São Paulo terá 'Mile Challenge', corrida inspirada em prova disputada nos EUA desde 1981

Getty
 5th Avenue Mile passa pela famosa Quinta Avenida e agora terá 'irmã' no Brasil
5th Avenue Mile passa pela famosa Quinta Avenida e agora terá 'irmã' no Brasil

Se você está começando sua vida no universo da corrida, provavelmente você vai amar essa notícia! Inspirada na 5th Avenue Mile, prova de corrida realizada anualmente em Nova Iorque desde 1981, a New Balance acaba de lançar no Brasil a Mile Challenge.

O principal objetivo é trabalhar explosão e velocidade para atletas de elite e amadores em uma corrida de milha inédita no Brasil. A prova de 1,6 km será disputada na pista de atletismo do Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo. Por ser uma distância curta, é uma ótima oportunidade para pessoas que, como eu, querem provar o gostinho de participar de uma prova de corrida, mas ainda não tem preparo suficiente para tal. 

Competições curtas de corrida no Brasil ainda são novidade. Por isso, quando a New Balance me contou, me animei para participar e também compartilhar a informação aqui no blog. Ainda não sou corredora, mas não vou negar que sinto uma vontade danada de completar uma prova. Apesar de carregar comigo lesões de ex-bailarina no tornozelo e joelho esquerdos, todos os meus treinos são direcionados para o fortalecimento da musculatura como um todo.

Seria a minha estreia em uma prova de corrida, na Mile Challenge? Animada eu estou, vamos ver se o personal libera treinos para a competição.

Animou aí? Então, anota: a prova será no dia 26 de novembro, com inicio às 7h. As inscrições começaram no último dia 6 e custam R$ 89. Você consegue se inscrever pelo site www.ticketagora.com.br

O kit dos competidores, composto por camiseta, número de peito e chip de cronometragem, deve ser retirado na loja New Balance do Shopping Eldorado, Avenida Rebouças, 3970, no dia 25/11, das 10h às 20h.

SERVIÇO: 

Evento: New Balance Mile Challenge 2017 – São Paulo
Modalidade: Corrida de uma milha
Data: 26/11/2017 às 07h00 (domingo)
Preço: R$ 89,00
Local: Esporte Clube Pinheiros
EndereçoRua Angelina Maffei Vita, 493 – Jardim Europa/ SP
Sitewww.ticketagora.com.br/e/New-Balance-Mile-Challenge-5007

Os primeiros 20km de bike a gente não esquece

Arquivo pessoal
[]

Quando a Ana Helena, uma amiga querida, me ligou convidando para pedalar num domingo de manhã, eu nem quis saber muitos detalhes da proposta, aceitei. Obviamente que para uma pessoa tão intensa na atividade física, analisar prós e contras nunca faz sentido. Vamos? Vamos. 

 No domingo, como combinado, eu estava lá em Santo Antônio de Posse, interior de São Paulo, para fazer a tal trilha da São José, que tem esse nome porque passa pela Fazenda São José. O percurso que fizemos deu mais ou menos uns 20 km (!), passando por fazendas e haras que ficam nos arredores da cidade. A paisagem é de tirar o fôlego, as subidas também. 

Arquivo pessoal
[]

É um percurso relativamente tranquilo - para quem já pedala, Euzinha aqui, apesar de ter amado a experiência, precisei buscar fôlego para encarar a trilha e as tensões que a estrada de terra proporciona. Você se lembra da última vez que andou de bike? Pois bem, eu não lembrava. 

Minha infância e adolescência foram no interior de SP, numa cidadezinha de 40 mil habitantes chamada Pedreira (do lado de Santo Antônio de Posse). E por muito tempo, a bike foi meu meio de transporte para o clube, para encontrar minhas amigas, passar na casa da avó, explorar algumas trilhas.... 

Mas com o passar dos anos, a mudança de cidade e a vida corrida fizeram com que a bike perdesse o sentido para mim. Voltei a ter contato com o esporte através de amigos que pedalam mundão afora, mas pedalar mesmo, não. 

O convite da Ana veio em ótima hora e a experiência com o pedal foi surpreendente. Um gostinho bom do que vivi no interior, sabe? Claro que alguns fatores ajudaram muito! O Felipe, amigo da Ana e ciclista, foi essencial nas dicas e no incentivo (Valeu, Fê!). A Ana foi aquela amiga maravilhosa que animou e juntou a galera (Obrigada, amiga!). A Rachel e a Nati foram essenciais nas risadas, nas subidas e no pós-pedal à beira da piscina. 

Arquivo pessoal
[]

Apesar de cansativo, pedalar - depois de tantos anos - foi surpreendente em todos os sentidos. Jamais imaginei completar 20km de bike! Nem na bike da academia consegui isso (risos). A sensação de liberdade e novidade que a bike traz, principalmente quando você faz o percurso pela primeira vez, é gostosa. A companhia de gente querida e que incentiva faz toda diferença.

 E por fim, a maravilhosa endorfina! 

Ah, o esporte!

