantagem de 4,6 segundos para Dani Sordo. Ogier vinha colado, apenas quatro décimos de segundo atrás de Sordo.

Divulgação - Jaanus Ree
Thierry Neuville / Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 Coupe WRC)
Thierry Neuville / Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 Coupe WRC)

No primeiro trecho cronometrado deste sábado, a SS10, Ogier foi o mais rápido, superou Sordo e assumiu a vice-liderança, além de diminuir a vantagem de Tänak, quarto melhor tempo na especial, para apenas 1,1 segundos. Neuville também veio forte, foi o segundo na especial e ficou a apenas um segundo de Sordo na classificação geral.

Tänak respondeu na especial seguinte. Venceu a SS11, ampliando para 5,2 segundos a vantagem sobre Ogier, o segundo melhor tempo no trecho. Neuville novamente foi o terceiro mais rápido, já superando Sordo na disputa da terceira colocação da geral. O espanhol fez o sexto tempo e já estava 22 segundos longe do líder.

Ogier continuou atacando e venceu a SS12, a mais longa da prova, com 37,55km. O francês assumiu a liderança do Rally de Portugal quando Tänak cometeu um erro e acabou batendo a roda traseira do Fiesta. Com o carro desalinhado o estoniano acabou despencando para a quinta colocação. Neuville, Sordo e o irlandês Craig Breen (Citroën C3 WRC) também ganharam uma posição.

Após as especiais da manhã deste sábado, Ogier, sétimo diferente líder da prova, tinha quase 20 segundos de vantagem sobre Neuville e 25 sobre Sordo.

Divulgação - Jaanus Ree
Dani Sordo / Marc Martí (Hyundai i20 Coupe WRC)
Dani Sordo / Marc Martí (Hyundai i20 Coupe WRC)

Na repetição dos trechos durante a tarde, Neuville foi o mais rápido na SS13, mas apenas um segundo mais veloz que Ogier. O francês se manteve tranquilo na ponta. Sordo foi o quarto na especial e não conseguia pressionar os dois ponteiros.

Na SS14 Ogier mostrou que quer conquistar a segunda vitória na temporada. Foi o mais rápido. O francês colocou 4,5 segundos em Neuville, que fez o segundo melhor tempo.

Neuville, que vem de duas vitórias, França e Argentina, também mostrou as armas na SS15. Venceu, descontando 6,2 segundos da vantagem de Ogier. O francês manteve na liderança da prova. Ele está 16,8 segundos à frente do belga, faltando apenas os quatro trechos que serão disputados no domingo, último dia do rally. Se Ogier confirmar o resultado, ele iguala o recorde do finlandês Markku Alen que conquistou cinco vitórias na etapa portuguesa.

Sordo parecia satisfeito com a terceira colocação e de longe ficava acompanhando a disputa pela vitória, enquanto Tänak aos poucos começou a recuperar o prejuízo, e já assumia a quarta colocação.

Classificação do Rally de Portugal após o sábado:

1. S. Ogier / J. Ingrassia (Ford Fiesta WRC) 3:15:24.6
2. T. Neuville / N. Gilsul (Hyundai i20 Coupe WRC) + 16.8
3. D. Sordo / M. Martí (Hyundai i20 Coupe WRC) + 51.3
4. O. Tänak / M. Jarveoja (Ford Fiesta WRC) + 1:29.6
5. C. Breen / S. Martin (Citroën C3 WRC) + 1:32.4
6. E. Evans / D. Barritt (Ford Fiesta WRC) + 3:01.8
7. J. Hänninen / K. Lindstrom (Toyota Yaris WRC) + 3:29.8
8. M. Ostberg / O. Floene (Ford Fiesta WRC) + 5:16.6
9. J.M. Latvala / M. Anttila (Toyota Yaris WRC) +5:32.7
10. A. Mikkelsen / A. Jaeger (Skoda Fabia R5) + 7:06.6

 

