Corinthians esquece a própria faixa de campeão e frustra homenagem à Chapecoense

Gabriela Moreira, para o ESPN.com.br
Corinthians esquece a própria faixa de campeão e frustra homenagem à Chapecoense

Tinha tudo para ser emocionante. Afinal, era a troca de faixas do Corinthians, campeão paulista, com a Chapecoense, campeã catarinense, o primeiro título depois da tragédia na Colômbia. Mas o que era para ser homenagem se mostrou uma verdadeira falta de comunicação.

Das faixas, apenas as da Chapecoense estavam na Arena em Itaquera. As do Corinthians não apareceram no estádio. O motivo...

A ação foi planejada pelo departamento de marketing do clube paulista. A ideia era que a troca acontecesse em uma cerimônia antes da estreia no Campeonato Brasileiro.

Para ajudar a Chapecoense, que foi à Colômbia para a final da Recopa Sul-Americana, o Corinthians confeccionou as duas faixas: de campeão catarinense e de campeão paulista.

Assista aos gols do empate por 1 a 1 entre Corinthians e Chapecoense 

No entanto, a pessoa designada a levar as faixas à Arena só pegou as da Chape. As dos Corinthians acabaram esquecidas no clube alvinegro.

Pior: em nenhum momento a Chapecoense foi avisada da gentileza. E não sabia que o Corinthians tinha preparado a surpresa...

Após prisão de cúpula, eleição da CBDA terá 8 vezes mais eleitores

Gabriela Moreira, blogueira do ESPN.com.br

Após a prisão da cúpula da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) e da intervenção judicial na entidade, a confederação vai, enfim, ter eleições para escolha dos novos dirigentes. E com um colégio eleitoral inédito no esporte. Na semana passada, por decisão da Justiça, ficou determinado que não só as federações poderão votar, como todos os clubes que participam de competições nacionais das cinco modalidades da entidade. A medida expande de 27 para 217 o número de eleitores, o que deixa a eleição com um colégio eleitoral 8 vezes maior. 

Além disso, na decisão, a juíza Simone Gastesi Chevrand, da 25ª Vara Cível, determina que o peso do voto de todos os eleitores sejam iguais. A medida visa coibir manobras como a que aconteceu na CBF e outras confederações, em que os dirigentes diminuíram o valor do voto de clubes ou da comissão de atletas, como fez a Confederação de Handebol.

Possibilidade de novas chapas

Até agora, apenas duas chapas inscreveram candidatos para a eleição, a encabeçada por Sérgio Silva, o Serjão, ex-presidente da Federação Bahiana de Desportos Aquáticos, que tem o apoio de Coaracy Nunes _ ex-presidente que está preso _ e a de Miguel Cagnoni, da Federação Aquática Paulista. A juíza também aumentou o prazo para inscrição de novas chapas.

Reprodução ESPN
Interventor judicial da CBDA explica manutenção do patrocínio dos Correios
Interventor judicial da CBDA, Gustavo Licks, coordena transição de gestões na entidade

O fato desagradou à candidatura de Miguel, que apelou à juíza que reconsiderasse a decisão. O grupo sustenta que o prazo determinado no estatuto para as inscrições venceu em novembro. A magistrada confirmou a possibilidade de novas chapas e ainda criticou o pedido:

"A leitura de ambas as peças permite concluir que cada integrante da CBDA - requerente - quer fazer valer regras estatutárias e até mesmo legais segundo seus interesses próprios. Agora, ao que tudo indica, querem manter no processo eleitoral apenas os dois candidatos então existentes: da situação e da oposição. Sendo que o da situação, por força das prisões de vários membros da Diretoria afastada, decerto encontra-se enfraquecido. O que, por sua vez, praticamente o deixa só no pleito e o conduziria à eleição. Querem mais. Excluir da eleição categorias que não de adultos. Ou seja, buscam inserir na clara norma legal restrição que lá não está contida".

No pedido, os advogados da candidatura também tentaram restringir o colégio eleitoral apenas aos clubes que congregam atletas adultos. Ambos pedidos foram negados.

"Fizemos o pedido porque entendemos que, na Lei Pelé, o capítulo que trata das eleições em confederações esportivas está inserido no capítulo de Alto Rendimento e somente os clubes adultos trabalham o alto rendimento. E quanto ao prazo, sustentamos que a juíza fizesse valer o prazo do estatuto, que não continha ilegalidade. Mas isso já está superado, entendemos que a decisão da juíza é democrática e atende aos preceitos da transparência e legalidade que estamos buscando", respondeu ao Blog, um dos advogados da chapa de Miguel Cagnoni, Marcelo Jucá. 

Veja quem vota:

27 federações
189 ou 158 clubes (ainda há dúvidas sobre os clubes que estarão aptos a votar)
1 comissão de atletas (formada por: Leonardo de Deus, Carlos Henrique Rosa, Jessica Gonçalves, Rudá Franco e Tammy Takagi)

As eleições ocorrem no próximo dia 9, no Rio. Os clubes que pretendem votar devem registrar o interesse, apresentando documentação necessária, até o dia 31 de maio.