Próximo esporte? A democrática vela: 'O desafio de quem comanda é identificar onde o outro pode colaborar'

Arquivo pessoal
[]

Cresci passando as férias de verão na praia; todo mundo lá de casa sempre teve uma ligação grande com o mar. Como já contei aqui, tomei meus muitos caldos pegando onda de bodyboard em Itamambuca, litoral norte de São Paulo. Nada era tão bom quanto sair do mar e tirar o sal do corpo ali na outra faixa de areia que dava para o Rio Itamambuca. Ninguém da família foi ou se aventurou no surf. Eu e a Fê, minha prima, fomos pioneiras nisso. 

Não me lembro com quantos anos tive contato com um barco a vela, mas a sensação que até hoje se faz presente é de fascínio. Acompanho, há alguns anos, a Semana da Vela de Ilhabela, e todas as vezes a sensação é a mesma, parece o quintal de casa. No ano retrasado, acompanhei sem compromisso uma equipe de 12 pessoas que estava correndo a regata e tive a oportunidade de conhecer algumas mulheres da vela, que inclusive treinam não só no famoso canal, como na represa de Guarapiranga, em São Paulo. 

A vela é um dos esportes que mais chama minha atenção, tanto na categoria individual como em equipe. Em barcos com mais de 10 pessoas, é fascinante acompanhar o convívio dos tripulantes. Todo esse assunto veio à tona quando me indicaram o "Não há tempo a perder", livro mais recente de Amyr Klink em depoimento à Isa Pessoa. Adoro o Amyr! Ele é um dos poucos caras que tem a minha admiração, respeito e atenção, não só pelos seus feitos, mas pela maneira de conduzir todos os seus projetos.  

Arquivo pessoal
[]

Livro comprado e quase finalizado em menos de duas semanas. É fascinante ler os relatos e os cuidados de Amyr com o andamento de suas viagens, expedições e projetos. Um exímio capitão que traz para a vida real, de empresas e pessoas, a gestão de equipe. Entre as inúmeras frases marcantes, a que eu mais gosto: 

"O desafio de quem comanda é identificar onde o outro pode colaborar." 

Mesmo sem nunca ter velejado efetivamente, vejo na vela um esporte democrático, porque como bem diz Amyr, não é possivel que o sujeito não seja bom em nada. Dentro do barco, o bom capitão vai saber tirar o seu melhor, e assim vice e versa. 

Todo verão me inscrevo gratuitamente em desafios pessoais, que geralmente envolve algum tipo de esporte. Só neste ano, já tenho dois: a volta para o bodyboard e parar em pé no Kitesurfe. Seria a vela um novo desafio? 

Bom, se falarmos em Ilhabela, não será problema algum. Por lá, a vela reina, mas tem uma turma boa andando de kite.

Lá vamos nós?!

#VemVerão

BrinCAUdeira: circuito funcional resgata brincadeiras da infância e queima até 700 calorias

Paulo Guimarães
[]

Conheci a Cau Saad logo que me mudei para São Paulo por causa de um projeto. A Cau, querida como é, logo me convidou para entrar no seu mundo cor de rosa - sim, ele existe! Foi amor à primeira vista pela Cau e por toda a equipe do Instituto Cau Saad. 


Mas não é só sobre a Cau que eu quero falar, é sobre todo o trabalho que ela faz no mercado fitness. 

Cau foi pioneira do Circuito Funcional e criou projetos incríveis que movimentam o mercado até hoje! O Circuito da Cau foi o primeiro deles, seguido de NoCAUt, WorCAUt e Baile da Cau. No final de setembro, ela inovou novamente, lançando a BrinCAUdeira. 

A BrinCAUdeira nada mais é do que uma aula com brinquedos e brincadeiras adaptadas ao treino funcional. A ideia foi resgatar as referências da infância das décadas de 80 e 90. Tem de T-U-D-O! Até aquela história de apertar a campainha e sair correndo, sabe? É divertidíssimo! 

Paulo Guimarães
[]

Fiz a BrinCAUdeira na aula inaugural que foi realizada no Ibirapuera no final de setembro. Nem preciso dizer que me diverti horrores(!). E, óbvio, voltei a ser criança. Foram tantas lembranças boas daquela época, inclusive que a única preocupação era tirar um cochilo à tarde. Aff, que saudade! 

Apesar da diversão e da aula lúdica, prepare-se para queimar muitas calorias! Por ser um circuito, a aula cansa bastante. Afinal, dura 45 minutos e chega a queimar até 700 calorias. (Oi, verão!) 

"Criei um aquecimento cheio de brincadeiras como morto-vivo, cabo de guerra, estátua, vai e vem, elástico, corda, para migrarmos para os equipamentos mais específicos como pogoball, Mil Giros e bambolê de braço", explica Cau Saad

Paulo Guimarães
[]

Vale super a pena experimentar essa nova aula e aproveitar para também se divertir! 

A próxima BrinCAUdeira será no dia 21 de outubro no Heliponto do Tivoli Hotel, em São Paulo. 

Para saber mais informações é só entrar em contato com a equipe da Cau.