WRC - Rally de Portugal - 6ª etapa do Campeonato Mundial - Ott Tänak lidera após a sexta-feira

Klever Kolberg: Piloto, engenheiro, palestrante e comentarista da ESPN
Divulgação - Jaanus Ree
Ott Tanak / Martin Jarveoja (Ford Fiesta WRC)
Ott Tanak / Martin Jarveoja (Ford Fiesta WRC)

O estoniano Ott Tänak (Ford Fiesta WRC) lidera o Rally de Portugal após as nove especiais disputadas até o final desta sexta-feira (19/05), segundo dia da 6ª etapa do Campeonato Mundial de Rally - WRC. Tänak assumiu a liderança após seis trechos cronometrados, terminado o dia seguido do espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 Coupe WRC) e do francês Sébastien Ogier (Ford Fiesta WRC).

Divulgação - Jaanus Ree
Sébastien Ogier / Julien Ingrassia (Ford Fiesta WRC)
Sébastien Ogier / Julien Ingrassia (Ford Fiesta WRC)

O WRC voltou a Europa para uma enfrentar as pistas traiçoeiras de cascalho em Portugal. O primeiro trecho foi disputado num circuito de rallycross em Lousada, com muito público e largada de dois em dois carros para duas voltas num piso misto. Após pouco mais de três quilômetros cronometrados o norueguês Mads Ostberg (Ford Fiesta WRC) e o belga Thierry Neuville (Hyundai i20 Coupe WRC), com o mesmo tempo, foram os mais rápidos.

Na manhã desta sexta-feira o neozelandês Hayden Paddon (Hyundai i20 Coupe WRC) começou dominando a SS2 e assumiu a liderança do Rally de Portugal. Ele foi um segundo mais rápido que o finlandês Jari-Matti Latvala (Toyota Yaris WRC). O irlandês Kris Meeke (Citroën C3 WRC) foi o terceiro, apenas dois décimos de segundo mais lento que o finlandês. O francês Sébastien Ogier (Ford Fiesta WRC), líder da temporada, com a tradicional desvantagem de lagar na frente e limpar a pista, ficou com o sexto melhor tempo.

Divulgação - Jaanus Ree
Jari-Matti Latvala / Miikka Anttila (Toyota Yaris WRC)
Jari-Matti Latvala / Miikka Anttila (Toyota Yaris WRC)

Latvala venceu a SS3. O finlandês conseguiu assumir a liderança da prova, mostrando que estava encontrando confiança. Meeke também pulou para o pódio, assumindo a segunda colocação. No trecho seguinte Meeke foi o mais rápido, seguido do estoniano Ott Tänak (Ford Fiesta WRC). Latvala foi apenas o sétimo colocado, mas ainda conseguiu se manter na ponta, porém a vantagem sobre Meeke praticamente desapareceu, sobrou apenas meio segundo.

Divulgação - Jaanus Ree
Kris Meeke / Paul Nagle (Citroën C3 WRC)
Kris Meeke / Paul Nagle (Citroën C3 WRC)

Paddon venceu a SS5, mas foi Meeke, o terceiro mais rápido, quem assumiu a liderança da prova. Meeke, que teoricamente estava largando numa boa posição, alegou que as condições da pista não estavam lhe favorecendo. Ele era o quinto líder do rally com apenas cinco especiais disputadas. Latvala ficou com a segunda colocação e Tänak mostrou que também estava na briga.

Na parte da tarde a prova continuou bastante indefinida e muito atraente. Neville venceu a SS6, seguido do britânico Elfyn Evans (Ford Fiesta WRC), reeditando o final da prova da Argentina. Para manter a média de um líder por especial, Tänak assumiu a ponta, apenas um décimo de segundo sobre Latvala. Paddon passou para a terceira posição e Meeke caiu para quinto, com Ogier se mantendo na disputa com a sexta colocação.