O Blog não conseguiu contato com os responsáveis pela chapa apoiada por Coaracy Nunes. 

Abaixo, assista a algumas matérias que o Jogo Limpo fez sobre a entidade que cuida da natação, do pólo aquático, do nado sincronizado, dos saltos ornamentais e da maratona aquática. 

Superfaturamento, empresas fantasma... Por e-mail, dirigentes construíam esquemas ilegais na CBDA
Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos é investigada por superfaturamento e fraudes

CBF é investigada por falta de transparência em decisão que tirou poder dos clubes em eleição

Gabriela Moreira, blogueira do ESPN.com.br

O Ministério Público do Rio abriu nesta segunda-feira um inquérito civil para investigar suspeitas de violação ao direito à transparência cometida pela CBF, na assembleia que alterou as regras eleitorais da entidade, sem a presença dos clubes. A investigação busca esclarecer se a entidade violou o determinado pela Lei Pelé, que desde 2015, passou a exigir a presença dos 40 clubes das séries A e B nas assembleias. 

Divulgação/CBF
Sede CBF
Decisão só com federações determinou que clubes valem três menos na hora do voto

"Os administradores da entidade teriam realizado uma assembleia deliberativa em 23 de março deste ano sem que os clubes tenham sido regularmente notificados a comparecer ao ato, como previsto na Lei Pelé", afirmou o MP em nota explicando a abertura do inquérito, que será conduzido pelo promotor Rodrigo Terra, titular da Promotoria de Tutela Coletiva e Defesa do Consumidor e Contribuinte. 

A investigação foi aberta depois que o relator do Profut (Lei 13.155) que alterou a Lei Pelé, o deputado Otávio Leite enviou representação ao Ministério Público Federal. O caso então foi enviado ao MP estadual por uma questão de competência. Segundo o deputado, a CBF agiu de forma "ilegal" para tentar "burlar" a participação dos clubes.

Entenda a mudança

No dia 23 de março, a CBF organizou assembleia, apenas com a presença das 27 federações, com o objetivo de fazer as mudanças que são exigidas pela Lei Pelé, nas eleições das entidades desportivas. Após a reunião, ficou decidido que a eleição da entidade vai passar a contar com os 40 clubes das séries A e B, como manda a lei. No entanto, os presidentes de federações decidiram que os próprios votos passarão a valer três vezes mais que os votos dos clubes (que não estavam presentes).

Com a decisão, o voto da federação do Amapá, por exemplo, passará a valer três vezes mais que o voto do Internacional, que está na série B. Na prática, a mudança exigida pela lei, que visava tornar a eleição mais democrática ao dispersar o foco de influência da entidade, foi desfeita. Somando os pesos de cada voto, o colégio eleitoral da CBF fica dessa forma:

27 federações (peso 3) = 81
20 clubes série A (peso 2) = 40
20 clubes série B (peso 1) = 20

Veja o que diz a Lei Pelé (9.615) sobre eleições:

Art. 22-A. Os votos para deliberação em assembleia e nos demais conselhos das entidades de administração do desporto serão valorados na forma do § 2o do art. 22 desta Lei.

§ 2o Nas entidades nacionais de administração do desporto, o colégio eleitoral será integrado, no mínimo, pelos representantes das agremiações participantes da primeira e segunda divisões do campeonato de âmbito nacional.

A CBF disse ao Blog que prefre não se manifestar sobre o caso, mas informa que ainda não foi notificada da abertura da investigação. Na época da decisão, em comunicado no site oficial, a entidade disse que as mudanças visavam adequação à lei e que 

"As federações estaduais passaram a ter peso 3, considerando a representatividade de milhares de clubes ausentes do processo eleitoral. As 27 federações estaduais representam mais de 1.200 clubes e ligas de futebol ativos e quase 7 mil registrados". 

Museu da Chape dará destaque à defesa de Danilo

Gabriela Moreira, blogueira do ESPN.com.br

O gol do San Lorenzo que Danilo não permitiu ilustrado virtualmente. Um passeio interativo pela história de Bruno Rangel, Kempes, Cléber Santana. Os uniformes históricos do clube. São algumas das ideias que estão sendo debatidas na Chapecoense como atrações do museu que será erguido em homenagem às vítimas do acidente. A expectativa da Prefeitura de Chapecó é que as obras comecem entre dezembro e março do ano que vem.

Gabriela Moreira
Arena Condá, Chapecoense, na final do catarinense 2017
Arena Condá será reformada: arquibancadas serão cobertas, erro de projeto na Sul consertado e será erguido um memorial para as vítimas

Os recursos para a construção do museu e reforma de parte do estádio serão federais, via Ministério do Esporte. Na semana passada, o projeto que custará R$ 16,5 milhões, foi registrado no Ministério, o que significa que já está previsto no orçamento. Dois projetos estão sendo estudados como inspiração para o memorial da Chape, o Museu do Futebol (Pacaembu) e o do Grêmio, que já foi visitado pelos envolvidos.