Informações: 

Aulas: NoCAUt | WorCAUt | Circuito da CAU |  Baile da CAU 

Instituto Cau Saad | Alameda Santos, 2223 -  São Paulo/SP 

Telefone: (11) 3061-3324

E-mail: instituto@causaad.com.br 

Site: http://causaad.com/

700 calorias/aula e 'praia' sem sair da capital: beach tênis, o esporte do verão

Arquivo pessoal
[]

Na minha última ida para Maresias (SP) - mês passado -, percebi o consolidar de uma tendência que começava a tomar forma no início deste ano: o Beach Tênis. Se você nunca ouviu falar, prepare-se! O verão será dele! No litoral, e até mesmo na capital, o Beach Tênis anda reinando. Apesar da técnica, é um esporte democrático! Todo mundo pode experimentar bater uma bolinha.

Já tinha me familiarizado com o Beach Tênis por causa da Andréa - já falei e, inclusive, fiz entrevista com ela aqui para o W - lembram das meninas do bodyboard? Então, no Beach Tênis, a Andréa forma a dupla mais irada de São Sebastião com a Noélia, a querida Nono. 


É fácil encontrar com elas - a turma do ABTB - ali em Camburizinho, na quadra montada próxima ao hotel Nau Royal. Os treinos intensos da dupla são feitos durante a semana. Aos sábado e domingos, são os amigos que vão para a quadra para um jogo informal. Eu mesma já experimentei o Beach Tênis com elas! 

A história do Beach Tênis em São Sebastião, litoral norte de São Paulo, começou em meados de 2012, com a Nono e o marido, Zahi. Os dois são amantes do tênis e do Beach Tênis. Com a mudança para Boiçucanga, perceberam que o esporte era pouco explorado por lá e, aos poucos, começaram a chamar amigos e conhecidos para praticar. Como a própria Nono me disse: "Juju, sempre falta oportunidade para vivenciar o esporte, e começamos a proporcionar isso". 

Não demorou muito para as crianças e adolescentes que frequentavam a praia no tempo ocioso se interessarem pelo esporte. E foi aí que Nono e Zahi perceberam a oportunidade de difundir o Beach Tênis no litoral, com o intuito de incentivar a prática esportiva e também como projeto social. 

Divulgação
ABTB, Amigos do Beach Tênis de Boiçucanga
ABTB, Amigos do Beach Tênis de Boiçucanga

Criaram o ABTB, Amigos do Beach Tênis de Boiçucanga, e com o apoio da Prefeitura de São Sebastião conseguiram incentivo para transformar a vida de crianças por meio do esporte. Hoje, o projeto, além das aulas de Beach Tênis, também oferece aula de treinamento funcional para adultos. 

Já é natural observar nas praias de São Sebastião a prática do Beach Tênis, tudo graças a Nono, o Zahi e a Andrea, que também fomenta o esporte em São Sebastião por meio de projetos sociais e com a sua pousada, a Portal do Cacau. Andreia é entusiasta do esporte. Criou, dentro da pousada, uma ideia de clube. No ultimo feriado, até torneio de tênis teve! Para quem gosta de esporte, a pousada é uma ótima escolha.

Mas se você acha que precisa ir ao litoral para praticar o Beach Tênis, não se engane! Ele subiu a serra e faz morada ali nas quadras de areia do Jockey Club Paulista, em São Paulo, capital. A Rent a Pro, empresa especializada em oferecer modalidades esportivas em condomínios, clubes, escolhas e hotéis, criou a Beach Arena, que envolve entre as tantas modalidades, o Beach Tênis. 

Fui experimentar a aula de Beach Tênis na Beach Arena e posso dizer que é sensacional. É a praia em São Paulo, dentro das devidas proporções, claro! Rs 

Arquivo pessoal
[]

Na aula experimental mesmo já me colocaram para jogo, mas nem tudo é competição, viu? É preciso técnica e nessa primeira aula, tive um breve contato com todos os movimentos e regras de jogo. Minha sugestão? Reserve um horário para ir com seus amigos. A galera que já faz aula é muito legal, mas nada como a bagunça entre amigos, viu? :) 

Durante a semana, existem aulas de Beach Tênis das 7h às 22h, mas é preciso fazer a inscrição e reservar horário. Não dá para ir durante a semana? Não tem problema! Aos sábados, as aulas são das 10h30 às 12h30. 

Ah, se prepare para a prática! Em uma única aula, é possível queimar até 700 calorias. 

Vale a prática e a diversão. Um pouco de praia na selva de pedras não faz mal para ninguém, certo? 

Aproveite! #VemVerão 

Serviço
1) Beach Arena
Jockey Club: Av. Lineu de Paula Machado 599, Portão 06, Cidade Jardim, São Paulo
Site: http://www.jockeysp.com.br
Telefone para reserva da quadra: (11) 3742 – 0691
Email: procopoiotennis@procoppiotennis.com.br

Horário de funcionamento: segunda à sexta, das 7h às 22h; e sábados, das 10h30 às 12h30.

2) ABTB | AMIGOS DO BEACH TÊNIS DE BOIÇUCANGA

3) Pousada Portal do Cacau 
Facebook e Instagram

mais postsLoading