Divulgação - Jaanus Ree
Dani Sordo / Marc Martí (Hyundai i20 Coupe WRC)
Dani Sordo / Marc Martí (Hyundai i20 Coupe WRC)

O espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 Coupe WRC) venceu a SS7, seguido de Ogier e Tänak, que conseguiu se manter na ponta, mas Sordo e Ogier eram seus novos companheiros de pódio.

Ogier venceu a SS8 e Ostberg a SS9. Paddon teve problemas elétricos no i20, Latvala capotou com o Yaris, Neuville perdeu tempo com Latvala, Meeke abandonou com quebra da suspensão do Citroën. O segundo dia de competição em Portugal finalizou com Tänak conseguindo se estabilizar na liderança, seguido de Sordo e Ogier. Neville foi reembolsado pelo tempo perdido devido ao acidente de Latvala e é o quarto colocado.

Divulgação - Jaanus Ree
Thierry Neuville / Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 Coupe WRC)
Thierry Neuville / Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 Coupe WRC)

Classificação do Rally de Portugal após a sexta-feira:

1. O. Tänak / M. Jarveoja (Ford Fiesta WRC) 1:37:18.5
2. D. Sordo / M. Martí (Hyundai i20 Coupe WRC) + 4.6
3. S. Ogier / J. Ingrassia (Ford Fiesta WRC) + 5.0
4. T. Neuville / N. Gilsul (Hyundai i20 Coupe WRC) + 11.1
5. C. Breen / S. Martin (Citroën C3 WRC) + 12.9
6. E. Evans / D. Barritt (Ford Fiesta WRC) + 18.3
7. J. Hänninen / K. Lindstrom (Toyota Yaris WRC) + 52.0
8. E. Lappi / J. Ferm (Toyota Yaris WRC) + 1:12.3
9. A. Mikkelsen / A. Jaeger (Skoda Fabia R5) + 3:17.8
10. M. Ostberg / O. Floene (Ford Fiesta WRC) + 3:50.0

 

Campeonato Mundial de Rallycross WRX - 4ª etapa - Bélgica: Vitória de Johan Kristoffersson

Klever Kolberg: Piloto, engenheiro, palestrante e comentarista da ESPN
Divulgação - Jaanus Ree
Johan Kristoffersson (Volkswagen GTI Supercar RX)
Johan Kristoffersson (Volkswagen GTI Supercar RX)

O sueco Johan Kristoffersson (Volkswagen GTI RX) venceu a 4ª etapa do Campeonato Mundial de Rallycross - WRX, realizada entre os dias 12 a 14 de maio, no circuito de Mettet, na Bélgica. Seu compatriota Timmy Hansen (Peugeot 208 RX) foi o segundo colocado e seu companheiro de equipe, o norueguês Petter Solberg completou o pódio.

Divulgação - Jaanus Ree
Timmy Hansen (Peugeot 208 RX) e Petter Solberg (Volkswagen GTI RX)
Timmy Hansen (Peugeot 208 RX) e Petter Solberg (Volkswagen GTI RX)

Esta foi a primeira vitória do novo Volkswagen GTI RX 2017 na categoria e a primeira de Kristoffersson na temporada. Com o resultado ele conseguiu interromper a invencibilidade do atual campeão do Rallycross, o sueco Mattias Ekstrom (Audi S1 EKS RX), que venceu as três etapas iniciais de 2017: Barcelona, Portugal e Alemanha.

Ekstrom concluiu a prova na quarta colocação, mantendo a liderança do Mundial de Pilotos no WRX, porém a vantagem sobre o segundo colocado, Kristoffersson, diminuiu de 16 pontos para apenas três pontos.