"Ainda está sendo formada uma comissão para debater os detalhes, mas posso te adiantar que visitamos o museu do Grêmio e gostamos muito do que eles têm lá. Sobre os detalhes, o que posso te dizer é que o gol que o Danilo impediu do San Lorenzo, com certeza, será destacado. Foi uma defesa que marcou muito", contou o prefeito Luciano Buligon.

Reconstruída, Chape fatura bicampeonato catarinense menos de 6 meses após tragédia. Assista à matéria sobre o título

Além do museu, os recursos federais serão usados para cobrir as arquibancadas, reparar um erro de projeto da arquibancada sul que impede uma parte do público de enxergar o gramado e construir instalações provisórias para a imprensa durante as obras.

"Após a conclusão dessa obra, vamos estudar projetos de parcerias com a iniciativa privada para finalizar todo o projeto", adianta o prefeito.

Museu do Grêmio 

Entre os atrativos que chamaram a atenção no museu do Grêmio foi a interatividade. Na seção de uniformes históricos do time há, por exemplo, uma plataforma digital que permite aos visitantes "vestirem" os diversos modelos que o clube lançou na história. Em outra seção, a torcida é homenageada com áudios de cantos nos estádios. Itens reais do mítico Olímpico foram retirados do estádio e levados para exposição, como cadeiras das arquibancadas.

"Talvez tenha quem critique o uso dessa verba no Esporte e não na saúde, por exemplo, mas temos de ver que esta é uma verba já destinada ao Esporte. Se não fosse usada aqui, seria em outros projetos esportivos. Que bom que teremos essa condição de viabilizar um projeto que vai aquecer toda a cidade de Chapecó, com aumento do número de turistas e investimento na região", explica o prefeito.

Os R$ 16,5 milhões serão divididos em duas parcelas. A primeira já seria repassada este ano e a segunda somente em 2018.

Assista à entrevista de Danilo após conquista da vaga na final da Sul-Americana

Cuca e Mattos se acertam e contrato está prestes a ser assinado

Gabriela Moreira, blogueira do ESPN.com.br
Cuca foi eleito o melhor treinador e levou a Prancheta de Prata em 2016

Praticamente acertados. O diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, e o técnico Cuca estão caminhando para a assinatura do contrato. O treinador deve ser apresentado oficialmente no início da próxima semana com salários pagos pelo clube e pela patrocinadora Crefisa. O surgimento da proposta da China, apresentada pelo treinador elevou o patamar financeiro da conversa para pouco menos de R$ 1 milhão.

Atualização: após a publicação, o Palmeiras anunciou oficialmente a contratação do treinador. Segundo o clube, o salário será nos mesmos patamares da última passagem de Cuca. Pelo que o Blog apurou, o clube arcará com cerca de R$ 450 mil, mas a patrocinadora pagará outra parte (entre 40% e 50% do que paga o Palmeiras) mensalmente ao treinador, sem contar as premiações por desempenho.  

A única opção a Cuca surgida desde a demissão de Eduardo Baptista foi o nome de Vanderlei Luxemburgo. Defendido por uma corrente política do clube, o treinador era visto como uma boa opção, mas a escolha do técnico campeão brasileiro deixa a gestão de Maurício Galiotte mais confortável. Se não der certo, era o nome preferido pela torcida. Vanderlei não chegou a ser contatado. 

Cuca e Mattos

Não é segredo para os palmeirenses que os dois não terminaram o ano do título como começaram a temporada. Um não tem plena confiança no outro. E assim devem levar a nova temporada, mesmo tendo se acertado neste momento.

China

O Blog checou no mercado chinês quais clubes estão sem técnico ou em vias de contratar. O único neste perfil é o vice-lanterna do campeonato chinês, Changchun Yatai, time onde estão os brasileiros Marinho e Bruno Meneguel. Não conseguimos contato no clube, mas não há registros na imprensa chinesa de que eles estejam tentando contratar técnico brasileiro. A informação no mercado chinês é que o clube pretende avaliar a performance do auxiliar, que assumiu após a saída do treinador coreano Lee Jang-Soo. Até agora, o substituto venceu uma e perdeu outra. Se continuar perdendo a ideia inicial é contratar comandante do leste europeu.

Torcida organizada do Palmeiras cantou 'olê, olê, olá... Cuca, Cuca' durante jogo

Voo tinha wifi 

Não estavam incomunicáveis. Embora os dirigentes palmeirenses não tenham confirmado no desembarque a demissão de Eduardo Baptista, até pelo treinador não ter sido comunicado, as comunicações e acertos da saída e da chegada de um novo treinador já eram feitas a bordo. Isso porque o avião da Gol que trouxe o time da Bolívia, um Boeing 737-800, tinha wifi. 

mais postsLoading