Divulgação - Jaanus Ree
Mattias Ekström (Audi S1 EKS RX)
Mattias Ekström (Audi S1 EKS RX)

Timmy Hansen conquistou seu segundo pódio na temporada. Ele chegou a liderar a bateria final, mas um furo no pneu dianteiro esquerdo atrapalhou seu ritmo. Ele perdeu a posição para Kristoffersson na última volta e conseguiu chegar a frente de Solberg por invisíveis 0.0009 segundos. Hansen subiu para a quarta colocação na tabela, superando seu companheiro de equipe, o francês Sébastien Loeb (Peugeot 208 RX). O nove vezes campeão do WRC vinha num bom final de semana, mas rodou na semifinal e não conseguiu se classificar para a bateria decisiva.

Divulgação - Jaanus Ree
Sébastien Loeb (Peugeot 208 RX)
Sébastien Loeb (Peugeot 208 RX)

Solberg, veterano campeão do WRC e bicampeão do Mundial de Rallycross (2014 e 2015) mostra estar cada vez mais adaptado a nova equipe e novo carro. Este foi seu segundo pódio na temporada. O norueguês disputou as quatro baterias finais de 2017, é o terceiro no Mundial de Pilotos e tem ajudando muito a equipe PSRX Volkswagen Sweden que disparou na liderança do Mundial de Construtores.

A próxima etapa acontecerá no circuito de Lydden Hill, na Grã-Bretanha, entre os dias 26 a 28 de maio.

Classificação da bateria final:

1. Johan Kristoffersson (Volkswagen GTI RX)
2. Timmy Hansen (Peugeot 208 RX)
3. Petter Solberg (Volkswagen GTI RX)
4. Mattias Ekström (Audi S1 EKS RX)
5. Kenneth Eriksson (Ford Fiesta RX)
6. Andreas Bakkerud (Ford Focus RS HRD RX)

Pilotos: Classificação do Campeonato Mundial de Rallycross - WRX após a 4ª etapa:

1. Mattias Ekström - Suécia - Audi S1 EKS RX: 101 pontos
2. Johan Kristoffersson - Suécia - Volkswagen GTI RX: 98 pontos
3. Petter Solberg - Noruega - Volkswagen GTI RX: 87 pontos
4. Timmy Hansen - Suécia - Peugeot 208 RX: 72 pontos
5. Sébastien Loeb - França - Peugeot 208 RX: 61 pontos
6. Andreas Bakkerud - Noruega - Ford Focus RS HRD RX: 52 pontos
7. Timo Scheider - Alemanha - Ford Fiesta RX: 49 pontos
8. Toomas Heikkinen - Finlândia - Audi S1 EKS RX: 42 pontos
9. Ken Block - USA - Ford Focus RS HRD RX: 39 pontos
10. Reinis Nitss - Letônia - Audi S1 EKS RX: 37 pontos

Equipes: Classificação do Campeonato Mundial de Rallycross - WRX após a 4ª etapa:

1. PSRX Volkswagen Sweden: 185 pontos
2. EKS Audi: 143 pontos
3. Hansen Peugeot: 133 pontos
4. Hoonigan Racing Ford: 91 pontos
5. MJP Racing Ford: 81 pontos
6. Stard Ford: 51 pontos

 

Campeonato Mundial de Rallycross WRX - 3ª etapa - Alemanha: Terceira vitória consecutiva de Ekstrom

Klever Kolberg: Piloto, engenheiro, palestrante e comentarista da ESPN
Divulgação - Jaanus Ree
Mattias Ekström (Audi S1 EKS RX) e Johan Kristoffersson (Volkswagen GTI RX)
Mattias Ekström (Audi S1 EKS RX) e Johan Kristoffersson (Volkswagen GTI RX)

O sueco Mattias Ekstrom (Audi S1 EKS RX) venceu a 3ª etapa do Campeonato Mundial de Rallycross - WRX, realizada entre os dias 05 a 07 de maio, no circuito de Hockenheim, na Alemanha. Esta foi a terceira vitória consecutiva do atual campeão da categoria. O sueco Johan Kristoffersson (Volkswagen GTI RX) conquistou a segunda colocação. Completando um pódio exclusivamente sueco, a terceira colocação foi de Timmy Hansen (Peugeot 208 RX).

Ekstrom está num começo de temporada perfeito. Defendendo o título de 2016, Ekstrom conseguiu manter a invencibilidade, repetir o resultado de 2016 e ampliar sua vantagem para 16 pontos sobre Kristoffersson na liderança do Mundial de Pilotos. Foi um final de semana intenso para Ekstrom, já que ele também estava participando da etapa da DTM no mesmo circuito, ou seja, além das baterias do WRX, também disputou duas provas da DTM, além do treinos e classificações.

Divulgação - Jaanus Ree
Mattias Ekström (Audi S1 EKS RX) e Timmy Hansen (Peugeot 208 RX)
Mattias Ekström (Audi S1 EKS RX) e Timmy Hansen (Peugeot 208 RX)

Kristoffersson conquistou seu segundo pódio consecutivo. Ele havia terminado em terceiro em Portugal. Kristoffersson largou na primeira fila da bateria final, mas o piso úmido não o favoreceu e acabou sendo superado por Ekstrom logo no início. Foram seis voltas muito disputadas, mas Kristoffersson não teve sucesso nas tentativas para recuperar a primeira colocação.

Divulgação - Jaanus Ree
Sébastien Loeb (Peugeot 208 RX)
Sébastien Loeb (Peugeot 208 RX)

Timmy Hansen conquistou seu primeiro pódio na temporada. Ele e seu companheiro de equipe, o francês Sébastien Loeb, estavam um pouco frustrados com o resultado, após terem começado o final de semana com vitórias nas baterias classificatórias Q1, Q2 e Q4, todas com o piso seco. O resultado lhes deu o direito de largar na primeira fila das semifinais, mas a chuva apareceu e mudou as condições da pista. Os dois se classificaram para as finais, mas largaram na terceira e quarta filas.

No mundial de construtores a equipe PSRX Volkswagen Sweden manteve a liderança graças aos resultados de ótima regularidade, tanto de Kristoffersson como do norueguês Petter Solberg nas três etapas realizadas.

A próxima etapa acontecerá no circuito de Mettet, na Bélgica, entre os dias 13 e 14 de maio.

Classificação da bateria final:

1. Mattias Ekström (Audi S1 EKS RX)
2. Johan Kristoffersson (Volkswagen GTI RX)
3. Timmy Hansen (Peugeot 208 RX)
4. Petter Solberg (Volkswagen GTI RX)
5. Sébastien Loeb (Peugeot 208 RX)
6. Toomas Heikkinen (Audi S1 EKS RX)

Pilotos: Classificação do Campeonato Mundial de Rallycross - WRX após a 3ª etapa:

1. Mattias Ekström - Suécia - Audi S1 EKS RX: 85 pontos
2. Johan Kristoffersson - Suécia - Volkswagen GTI RX: 69 pontos
3. Petter Solberg - Noruega - Volkswagen GTI RX: 62 pontos
4. Sébastien Loeb - França - Peugeot 208 RX: 48 pontos
5. Timmy Hansen - Suécia - Peugeot 208 RX: 47 pontos
6. Timo Scheider - Alemanha - Ford Fiesta RX: 41 pontos
7. Reinis Nitss - Letônia - Audi S1 EKS RX: 33 pontos
8. Andreas Bakkerud - Noruega - Ford Focus RS HRD RX: 33 pontos
9. Kevin Hansen - Suécia - Peugeot 208 RX: 33 pontos
10. Toomas Heikkinen - Finlândia - Audi S1 EKS RX: 29 pontos

Equipes: Classificação do Campeonato Mundial de Rallycross - WRX após a 3ª etapa:

1. PSRX Volkswagen Sweden: 131 pontos
2. EKS Audi: 114 pontos
3. Hansen Peugeot: 95 pontos
4. Hoonigan Racing Ford: 60 pontos
5. MJP Racing Ford: 59 pontos
6. Stard Ford: 38 pontos

 

mais postsLoading